28 de abril de 2011

Isso não é bom

A presidente Dilma Roussef voa em céu de brigadeiro sobre o Congresso Nacional, onde a oposição jogou a toalha, ao ponto inclusive de DEM e PSDB pensarem na auto-dissolução. Mas a calmaria pode ser interrompida pela revolta de deputados fisiológicos contra o fim anunciado das emendas parlamentares.
A menos que esses partidos morram para ressuscitarem com mais vigor, uma democracia sem oposição não é democracia. O pensamento único já é um horror, imagine um partido único, ao estilo PRI, do México. A presidente eleita jamais será uma ditadora, posto que chegou lá pela força do voto, além de já ter sentido na pele, a força maligna de uma ditadura. Porém, o quadro político tão favorável quanto o de hoje, pode produzir no Planalto, uma déspota esclarecida.

Nenhum comentário: