12 de dezembro de 2011

Silêncio que agride o bom jornalismo


O livro-bomba do Amaury Ribeiro Júnior já é um dos mais vendidos nas principais livrarias do eixo Rio-São Paulo, inclusive na Livraria Folha. Mas até agora a obra não mereceu uma única linha da Folha de São Paulo. A grande imprensa ignora o lançamento do ano de maneira incompreensível e sobretudo, antijornslística.

3 comentários:

Ivan disse...

Interessante esse silêncio do PIG. E dos cupinchas do Álvaro. A conexão internacional ontem, com os assalariados do DD, tentando aparentar que nada tinha acontecido, contrastava com as exitantes perguntas e desconcentradas respostas.
Você viu que o Amauri disse que pinçou apenas alguns fragmentos que o grosso da roubalheira não deu para investigar. E outros livros virão. Haja HCs para a cega livrar os quadrilheiros do conluio.

Paulo Sergio disse...

O OBJETIVO DO LIVRO É DESVIAR A ATENÇÃO DA ROUBALHEIRA PETISTA.

Ivan disse...

O livro mostra os saqueadores e os arquitetos. A que partido pertenciam os que saquearam o Banestado?