24 de maio de 2011

Perguntar não ofende

Alguém poderia responder qual tem sido a utilidade prática do Parque do Japão, onde o delírio de um gestor público deslumbrado levou o município de Maringá a enterrar uma montanha de dinheiro?

2 comentários:

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Tem a mesma serventia que a de se ensinar um paraense a comer farinha-de-puba com “pauzinho” (hashi) japonês.

Anônimo disse...

Deve servir às mesmas pessoas que foram beneficiadas com o velódromo. É muito dinheiro jogado fora!
Celso