31 de janeiro de 2008

Antivírus contra o apartheid

"No findar do ano de 2007 e início de 2008, os moradores do Conjunto Santa Felicidade passaram a serem abordados pela Prefeitura do Município de Maringá, no sentido de que seriam removidos daquela localidade para outros locais, em função do projeto aprovado pelo Governo Federal, prevendo a retirada dos moradores do Conjunto Santa Felicidade.
Em busca de informações, soubemos, através do site do Ministério das Cidades se tratar de um projeto apresentado pelo Município de Maringá para "desfavelamento" do conjunto Santa Felicidade, inclusive fotos insertas no referido site como parte do projeto, até o presente momento, não são reconhecidas como do Conjunto Santa Felicidade".

. Este é um trecho da nota emitida hoje pela ONG Mães de Vítimas de Violência - Justiça e Paz, que convida a população para uma reunião sábado às 17,30hs numa quadra de esportes ao lado da creche do Santa Felicidade.

Veja, no esgoto

"O maior fenômeno de anti-jornalismo dos últimos anos foi o que ocorreu com a revista Veja. Gradativamente, o maior semanário brasileiro foi se transformando em um pasquim sem compromisso com o jornalismo, recorrendo a ataques desqualificadores contra quem atravessasse seu caminho, envolvendo-se em guerras comerciais e aceitando que suas páginas e sites abrigassem matérias e colunas do mais puro esgoto jornalístico".
.Do Blog do jornalista Luis Nassif

Qual dos dois?


Muito amigo do irmão Osmar, senador como ele. Poderia deixar de disputar o governo e dar a vez ao irmão?
. Coluna Hélio Fernandes (Tribuna da Imprensa)

Que pena!

"Começou a demolição do prédio do antigo Cine Horizonte.Já estão sendo retiradas as 1.600 cadeiras.
Assim que elas forem retiradas, o maquinário entra pra derrubar tudo.
A parte de ferragem já está sendo vendida para metalúrgicas e ferros-velhos.
Ali será mesmo uma galerias de lojas e salas comerciais, com um prédio residencial em cima".
O que vai restar de prédio histórico em Maringá? Tem o da Cia Melhoramentos, tombado e destombado, que não se sabe ao certo que destino final terá. Tem ainda o Bandeirantes Hotel, que se não estou enganado foi tombado na gestão Said Ferreira , que teria negociado diretamente com o comendador Jácomo, já falecido. Prédio público mesmo não sobrou nenhum. Poderíamos ter a ferroviária, exterminada pelo prefeito Ricardo Barros (1989/1992). Corremos o risco de ficar sem a rodoviária, que Silvio II está doido para colocar no chão.
A demolição do Cine Horizonte, noticiada hoje pelo Blog do Edson Lima é um golpe na memória da cidade. Mas trata-se de um prédio privado. Seria demais imaginar que a atual administraçao fosse tombá-lo. Como frequentador assíduo daquele cinema nos anos 70/80, sinto uma dor no coração danada.
E pra não dizer que não falei das flores, informo que está nascendo um movimento de setores organizados da sociedade local contra a demolição da rodoviária velha. Tudo começaria por um abraço, como o que foi dado uma vez no Parque do Ingá.

Ah, sei!

"O novo “Santa Felicidade” será reerguido com 80 casas a menos.
As “expurgadas” serão remanejadas para o futuro “Santa Bárbara”,
ao lado".
. Do blog do Lauro Barbosa

Nas ondas da Rádio CC

A Rádio CC está no ar, espalhando elogios do dono da concessão pelos quatro cantos da cidade. AM ou FM? Nem uma e nem outra, dizem que é FB, Frequência Buteco.

Elias pergunta

As perguntas foram feitas a propósito do desfavelamento da Maringá sem favelas e a partir de informações de que os moradores do Santa Felicidade estariam sendo "convencidos" a trocar suas casas por outras de padrão inferior e em locais distantes:
* Como o Projeto foi elaborado e o que contemplou?
* Colocaram fotos do Conjunto Santa Felicidade no Projeto enviado ao Ministério das Cidades ou colocaram fotos de alguma “favela” de qualquer cidade do Paraná ou Brasil como se fosse do Conjunto Santa Felicidade, "enganando" o Ministério, que é do governo Lula (PT), administrado pelo PP?
* Qual a previsão de custo de cada moradia e o tamanho delas?
* A infra-estrutura foi pensada?
* Todas as famílias ficarão no mesmo local ou distante umas das outras?
* Ficarão em um dos bairros da cidade ou planejaram levá-las para distante de Maringá?
. Do blog do Elias Brandão

Maringá ecológica

Viva a criatividade!

Forçando a maionese

O Centro de Detenção Provisória de Maringá (CDB) deve ser inaugurado logo depois do carnaval. São 960 vagas que garantirão a transferência para lá de todos os detentos das cadeias de Maringá e Sarandi. E ainda sobrará alguma coisa para presos de outros municípios da região.
O Salsicha fez uma matéria interessante dia desses, mostrou o novo presídio, por fora e por dentro. E terminada a matgéria o Pinga Fogo disse que a obra saiu devido ao grande empenho da deputada Cida Borgheti. Ele só esqueceu de dizer que o presídio já estava programado há muito tempo, desde que o governador Requião, na campanha que o levou a suceder Lerner, começou a criticar a terceirização dos presídios do Paraná, defendido pelo governador dos pedágios que , a exemplo dos Barros, passaria tudo do estado para a iniciativa privada se pudesse. Nada contra a deputada que, diga-se, tem lá seus méritos, mas o excesso de bajulação dos aliados faz dela uma versão feminina do Paulo Maluf. Principalmente o Meluf do humorista Serginho Leite, que brincava num comercial de TV:"Eu fiz o Minhocão, a Anhanguera, a Castelo Branco, o vento, o azul do mar e a garoa de São Paulo".

30 de janeiro de 2008

Boa sorte!


O Kassato Maru atracou no Porto de Santos em 18 de junho de 1908, trazendo quase 800 imigrantes japoneses. No próximo domingo, às 10 da noite,a réplica do navio estará em forma de carro alegórico na Marquês de Sapucaí. Será a principal alegoria da Escola de Samba Porto da Pedra, que homenageia os 100 anos da imigração japonesa do Brasil. Na proa do Kassato estarão dois maringaenses: o deputado estadual Luiz Nishimori e a esposa dele, Akemi. A colônia japonesa vai, em peso, torcer pela Porto da Pedra neste carnaval carióca.
GAMBATTE KUDASAI!

Vale a pena ler

Agência Amazônia mostra as riquezas do Guaporé e a ameaça à floresta na fronteira Brasil-Bolívia. A matéria é do amigo Montezuma Cruz , eterno apaixonado pela biodiversidade da Amazônia e que está há quase um mês naquela região com a sua musa, a também jornalista Ana Maria, com quem tive o prazer de trabalhar na TV Tibagi, em Maringá. Até recentemente o Monte estava na redação do O Diário. O link da Agência Amazônia está aí ao lado.

Pedras no caminho

"Franca-favorita às prévias do PT, Gleisi Hoffamnn tem pela frente um longo
caminho e com muitos obstáculos. Não só internamente, onde entra em rota
de colisão com o deputado Tadeu Veneri, mas no próprio eleitorado curitibano
que é o que mais rejeita o governo do presidente Lula".
. Do jornal online Hora H News

Seria a do papel higiênico?

30.01.08
"Foi aberto mais um processo contra o Prefeito Sílvio Barros no Ministério Público. Segundo informações, Sílvio Barros comprou duas vezes de uma mesma empresa com preços absurdamente diferentes. Pagou bem mais na primeira vez do que na segunda. Será que está havendo deflação só na Prefeitura de Maringá? Conforme as informações, o promotor Cruz está de olhos bem abertos no caso".
. Do blog do Rubem Mariano

Dia desses informei aqui que o promotor Cruz estaria abrindo procedimento para investigar a compra de papel higiênico para creches e escolas municipais. É que a mesma compra feita em janeiro de 2007 teria custado tres vezes mais do que a deste ano. Que deflação, ehim professor?

29 de janeiro de 2008

Pedido de perícia

Depois de várias horas trancados numa sala, sem permitir acesso da imprensa, os vereadores de Paiçandu apresentaram uma ata da sessão, como forma de dar validade à cassação do prefeito e consequentemente à posse do vice. Mas o cassado Moacyr de Oliveira disse que não dá pra engolir o que considera "manobra rasteira da ata". Por isso vai pedir na justiça uma perícia nos computadores da Câmara. Ele quer provar que a ata foi feita depois, portanto, fora do prazo. A batalha agora é judicial. Acho que mais dia, menos dia, Paiçandu saberá o tamanho da injustiça que os vereadores cometeram.

Desarranjo intestinal...

Nelson Rodrigues tinha razão. E de sobra. Toda unanimidade é burra mesmo.
A Câmara de Paiçandu aprovou por unanimidade a cassação do prefeito Moacyr José de Oliveira. O processo foi atropelado, a afobação para cassar logo foi tanta que os vereadores teriam esquecido de fazer a ata final da sessão. Resultado: a cassação seria nula. Nada teria tido validade... nem a sessão , nem a cassação e muito menos a posse do vice Nelson Teodoro.
Neste momento os vereadores estão fechados numa sala na Câmara, tentando uma solução para o problema. A solução possível seria a elaboração tardia de uma ata. A imprensa e a polícia estão lá, mas ninguém entra. Um comunicador de minhas relações disse que conversou há pouco com o vereador Marcos Girondi, que teria informado: "Aa ata foi feita e estamos apenas encadernando". Seja como for, o fato é que já teria vereador com desarranjo intestinal em Paiçandu.

Maringá, na era da motosserra

Faz sentido, muito sentido...


Faz sentido a denúncia de que Jango(foto) não morreu de morte natural e que teria sido assassinado pelo Regime Militar, conforme relata o ex-policial uruguaio Mário Neira. Mas na operação puxa fio, vai se descobrindo aos poucos que o acidente automobilístico que matou Juscelino Kubitschek pode não ter sido uma fatalidade e nem Carlos Lacerda morreu de morte natural. Os três eram adversários políticos mas se uniram contra o regime militar, pela redemocratização do país, na famosa Frente Ampla. Cresce também a suspeita de que outras mortes misteriosas no continente estariam ligadas ao esforço dos Estados Unidos em fortalecer o militarismo na América do Sul, como é o caso do assassinato de Letelier, ministro de Salvador Allende no Chile e do general Torres, Ministro da Defesa da Bolívia.
Por tudo isso e por mais um monte de circunstâncias misteriosas dos anos de chumbo, é que faz sentido, muito sentido, a denúncia do pretenso réu-confesso Mário Neira Barreiro. E podem acreditar, isso ainda vai dar muito pano pra manga.

Acredite se quiser...



Você pode não acreditar, mas esta aí é a Biblioteca Pública de Maringá, bem no coração da cidade. As fotos estão no blog do Paulo Vidigal, que não fala do estado de abandono do prédio, mas da falta de rampa para cadeirantes.
Em tempo: apenas como curiosidade histórica, lembro que o Santa Felicidade (originalmente chamado de Projeto Profilurb) e a Biblioteca Bento Munhoz da Rocha Neto, são obras da administração Silvio Barros I.

Crônica do apartheid anunciado

"Por causa da ida a Umuarama acabei não aparecendo na reunião com o pessoal do Santa Felicidade. Parece que vai ter outra no decorrer da semana. Mas fui informado de pelo menos um caso que mostra como aquela comunidade, vulnerável, tornou-se mercadoria nas mãos do poder público imobiliário.
Um senhor de 73 anos vive há 30 anos numa casa de 114 metros quadrados, quitada; o filho, viúvo, reside nos fundos, e quase não fica por lá. A prefeitura, com o dinheiro do PAC, ofereceu a ele uma casa de 40 metros quadrados, com chão bruto, sem divisões. Isso deve ser, na ótica do PP, dar dignidade humana ao processo de desfavelar uma não-favela.
O interessante é que alguns órgãos de comunicação foram convidados, mas nenhum foi. Um deles, que tem Urgente no nome, disse ao pessoal que só iria se tivesse autorização da prefeitura".

. Do blog do Rigon

Meu comentário: Pior do que a ameaça de desalojar os moradores do Santa Felicidade é o clima de segregação que o "desfavelamento" está criando. Em vários pontos da cidade, há moradores manifestando abertamente preocupação com a possibilidade de transferência daquela comunidade para a vizinhança. Ontem, fiquei sabendo que já tem morador do Santa Felicidade sendo notificado . A pressão psicológica está existindo, como persiste o rolo compressor pra cima dos condôminos da Rodoviária Velha. E vamos em frente, crescendo com cidadania, ao sabor do suco de beterraba.

Quem seria?

29.01.08

"A Polícia Federal prendeu 10 pessoas na Operação Iceberg, todas acusadas de um esquema de fraude no INSS de Tijucas (SC), onde teriam desviados cerca de R$ 6 milhões.
Em 2008 vai pra dois anos que a PF realizou a Operação Campo Fértil na região de Maringá. No mapa da operação constava o nome de um vice-líder do presidente Lula e de um ex-deputado, mensaleiro, muito amigos e vizinhos. Entre os aposentados irregularmente estão familiares de políticos. Apesar disso, só bagrinho foi indiciado pela Justiça Federal. O prejuízo foi estimado em mais de R$ 7 milhões.
O caso é tratado como o terceiro segredo de Fátima: ninguém divulga nada. E a impunidade continua".

. Do blog do Angelo Rigon

28 de janeiro de 2008

Camisa 11

Muitos atletas da Corrida do Túnel, a tal prova "cross country" de ontem cedo na Avenida Horácio Racanello, portavam o número 11 em suas camisetas. Disse um torcedor saudosista:"Pelo menos viajei no tempo, e pude ver vários ponta-esquerda correndo. Sem bola no pé, mas correndo".

Faltam só 6


"O momento histórico para a cidade marcava o fim dos transtornos e riscos de acidentes que as antigas manobras ferroviárias, com passagem em nível, provocavam para motoristas e pedestres que se utilizam da avenida para acessar ou retornar do centro da cidade".
. Trecho de release da Prefeitura distribuído hoje, informando ainda que lá estavam além do prefeito, o irmão dele, deputado Ricardo Barros, o senador Álvaro Dias e o suplente Wilson Matos.
O viaduto inaugurado domingo é o primeiro dos 7 previstos e que pelo cronograma de obras fixado no contrato assinado em 2004 já estariam praticamente prontos. Como a primeira ordem de serviço foi dada alí por julho/agosto de 2004, estamos a 6 meses do prazo determinado para a execução do projeto de rebaixamento da linha. Será que até lá toda a supervia e os outros 6 viadutos estarão prontos? Tomara.

Tranquilo


Conversei agora de manhã com o prefeito Moacyr, cassado neste final de semana pela Câmara de Vereadores. Ele está tranquilo, prepara o recurso visando a anulação da sessão e enquanto isso, recebe muitas manifestações de solidariedade do povo, que sabe que ele foi vítima de um linchamento político.
A cassação do prefeito Moacir foi assunto de destaque na mídia regional, mas a maior manifestação de solidariedade a ele veio da blogosfera de Maringá. Reproduzo aqui um comentário que achei importante e com o qual concordo em gênero, número e grau. Saiu no blog do Rubem Mariano, presidente do PT em Maringá.
"A Câmara Municipal de Paiçandu cassou, neste final de semana, o mandato do Prefeito Moacir Oliveira do PMDB. Prefeito que acabou com os vícios e os desmandos da política local que a muito tempo vinha se estabelecendo. Fez por Paiçandu o que grande parte dos seus antecessores não fizeram. Um bom exemplo é a duplicação da famosa pista cheia de quebra-molas que alongava, em muito, a viagem de quem passava pela cidade. A votação foi unânime pela cassação. Contudo, tem alguma coisa erra, pois existe um ditado popular que diz: "toda unanimidade é burra". O prefeito Moacir irá recorrer na justiça".

Sugestão de um londrinense

A propósito dos R$ 20 milhões que deve vir para desfavelamento da Maringá sem favelas:

"Londrina têm várias favelas. Caso o prefeito de Maringá Silvio Barros não tenha onde investir o dinheiro, o prefeito de Londrina Nedson Micheleti (PT) poderia oferecer as favelas locais para receber o dinheiro. Ou, em uma situação mais extrema, exportar algumas favelas londrinenses para Maringá. Neste caso, resolveria dois problemas com uma canetada só: resolveria o problema de Barros, o sem favela, e ainda reduziria parte do problema social em Londrina".

.Postado por Claudio Osti no seu blog Paçoca com Cebola

A Vida como tema central


Em Maringá o lançamento da campanha será feita dia 6 de fevereiro por Dom Anuar Batisti
28.01.08
Angelo Rigon , respondendo a um cidadão de nome Vergueiro que parece não se conformar com a oposição figadal que o jornalista faz à família Barros:

" Vergueiro, o ignorante é em relação a ignorar. Você ignora que o RB grampeou o meu telefone (você tem noção do que é isso?), o do Crispim, o do Reginaldo Dias (biógrafo do pai dele)e o do promotor Cruz. Ignora que o RB contratou uma pessoa para vigiar minha casa, quando morava em Paiçandu. Ignora que ele telefonou mais de uma vez para o meu serviço, o jornal, para xingar minha mãe. Ignora que ele tentou me socar e, não fosse Paulo Porpiglio, eu teria me ferrado. Ignora que ele tentou contratar uma outra pessoa para fazer algo muito pior comigo, que essa pessoa recusou e foi ameaçada de morte. E isso só uma pequena parte. A ignorância vem daí: de ignorar o que os Barros fazem de errado; quando não prejudicam pessoas, prejudicam a vida política e até mesmo contribuem para a acefalia da cidade, pois, com o apoio dos PFs da vida, criam muitos ignorantes neste município".
Meu comentário: a propósito do antibarrismo que é cada vez mais forte em Maringá, um amigo me perguntou um dia:"O que você tem contra o Ricardo Barros?". Eu respondi: "Pessoalmente nada, absolutamente nada. Mas tenho tudo contra a matriz político-partidária que gerou este e tantos outros ricardos que povoam a nossa fauna política.Ocorre que o Ricardo é a referência regional de maior destaque no fisiologismo que assola. E isso não é pouco".

A procura de local

A Administração Municipal está realmente empenhada em tirar os moradores do Conjunto Santa Felicidade , acabar com o bairro e levar todo mundo para outros pontos do município. No correr da semana, ônibus lotados de moradores do Santa Felicidade circularam pela Zona Norte, parando em frente a um terreno da Prefeitura no Copacabana, fundos dos barracões industriais da Avenida São Judas Tadeu. Outros locais estão sendo analisados, para colocar as famílias, que devem ser dispersadas também para os distritos de Floriano e Iguatemi.

Mais um na chon?

"Recebi a informação, de que o antigo Cine Horizonte será demolido no início do mês que vem, para a construção de uma galeria e salas comerciais. Não sei da veracidade da informação, pois muito já se foi falado sobre o local, mas independente, se isso realmente acontecer, o problema com os desocupados que ocupam o local será resolvido. Mas na contra-mão do fato, está um pessoal que também não abre mão do tombamento do local, e que já está se mobilizando para que a demolição não ocorra, pois se trata de um prédio também histórico, e segundo este pessoal, o prédio está em uma lista de mais 400 locais históricos na cidade, que iriam ser tombados. Não sei o resultado disso, só sei que a sociedade está se mobilizando para que nossos filhos e netos possam, não só ver em fotos ou filmes estes locais que fizeram a história desta cidade".

. do Blog do Carlão

Meu comentário: o prédio em questão é da família Del Grossi. Portanto, um prédio particular. Mas a idéia do tombamento é ótima, embora eu não acredite que o Guatassara e o prefeito SBII devam fazer qualquer esforço neste sentido. Pelo contrário, a obsessão dos "exterminadores do passado" é não deixar pedra sobre pedra nesta cidade que querem sem memória.
Eu, e certamente, centenas de outros maringaenses quarentões e cinquentões, guardamos na memória e no coração, os bons tempos das filas no Cine Horizonte para assistir Mazzaropi,bang bangs e outros filmes inesquecíveis, como Os Gladiadores, E o Vento Levou, A Bíblia, Casablanca, Os Canhões de Navarone, etc.

Homem de palavra

"De acordo com o secretário do Desenvolvimento Urbano, Planejamento e Habitação (Seduh), Guatassara Boeira, a idéia original é manter o prédio da antiga rodoviária para preservar um patrimônio histórico do município, construído em 1963. Mas, segundo ele, tudo ainda será estudado e definido junto aos proprietários das lojas".
Guatassara Boeira, em release da Prefeitura datado de 6 de novembro de 2006.
Isso, claro, foi antes da administração definir os detalhes da especulação imobiliária no Eixo Monumental.

27 de janeiro de 2008

Vai dar a volta por cima

"Os vereadores de Paiçandu cassaram o mandato de Moacyr José de Oliveira (PMDB). Tomara que o prefeito obtenha na justiça o que um grupo de homens "honestos", assistencialistas e bizarros tirou. Moacyr - que escapou de ser morto, a mando do presidente do PP da cidade, filho de cartorário - ficou de um lado; os vereadores, de outro. Creio que Moacyr, cassado, é mais honesto que os vereadores de Paiçandu - juntos. Detalhes".

. Do blog do Rigon
Meu comentário: Não tenho dúvida que Moacyr vai dar a volta por cima, porque esta cassação é um absurdo. Moacyr está sendo vítima de um linchamento político, preço que paga por ser um bom prefeito de Paiçandu e , sobretudo, por ser íntegro.Um amigo meu disse que Moacyr não teve jogo de cintura para se acertar com os vereadores. Mas se jogo de cintura é se render à mesquinhez dos interesses particulares de grupos locais, inclusive com participação de políticos regionais que se julgam donos de currais eleitorais na vizinha cidade, então melhor é não ter jogo de cintura. Paiçandu ainda vai reconhecer o valor do prefeito Moacyr e os atuais vereadores ainda vão amargar o preço da sua pequenez .

25 de janeiro de 2008

Fé sem fronteiras

Em Maringá há um grupo de senhoras católicas (fervorosas) que rezam terço pela internet. Há um grupo de pelo menos 10, de vários pontos do Brasil e até uma dos Estados Unidos, que se reunem para rezar pelo MSN. É a tecnologia multiplicando o poder da fé no planeta, em tempo real.

O caso do Tarumã





Estranha muito a pressa da administração municipal em asfaltar um bairro que não tem condições de receber asfalto, porque brota água nas ruas e nas casas. Os moradores lutam para ser indenizados pela loteadora, porque a área é inabitável e quando compraram os terrenos, nunca imaginavam que pudessem estar entrando numa fria. A água que corre pelos tubos não é da chuva, vem do próprio solo. Para agravar a situação, máquinas da empreiteira contratada, trabalham dia e noite, fazendo buraco, avançando sobre o fundo de vale. Os moradores estão em pé de guerra. Dizem que já recorreram à justiça, ao mInistério Público, ao IAP , ao Ibama e nada. Pedem ajuda dos céus e alguns mais esperançosos pensam em denunciar o crime ambiental ao Greenpeace.

Procura-se uma favela

"Maringá (PR) vai receber R$ 20 milhões do PAC para favelas, mas não tem nenhuma. Governada por aliado de Lula, é a quarta maior beneficiária de verbas federais. Na vizinha Sarandi, cheia de favelas, o prefeito petista Cido Spada, que coordenou a campanha de Lula no Paraná, ficou a ver navio".
. Blog do Cláudio Humberto

Antes tarde...

"O viaduto da Avenida Tuiuti começou a ser construído no dia 10 de setembro de 2007 para se constituir no primeiro de quatro viadutos a serem construídos no trajeto de 1.860 metros entre as avenidas Tuiuti e Pedro Taques. Os outros três viadutos sobre a ferrovia estão previstos para a confluência das avenidas Gaspar Ricardo, Monlevade e Rebouças".
. Trecho de matéria publicada hoje no site da Prefeitura

Meu comentário: Se as obras de rebaixamento da linha férrea estivessem nos trilhos, dentro do cronograma estabelecido quando da assinatura do contrato em 2004, os sete viadutos programados estariam praticamente prontos. De acordo com o contrato assinado entre o município e a CR Almeida, empresa vencedora da concorrência, a obra deveria estar pronta em 40 meses. Dos R$ 43 milhões firmados em contrato, R$ 36 milhões vieram a fundo perdido para Maringá, graças a um convênio que o prefeito João Ivo assinou com o Denit no final de 2003.
Que bom que o viaduto da Tuiuty está pronto...antes tarde do que nunca. Mas melhor seria se não tivesse havido tanto atraso. Aliás, o atraso das obras do Novo Centro comporta uma boa investigação.Digo isso porque se o atraso foi provocado pela empreiteira, a ela cabe o ônus dos prejuízos causados. Se o atraso ocorreu por culpa do gestor público, certamente a empresa acabará exigindo um aditivo contratual para correção de valores defasados. Neste caso, a conta vai para o munícipe.Ou melhor, para cada um de nós contribuintes.

O útil ao agradável


Bonito ver a cabritada roçando o capim e grama alta - nesta tarde - no fundo de vale do Batel. Será que estão a serviço da prefeitura?
. Do blog do Elias Brandâo

Assino embaixo

25.01.08

"A Câmara Municipal de Paiçandu vota agora pela manhã a cassação do mandato do prefeito Moacyr José de Oliveira (PMDB). Como o prefeito disse ontem, tudo é questão de grana. Paiçandu vivia mergulhada em irregularidades e corrupção, Moacyr foi lá e mudou a cara da política daquela cidade, mas o preço pode ser caro.
Pessoalmente, não vejo condições morais de o Legislativo paiçanduense julgar ninguém".
. Do blog do Rigon
Meu comentário: concordo em gênero, número e grau. Conheço o prefeito Moacir e sei quâo íntegro ele é. Acho que Paiçandu ganhou muito com as duas vitórias que deu a ele nas urnas. Se Moacir for cassado pela Câmara, certamente reverterá tudo na justiça. A cassação seria a punição que se imporia a um político, devido a sua honradez. Que coisa mais esquisita!

24 de janeiro de 2008

Morto- vivo

Natanael Búfalo é considerado preso provisório, porque ainda não recebeu condenação pelo crime hediondo que cometeu. Em sendo provisório, não se insere no time dos chamados "presos da casa" . A isso soma-se o fato de que ele tem que ser mantido longe dos outros detentos, por medida de segurança. Resultado: não há espaço na Penitenciária de Maringá para Natanael tomar sol. Além disso, está junto com outro estuprador, num espaço mínimo em que um está sempre de olho no outro. Isso é pior do que pena de morte. E cá entre nós, ele merece cada minuto da vida de cão que está levando. E ainda é pouco para pagar pelo que fez com a menina Márcia.

Desfavelamento sem favelas

"Mesmo sem favelas , Maringá entra no PAC", diz em manchete de página interna a Folha de Londrina de hoje. "O município vai receber verba de R$ 20 milhões do Governo Federal para obras de desfavelamento.A Administração Municipal conseguiu provar ao Governo Federal que tem áreas de risco social e por isso precisa dos recursos para evitar que o propblema se agrave" escreve Giancarlo Franquini para a Folha.
Se Maringá tem favelas consideradas áreas de risco social, o que dizer do Nordeste e de grandes capitais, como Rio, São Paulo e Salvador? E o que pensar sobre a situação de Sarandi, para onde uma grande parte da população pobre de Maringá foi expulsa nos últimos 15, 20 anos? Que município não gostaria de obter recursos tão vultosos como esses? Mas pela reflexão que a matéria da Folha nos leva a fazer, fica no ar a pergunta que não quer calar: será mesmo que os fins justificam os meios?

Crime e burrice

"Por que não deixar que prédios de escritórios e apartamentos ocupem aquele espaço central da cidade, e que o velho prédio seja derrubado?
Por uma razão que pode parecer estúpida, que pode parecer não ter nada a ver com o progresso: a nossa história. Esta estação, que pode não ser uma maravilha arquitetônica, é parte da história de Maringá. O estilo pode estar fora de moda, assim como os castelos da Espanha ficaram fora de moda no ano 1492, quando os mouros foram expulsos, e já não era necessário ter castelos que funcionavam como fortes.
O prédio da estação rodoviária de Maringá pode ser “feio,” assim como são feias muitas das catedrais góticas européias. Aliás, elas também ocupam lugares centrais e importantes nas cidades, onde prédios de apartamentos conseguiriam milhões e milhões de euros. Mas as catedrais não são derrubadas. Elas são a marca do tempo, o registro da história. Elas são conservadas, mesmo quando “belas fotos” poderiam muito bem substituí-las. Perguntem a qualquer pessoa da Europa se ela quer esta substituição. A resposta será um não". (Trecho de artigo da professora Eva Paulino Bueno, na revista Espaço Acadêmico).

23 de janeiro de 2008

Assassinato de árvores

"Tenho observado várias árvores assassinadas em Maringá por meio de métodos não convencionais. Não são cortadas, são assassinadas aos poucos. Não sei o que se aplica nas árvores para ficarem totalmente secas. Ontem vi duas no centro de Maringá e duas no Guaiapó. É de se revoltar".

. Do blog do Elias Canuto Brandão

Chamem o IAP!

"Há um inquérito policial aberto contra o diretor técnico da Urbamar, Edson Cantadori Filho, apontado pelo IAP à Promotoria do Meio Ambiente como sendo o mandatário do corte de uma canafístula sem a devida autorização - aquela onde estive por algumas horas. O IAP multou Cantadori em R$ 7 mil, mas ele negou-se a assinar o documento. A canafístula, de cerca de 120 anos, segundo as informações encaminhada à Polícia Civil, tinha 14 metros cúbicos, sendo 6m3 de tora e 8m3 de galhada".
. Do blog do Rigon

Meu comentário: a propósito do corte indiscriminado de árvores, o IAP precisa dar uma espiada naquela reserva nativa ao lado da AABB, bem em frente a Cachaçaria . Quem passar por alí e observar direito, verá que estão matando as árvores do miolo da reserva. Muitas estão secando e depois, passando pelos dentes da motosserra. Não demora muito e o capão de mata tropical desaparece. Paulino Mexia, cadê você?

Esse é o cara!

"Não se espante, caro leitor, se a partir de agora você ouvir e ler muita coisa positiva, em rádios e jornais locais, sobre o deputado federal André Vargas, do PT de Londrina. Ele é vice-presidente da Frente Parlamentar e Defesa da Mídia Regional - ou seja, é quem vai brigar para trazer propaganda federal para os órgãos de comunicação do interior. De uma hora para outra, ele ficou bonito".
. Do blog do Rigon

Nem pintado...

"Se em Maringá o Sindicato dos Servidores não pode nem ver o ex-prefeito Ricardo Barros pintado de verde-dólar-mensalão, em Londrina o clima entre o Sindiserv e o prefeito Nedson Micheleti (PT) também não é dos melhores. aliás, só piora a cada ano".
. Do Blog Paçoca com Cebola

Fazendo água...

23.01.08

Um servidor público municipal foi agendar uma consulta com um especialista no novo plano de saúde da Prefeitura e ouviu a seguinte resposta do atendente: "não tem no momento", e, explicou ao servidor: "É que o Hospital está ainda contratando novos médicos", e, concluiu: "o seu agendamento vai ficar lá para o mês de junho, tudo bem? É mole! Pelo jeito o barato vai sair bem caro para o servidor.
. Do blog de Rubem Mariano

É, o plano de saúde dos servidores está fazendo água muito cedo. Já ouvi várias queixas também, sobre mau atendimento e o pagamento de R$ 1,50 por procedimento. O problema, me diz um servidor, não é o dinheiro, mas a falta de transparência do processo.

22 de janeiro de 2008

Ele sabe o que fala



"A corrida pela vacina (de febre amarela) por pessoas que não precisam dela reduz sua disponibilidade para os que efetivamente têm necessidade.
Não há nenhuma razão para vacinar as pessoas que não residem em área endêmica nem pretendem adentrar a mata dessas áreas.
Vi na televisão pessoas que sempre residiram na cidade de São Paulo e que não pretendem viajar desesperadas, em filas para se vacinarem, alegando que tinham direito. Certamente, não tinham necessidade e se expõem aos efeitos adversos de uma vacina com vírus vivo." (Adib Jatene , em artigo na Folha de São Paul

A lógica do neoliberalismo


Virgilio e Thatcher: matar o Estado de fome
e tirar o leite das crianças
Vale lembrar que em Maringá esta lógica predomina. Preocupação social para essa turma do clã só existe enquanto estratégia de marketing. E ponto final.

Perguntar não ofende

E Paulo Henrique Amorin pergunta:
"Será que a FIESP cogita de, com a economia que fez da CPMF, fazer uma doação à Fiocruz para produzir vacinas e distribuir aos pobres?".

Vale do Rio Doce, o escândalo

Eu sempre achei a privatização da Vale do Rio Doce um escândalo, um crime de lesa pátria que a sociedade brasileira não podia engolir com a facilidade com que engoliu. Agora, o guerreiro Hélio Fernandes, da Tribuna da Imprensa, decidiu desmascarar a farsa daquela operação. Veja a íntegra do artigo dele, clicando no link Tribuna da imprensa aí ao lado. Vale a pena ler.

Vai depor, finalmente

"José Dirceu foi intimado pela juíza Sílvia Maria Rocha a comparecer à 2ª Vara Federal Criminal de São Paulo na próxima quinta-feira (24), às 14h30. O ex-chefe da Casa Civil de Lula será inquirido, pela primeira vez, no processo referente ao escândalo do mensalão, acusado por formação de quadrilha e corrupção ativa".
. Do Blog do Rudá Ricci

Nas coxas e no joelho

"Nada expressa melhor o nível de indigência moral do sistema político brasileiro do que a regra anômala dos senadores suplentes, que já venho chamando desde o ano passado de senadores clandestinos e que precisam ser extintos por uma reforma política". As palavras são do presidente da OAB, Cezar Brito, ao criticar o fato do novo ministro das Minas e Energias , Edson Lobão, ser substituído no Senado pelo seu filho, o que de certa forma, torna ainda mais imoral os critérios de escolha de suplentes de senadores.
Por essa regra anômala acabamos tendo senadores feitos nas coxas e senadores feitos no joelho.

Ainda "a ciclovia de ouro"

"A Milionária Ciclovia Boulevard Mandacaru-Faculdades Nobel (PUC) ou como já está sendo chamada de "Ciclogates"(numa alusão ao escândalo Watergate) tem uma nova utilização, ao contrário de ciclovia para os menos favorecidos monetariamente (pobres no duro) se locomoverem em segurança aos bairros mais afastados, está se transformando em passarela de caminhada e "pega-franguinhas" no caso das pseudo-patricinhas que moram no trecho entre o Boulevard Mandacaru e o Tiro de Guerra. Agora estamos começando a saber o porque de tanta iluminação nesta passarela. Quanto aos miseráveis "bicicleteiros" se quiserem usar a ciclovia tem que pedir licença de metro em metro ou serem atropelados na avenida Mandacarú como foi o caso de um ciclista hoje, felizmente só com pequenas escoriações".

. Do blog A Abiose Maringaense

No calendário da UEM

22.01.08
A página de maio do bonito calendário 2008 da UEM estampa uma foto da rodoviária velha. Foi tirada à noite pelo Heitor Marcon e mesmo fechada , impõe-se pela bela arquitetura e sobretudo pelo realce das formas arredondadas que Niemayer assinaria embaixo.
A propósito, é de doer na alma o argumento que os defensores da implosão do prédio andam usando para explicar o extermínio. Dizem frequentemente que o local é um polo de atração da prostituição e da marginalha. Ora, ora, o que transforma aquele pedaço em reduto da delinqauência não é o espaço físico em si, mas o seu abandono pelo gestor público. A restauração da rodoviária velha e a revitalização da Praça Raposo Tavares é que poderiam transformar aquela parte importante do Eixo Monumental em local agradável e seguro. O resto é conversa fiada.

21 de janeiro de 2008

Lá como cá

"O dinheiro gasto em apenas um dia da guerra - U$ 720 milhões - daria para garantir planos de saúde para 423.529 crianças ou comprar casas para 6.500 famílias.
As estatísticas incluem gastos de longo prazo, como os que o país terá para cuidar dos feridos - são 27.936 até agora, mas "apenas" 12.537 passaram mais de 72 horas no hospital e podem requerer atendimento contínuo.
E os "prejuízos" no Iraque? Incalculáveis.
A estimativa mais otimista é de que tenham morrido 74.339 civis desde que o país foi ocupado".
. Do blog do Luiz Carlos Azenha
Meu comentário: curioso que os jornalistas econômicos evitam relacionar a sandice que foi a invasão do Iraque ao caos econômico dos Estados Unidos. O Bush pai detonou a Guerra do Golfo e o Bush filho jogou gasolina na fogueira do antiamericanismo , além de desandar a maionese da economia globalizada. Esse negócio do poder passar de pai pra filho e de irmão pra irmão é sempre uma temeridade. Com o devido respeito às proporções, a valorização da família, que a igreja tanto prega, foi mal interpretada nas últimas décadas, tanto lá nos EUA quanto aqui em Maringá.

Enfim, uma pista


"NÃO SOMOS ANÔNIMOS, APENAS NÃO TEMOS DINHEIRO PARA O ADVOGADO."

Pincei esta foto-montagem (ou seria desmontagem?) do blog Diarim, com esta frase de um certo Jota. Achei interessante , até porque agora os caçadores de anônimos passam a dispor de uma referência para iniciar suas investigações.

Mas em Papai Noel...

"O presidente do PP, deputado Ricardo Barros, disse à Folha de Londrina que não irá tomar qualquer providência por enquanto por conta das denúncias contra o vereador de Londrina Renato Araújo. O vereador é acusado pelo Ministério Público de formação de quadrilha.
Ricardo Barros diz que não acredita em denúncia do Ministério Público.
Agora, em papai noel, coelhinho da páscoa Ricardo Barros acredita. Aliás, Barros deve estar mesmo é mais preocupado com as obras da ciclovia de Maringá - onde o prefeito Silvio Barros, é o irmão dele - cujo valor por quilômetro é um espanto".

. Postado por Cláudio Osti , do blog Paçoca com Cebola

Maluff e Maluffis



Meu comentário: o senador gaúcho está corretíssimo. Mas o problema não é o Maluff propriamente, mas sim o maluffismo, que espalhou coovers por todo o país, inclusive por aquí, onde existem cópias próximas da perfeição.

Ricardo faz muchocho do MP

‘‘Denúncia do MP tem pouco valor para mim, a maioria não dá em nada. Só vamos tomar alguma atitude se houver provocação do diretório municipal’’. Barros reconheceu que a denúncia contra Renato Araújo cria ‘‘desgaste político’’, mas acrescentou que se ‘‘tiver que tomar providência contra todo mundo que é acusado, não sobra ninguém para fazer política’’.
. Do blog do Angelo Rigon
Meu comentário: não é a primeira vez que o deputado desdenha do Ministério Público. Quem se lembra do embate que ele teve com o promotor Cruz, a quem Ricardo acusou de corrupto e pediu quebra de sigillo bancário? O irmão prefeito também já mostrou em várias manifestações públicas o pouco apreço que tem pelo MP, principalmente a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, onde caminham alguns processos de improbidade administrativa contra a sua gestão.

Os romanos sabem o que fazem



"Ontem, assisti pela 5a vez ao filme O Gladiador. Um grande filme e histórico. É como se e estivéssemos dentro do que era o Coliseu no seu esplendor. O Coliseu sofreu a ação do tempo e das guerras. Mas nem por isso o povo de Roma e da Itália pensaram em colocar um prédio vistoso de 36 andares em seu lugar. O que isso quer dizer: se o Imperador Silvio II fosse o prefeito da Roma atual, ele já teria mandado implodir o Coliseu e entregar para o Berlusconi. Mesmo porquê, ao seu redor se concentram muitas prostitutas. E pior: a grande maioria brasileiras. Então, se os argumentos dele para derrubar a rodoviária são de que ela é velha, está desmoroando e está cercada por prostitutas, então ele derrubaria o Coliseu, pois o mesmo está desmoronado. Sorte da Itália e de Roma não ter um prefeitinho tão ruim como esse".

.Postado por Inconformado (Notícias da Província)

FAT para os magnatas

21.01.08
O FAT é o Fundo de Amparo ao Trabalhador.Mas o trabalhador mesmo ele não ampara coisa nenhuma. A maior parte da montanha de dinheiro que o FAT arrecada vai para o BNDES financiar grandes grupos empresariais. Veja o que escreceveu sobvre o assunto Cláudio Humberto, o "bateu levou" do governo Collor, mas que hoje é um dos colunistas políticos mais lidos do país:
" A dívida do BNDES junto ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) já supera R$ 104 bilhões, mas o banco acha pouco e quer mais. Até porque paga juros irrisórios. Maurício Borges Lemos, diretor do BNDES, esteve em Brasília no conselho do FAT (Codefat), e quase foi solicitado a ir embora após acusar: "Vocês tratam a gente muito mal". Tomando R$ 104 bilhões? O Codefat decidiu recomendar ao BNDES mudar a destinação do dinheiro.
Os conselheiros do Codefat querem a dinheirama do FAT financiando pequenos e médios empreendimentos, mas o BNDES prioriza magnatas".
Humberto informa também que o Banco do Brasil e a Caixa deitam e rolam com o dinheiro do FAT: tomam dinheiro a 5,5% ao ano e o emprestam aos desavisados a 5,5% ao mês.
Desse jeito, essa verdadeira mãe dos magnatas vai acabar quebrando.

Obs: sindicatos de trabalhadores de Maringá, por meio da Coordenação Sindical, se esfalfam em busca de dinheiro do FAT para cursos de qualificação de mão de obra em suas bases. Tem aqueles que conseguem alguma migalha, mas a burocracia é jogo duro. O Codefat, que é o conselho gestor do fundo, parece que finalmente acordou. Já não era sem tempo.

18 de janeiro de 2008

A mesa



O Secretário da Educação teve uma agradável surpresa hoje de manhã na UEM. Ao deixar o gabinete do reitor Décio Sperandio, se surpreendeu com uma mesa de couro em uma sala au lado. "Olha só, esta mesa eu que fiz!". Olhando mais detalhadamente o móvel, ficou surpreso com o estado de conservação do mesmo. A mesa foi desenhada por uma irmã dele e montada por Maurício, no tempo em que a família Requião tinha uma fábrica de móveis de couro na Capital. Um professor que estava no corredor observando a cena e o entusiasmo do secretário, brincou:"Nossa Senhora, como os móveis da reitoria são antigos!" .

Que coisa vergonhosa!

Por que um ano depois do Ibama condenar o Tarumã II, considerando a área imprópria para habitação, a Administração Municipal insiste em querer asfaltar algumas ruas? Os moradores sabem que o asfalto colocado lá não dura seis meses e que as galerias que começaram a ser executadas na parte de baixo é uma agressão ao fundo de vale. O que eles querem é indenização das famílias que sofrem com a umidade, que ameaça suas casas.
O gestor público ignora a realidade do loteamento, liberado criminosamente em 1996. Na gestão passada (Zé Cláudio/João Ivo) a Prefeitura conseguiu retirar algumas famílias , mas não houve tempo para que problema fosse resolvido definitivamente. A coisa lá se agravou de 2005 pra cá. Tanto que a loteadora , segundo denúncias de moaradores à Promotoria Pública do Meio Ambiente, continua vendendo terrenos naquela região. É um escárnio!

17 de janeiro de 2008

Denúncia arquivada

O juiz da 5a. Vara Cível de Maringá, Siladelfo Rodrigues da Silva julgou improcedente ação do Ministério Público contra o ex-prefeito de Maringá João Ivo Caleffi. A ação era referente ao pagamento de precatório relativo à desapropriação do terreno do Parque dos Cerealistas. O Ministério Público alegou que o prefeito João Ivo Caleffi não havia obedecido a ordem dos precatórios ao quitar a dívida que o município tinha com os proprietários Antônio Sales Galbi e a esposa dele, Maria Luíza Xavier Sales. E que ao efetuar a quitação da dívida, passou na frente de outros nove credores.
Na defesa do ex-prefeito, feita pelo advogado Alaércio Cardoso, João Ivo provou que o credor da vez na lista de precatórios era mesmo Galbi e Maria Luíza. Diante desses argumentos, o juiz rejeitou liminarmente a ação, mandando arquivar o processo.

O tempo esquentou no Paço

"Discussão, bate-boca e muitos questionamentos marcaram uma reunião do condomínio de lojas da Antiga Rodoviária de Maringá, no Noroeste do Paraná. A prefeitura apresentou aos proprietários de salas o edital de licitação para a demolição do prédio histórico e a construção de um novo edifício comercial no local. O clima ficou quente no Paço Municipal por várias vezes. Aproximadamente 50 pessoas, entre comerciantes, proprietários de salas, advogados e representantes da prefeitura participaram do encontro. "Acho que vocês (proprietários) deviam torcer e ajudar a viabilizar isso (o edital)", sugeriu o coordenador municipal de Políticas Urbanas e Meio Ambiente, Jurandir Guatassara Boeira.
Ele, no entanto, foi questionado várias vezes pelo advogado Alberto Abraão, que representa parte dos lojistas que entraram com uma ação na Justiça contra a interdição do prédio pela administração municipal em fevereiro do ano passado.
Interdição.
O ex-síndico Hosin Salen também questiona a interdição apontada como arbitrária. Ele alega que há interesses particulares em jogo e que a intenção da prefeitura foi evitar a chamada de capital para a reforma do prédio que estava marcada para dois dias depois que o local foi interditado".
. Esta é parte do texto do jornalista Andye Iori, publicado na edição de hoje do jornal Gazeta do Povo.

As FARCs tentam polir imagem

O Estado Maior das FARCs tenta conquistar apoio da mídia ocidental para a sua luta e por meio de comunicado, desqualificar o status de organização criminosa, que parece cada vez mais forte no nosso continente. Aproveita a onda da liberação de Clara e Consuelo para propagar seu objetivo político que, respaldado no sonho bolivariano de libertar a América do Sul das garras do imperialismo ianque, detona o presidente Uribe e faz apologia de Chaves. O texto me foi enviado por email por João Flávio Borba , que não conheçco. É longo, mas selecionei dois parágrafos que achei interessante:
"Nuestro padre, el Libertador Simón Bolívar nos enseña que, cuando el poder es opresor la virtud tiene derecho a anonadarlo , y que el hombre virtuoso se levanta contra la autoridad opresora e inaguantable para sustituirla por otra respetada y amable. Y este es, precisamente, el empeño de las FARC.

5. Presidente Chávez, muchas gracias. El mundo no duda que su inmenso corazón, palpita sinceramente, por la paz de Colombia y por la redención de los pueblos. Agradecemos también a los gobiernos y personalidades del mundo que lo han rodeado sin reserva en este noble esfuerzo. Y sobre todo, gracias al bravo pueblo de Venezuela por su apoyo y hermandad. A los familiares de los prisioneros y a los amigos del canje humanitario nuestro llamado a persistir. Lograremos el canje.

Secretariado del Estado Mayor Central de las FARC
Montañas de Colombia, enero 10 de 2008".

A propósito da cassação em Mandaguari

Ao reproduzir nota do Cláudio Humberto sobre o caso Capiberibe, comentei, de passagem, a cassação do prefeito reeleito de Mandaguari, Ary Strhoer. Um leitor, certamente daquela cidade, enviou um comentário interessante, que faço questão de reproduzir aqui. Veio como anônimo, mas no caso em questão, acho que o ananimato é plenamente justificável. Ele narra uma situação. Como não cita nome de pessoas, a não ser o do próprio Ary, e mesmo assim respaldado por fatos de domínio público, decidi publicar, o que faço em forma de pitaco e de nota neste blog. Antes que alguém se apresse em fazer interpretações errôneas dessa publicação, coloco o blog à disposição de qualquer um dos envolvidos na disputa de 2004 em Mandaguari, que por ventura decidam vestir a carapuça.
"Longe de mim defender o ex-prefeito Ari,com o qual, diga-se de passagem, não simpatizo nem um pouco, mas o que ocorreu nas eleições de 2004 em Mandaguari, foi uma armação digna de filmes holywoodianos do tipo "Teoria da Conspiração". Basta lembrar que naquelas eleições apenas o candidato petista não comprou votos. Entre os demais, um distribuiu camisetas para blocos de carnaval, outro doou caixas de cerveja para esses mesmos blocos carnavalescos e uma candidata distribuiu dinheiro vivo aos blocos. Apenas um deles foi processado e cassado.
Se algum dia alguém tiver coragem de contar tudo o que rolou nos bastidores dessa cassação histórias grotescas virão à tona. São coisas repugnantes, que lembram muito o que ocorria nos gabinetes dos generais no tempo da ditadura militar".
Janeiro 18, 2008 2:07 AM

16 de janeiro de 2008

Valei-me S.Sarapião!

Ulisses Maia: Vamos resolver o problema daquela região, onde temos problemas com drogas, prostituição e criminalidade. E vamos erguer um prédio moderno, um marco arquitetônico para a cidade".
. Do blog da Marta, reproduzindo o que havia sido publicado no blog do Rigon.

"Temos dois laudos. Um mostrando que a rodoviária velha deve ser derrubada e outra não. Não houve discussão com os cidadãos. Há, sim, interesses ECONÔMICOS. E ponto final. E ninguém da administração fala mais alto isso. Sinto que a pressa em viabilizar a destruição de nosso patrimônio histórico vem da proximidade das eleições e a prefeitura parece insistir na rapidez para garantir a derrubada de um pouco de história que esta cidade não ousa ter. Os imobiliaristas não deixam. AVE!" (Marta Bellini).

Meu comentário: li as declarações do chefe de gabinete do prefeito SBII e fiquei bestificado. Será que ele subestima tanto a nossa inteligência? Como diz o Balestra: Valei meu são Sarapião!

Dr. Jorge se vira no túmulo


"Há necessidade de iniciar uma campanha contra a demolição da rodoviária e no local construir um espigão (DUAS CARAS) de 36 pavimentos.
Com isso vão descaracterizar o EIXO MONUMENTAL DE MARINGÁ que vai da catedral até a avneida Colombo. SERÁ O MAIOR CRIME QUE VÃO COMETER CONTRA MARINGÁ.
. De um leitor, nos pitacos do Rigon

Meu comentário: eu não tinha pensado nessa do Eixo Monumental. Se não estou enganado, o eixo, que vai da Catedral ao Estádio Willie Davids, consta do projeto original da cidade, gestado na prancheta do arquiteto Jorge Macedo Vieira, que havia inclusive, previsto a rodoviária e a ferroviária na região central. Crime é pouco para definir a implosão da rodoviária velha. O arquiteto que projetou esta cidade de grande beleza estética deve estar se virando no túmulo.

Que coisa, né Lauro?

"Roberto Wagner de Castro do Jardim Universo não consegue registrar a Ata da eleição que ele promoveu no bairro para a escolha da nova diretoria da Associação de Moradores.
Ocorre que Antonio Cuenca, da Feabam, chegou primeiro no Cartório e registrou a dele.
Que rôlo!"
. Do blog do Lauro BarbosA


"Jd. Universo elege nova associação de moradores. Mas a população não sabia!!!

Isso é verídico, apesar de absurdo.

No dia 28 de outubro foi realizada uma eleição para a nova diretoria da Associação dos Moradores do Jd. Universo (ligada a FEABAM). Seria normal a não ser pelo fato da população do bairro não ficar sabendo da eleição e sequer das chapas que a disputariam.
Somente nesta semana, algumas pessoas do bairro descobriram que estão "sob nova direção", cujo presidente é o Sr. Roberto Wagner Gordiano de Castro - também assessor dao gabinete do prefeito.

Parece que somente os componentes da chapa e algumas pessoas próximas ficaram sabendo da eleição."
. Do blog Fé e Política (7.11.07)

Obs: só lembrando, caro Lauro Barbosa, que o Cuenca é ligadíssimo à administração municipal. Não sei se continua nomeado, mas até pouco tempo era CC, lotado no gabinete do prefeito. Interessante, né, Lauro?

Ironia e ovo frito


O governador Requião valeu-se da ironia ontem de manhã na "escolinha" para lidar com as restrições que lhe foram impostas pela sentença do juiz Lippman Jr. Ficou o tempo todo na frente desse painel aí. E sempre que ia falar, cortavam-lhe o áudio, ressaltando-se no painel atrás dele o aviso "Censurado". A censura era devidamente atribuída ao desembargador.
As falas com som e sem aviso de censura, eram transmitidas simultaneamente pela Rede Mercosul, sintonizada em Curitiba no canal 21 UHF, que transmitiu a reunião. Informa a jornalista Roseli Abrão (Hora H News) que "o expediente foi possível, sem afrontar a decisão judicial que cassou o direito do governador do Paraná de expressar suas opiniões. Requião lançou mão de um expediente utilizado pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, que, sempre que tinha alguma matéria censurada ocupava o espaço com versos dos Lusíadas, de Camões, ou com receitas de bolo. Era uma forma de alertar o leitor que aquela edição havia sido censurada".
O governador dedicou ao juiz Lippmann Jr. uma receita de ovo frito.

Pois é!

16.01.08
"Dura lex, sed lex
O ex-senador João Capiberibe (PSB-AP) foi cassado porque um eleitor afirmou em Juízo que recebera dinheiro da sua campanha em troca do voto".(Cláudio Humberto)

Meu comentário: ficou praticamente provado anos depois que Capiberibe foi vítima de uma armação e da própria ingenuidade. Acredito que tenha ocorrido algo parecido com o Ari Stroer, em Mandaguari. Stroer foi prefeito, se reelegeu e teve o mandato cassado, porque teria dado uns brindes na campanha.
E nós? Ah se 2004 falasse!

15 de janeiro de 2008

Em rota de colisão


Quem conversar com o senador Álvaro Dias sai convencido de que ele não abre mão da sua candidatura a governador do Paraná em 2010. Osmar Dias também fala como pré-candidato. Lembrando que em 1010 termina o mandato de Osmar e o de Álvaro vai mais quatro nos. Os manos estão em rota de colisão.

Dia do compositor



Lembra Roberto Balestra que hoje é o Dia Mundial do Compositor. Aproveitei para pinçar do seu blog as fotos de dois compositores brasileiros que admiro pra caramba. Um é o saudoso Adoniran Barbosa (Saudosa Maloca, Trem das Onze, Samba do Arnesto, entre outras maravilhas da MPB). O Outro é o Elomar, criador de bode no Sul da Bahia e um compositor da melhor qualidade (Incelença do amor retirante, Peão na amarração, etc).

Lá se respeita a memória da cidade



"Petrópolis foi projetada ainda no século 19. Desde então, há uma luta para preservar seus monumentos e prédios históricos. Mas a preservação não se restringe ao início do século 20. O prédio do Senai, exemplo de arquitetura da década de 50, foi tombado pelo Instituto de Patrimonio Histórico. Ou seja, em Maringá ainda há muitos prédios importantes e que merecem a preservação. É o caso da antiga rodoviária".

. Do Bar do Bulga

Perguntar não ofende

O que liga o projeto do empreendimento imobiliário que decretou a morte da rodoviária velha e o Tarumã, loteamento feito em cima de um charco na gestão Gianoto?

É o fim da picada!

Leio na coluna do Edson Lima (O Diário) o veredicto do todo poderoso Guatassara:"O prédio vai mesmo ser demolido. É inevitável". Os argumentos do super-secretário de Silvio Barros II são de uma pobreza de ma-ré-de-si. Diz, entre outras coisas, que a rodoviária velha está condenada e o município não tem dinheiro para recupoerá-la. Pode até não ter, mas todos sabem que a fábula que se gasta em propaganda dá pra fazer muita coisa. A questão ali não é de dinheiro público, porque para patrimônio histórico não falta fonte financiadora de restauração. E a custo zero para os cofres municipais, é bom que se diga. A questão é outra. O que determina o fim da rodoviária velha, um dos poucos patrimônios históricos de Maringá ainda em pé, são os interesses imobiliários , cada vez mais cristalinos. Chega de hipocrisia, pô!

Tio San está de olho nele!


"Herdeiro da Teologia da Libertação, o bispo Fernando Lugo sacudiu a cena política local liderando há um ano uma mobilização multifacetada contra o governo do Partido Colorado. Desde então, a imprensa o batizou como “o Hugo Chávez paraguaio”, embora ele recuse esta comparação e mostre ter mais afinidades com o presidente boliviano Evo Morales.
O certo é que a mera possibilidade de que Lugo chegue ao Palácio de López (sede do governo) incomoda Washington, onde permanecem os temores pela irrupção de um outro presidente rebelde visto potencialmente como um novo membro do “eixo do mal” na região. O Paraguai é um país de vital importância geopolítica: com seus 406 mil quilômetros quadrados, tem fronteiras com o Brasil, a Argentina e a Bolívia". (Dario Pignotti - Agência Carta Maior)

Matéria prima do humor


A entrevista do Zé Dirceu na revista Piauí continua divertindo os cartuinistas...que nos divertem

Barros já está solto

15.01.08

"O vereador de Londrina Henrique Barros (PMDB) foi libertado ontem mas deverá ficar à disposição da Justiça. Ele tem muito o que explicar.
Além de Barros outros políticos já ficaram presos em Londrina. Entre eles o deputado estadual Antonio Belinati. Porém, o que ficou mais tempo na cadeia - aproximadamente dois meses -foi o ex-delegado regional do trabalho Celso Costa, ex-assessor do então deputado Paulo Bernardo e ex-aliado do deputado José Janene".
. Do blog Paçoca com Cebola

14 de janeiro de 2008

Lembrando 89


A foto aérea da Praça da Revolução (Centro de Havana)é das comemorações do último primeiro de maio. Entrando hoje no site do Gramma, principal jornal da ilha, lembrei da multidão que se concentrou nessa praça em dezembro de 89 para comemorar os 30 anos da revolução que derrubou Fulgêncio Batista. Acompanhado de vários professores da UEM e do reitor Fernando Ponte de Souza, eu estava na concentração. Aguentei firme 5 horas de discurso de Fidel. Haviamos ido a Cuba, por conta de um intercâmbio cultural entre a UEM e a Universidade de Havana. Fui como jornalista, a convite do reitor Ponte. No nosso último dia em Cuba, presenciaríamos uma cena histórica: o presidente da União Soviética, Mickail Gorbachev, desfilando em carro aberto pelas ruas da capital e nesta praça aí, anunciando o perdão da dívida que Cuba tinha com a URSS. Mas na noite de sexta-feira (viríamos embora no sábado), houve um terremoto na Armênia e Gorbachev suspendeu a visita a Havana. Lamentamos todos, mas fazer o que?

Em nomio do pogrécio!



- Voceis é todios uns bestias. Aondio ja se vi-lhos, ser contra a dirrubádia da rodoviária vélia! O prefetchio tá cértio, quem góstia da prédio vellio é ferrugi e zinábrio. Se liguia seus manélios!

Casal 20

"Visitamos a Reserva Extrativista do Rio Preto (Resex) para uma série de matérias que a Agência Amazônia está apurando na fronteira brasileira com a Bolívia, em Guajará-Mirim, a 364 quilômetros da capital, Porto Velho. Guajará é um dos maiores municípios do País e está na lista dos que mais conservam o ecossistema. A série é produzida pelos jornalistas Ana Maria Mejia e Montezuma Cruz. Eles estão na região desde o início de janeiro".(Dos editores do site)

Meu comentário:" O Montezuma e a Ana formam um casal de jornalistas porretas. Os dois, que moraram e trabalharam em Maringá, ele mais de uma vez, são apaixonados defensores do ecossistema.
Já começaram a publicar as matérias que fazem na fronteira do Brasil com a Bolívia. O site da Agência é imperdível. As matérias desse adorável casal 20 , então, nem se fala. O Montezuma, que até metade do ano passado enriqueceu com sua experiência e competência a redação do O Diário, é jornalista à antiga - investigativo, determinado e dono de um texto invejável. É , antes de tudo, um romântico do jornalismo, em quem os profissionais mais jovens deveriam sempre se inspirar. Somos da mesma geração, mas antes de conhecê-lo pessoalmente eu já acompanhava suas grandes reportagens no Estadão de São Paulo, principalmente sobre o contrabando de madeira na Amazônia.

Veríssimo na Caros Amigos


"Olha, com algumas exceções, como o Costa e Silva, que confundia latrocínio com laticínio, fomos sempre governados por homens letrados, muitos deles intelectuais de nome, que conseguiram construir o país mais desigual e injusto do mundo sem cometer um erro de concordância". (Luiz Fernando Veríssimo, na Caros Amigos desse mês)

Financiados por banqueiros

"Setor financeiro, que foi afetado por aumento de alíquota, repassou R$ 11,4 milhões para candidatos em 2006" .
Esta é a linha fina de matéria do Estadão, que destaca entre os beneficiados dos bancos, o senador paranaense Osmar Dias (doações no valor de R$ 600 mil reais).

Jango foi assassinado

" Colocamos no Isordil, no Adelpan ou no Nifodin. Conseguimos colocar um comprimido nos remédios importados da França. Ele não poderia ser examinado por 48 horas, senão aquela substância poderia ser detectada." (Mário Neira Barreiro, um dos assassinos confessos de Jango, em entrevista gravada por João Vicente Goulart)
Ainda que tardia, a verdade tem de ser resgatada para o bem das civilizações, atinja a quem atingir. Aquele que pretender sepultar a sete palmos fatos que pesaram no destino de uma nação estará cometendo um crime de lesa-pátria contra sua história e, principalmente, contra as futuras gerações.
Por isso, todos os homens de bem deste País, independente de simpatias ou antipatias pessoais e políticas, devem APOIO TOTAL, AMPLO E IRRESTRITO à família do ex-presidente João Goulart, em sua jornada insone para provar dois fatos que hoje são absolutamente inegáveis: o golpe de 64 foi financiado, monitorado, acompanhado de perto diretamente pelo governo dos Estados Unidos, e o ex-presidente João Goulart foi assassinado (6 de dezembro de 1976), num espaço de 9 meses, em que também morreram o presidente Juscelino Kubitschek (22 de agosto de 1976) e o ex-governador Carlos Lacerda (21 de maio de 1977). "
. Pedro Porfírio (Tribuna da Imprensa)

Missão "Pantera-cor-de-rosa"

Impressionante a obsessão do nosso "Inspetor Clouseao" para encontrar na blogosfera a identidade do Inconformado. Tal objetivo produz grandes trapalhadas e ilações, no mínimo, ridículas. Já andaram falando que o autor do Notícias da Príncia era eu, que era o Angelo Rigon e até o Élvio Rocha . A suspeita volta a recair sobre o Rigon. Em defesa dele, quem sai é o próprio Inconformado, como aliás ele já tinha feito comigo, e até sou grato por isso. Confesso que eu também tenho curiosidade de saber quem ele é. Até porque o cara é bem informado e escreve bem barbaridade. Veja só esta nota postada no blog dele, o Notícias da Província:
"Gostaria de pedir aqui, pela ultima vez, que parem com esse negócio de dizer que é o Rigon quem escreve esse modesto blog. O Rigon é o Rigon e eu sou o......Inconformado. Tenho personalidade própria. Já declarei aqui, na inauguração do blog, o que me motivou a desenvolvê-lo: a não publicação, por parte dos jornais da província e do Nezo, de cartas minhas contra os desmandos que vejo na cidade. Acho o blog do Rigon o melhor e ele um jornalista do quilate do Caco Barcelos. Mas quem sou eu para ter a qualidade dele, principalmente de informantes. Basta. Só temos em comum odiarmos esta Famiglia que está aí. Pela sua arrogância, prepotência e ambiciosidade. Aliás, se eles não ligam para juízes e Ministério Público, o que tem que se importar com o meu blog? Vão catar coquinho. Sem licitações, claro."
14.01.08

"Moro em um bairro - Cidade Jardim - ao lado da Vila Esperança, em que toda semana alguém é assaltado. Na minha rua pelo menos 6 assaltos ocorreram entre outubro de 2007 e janeiro de 2008. Dona Olga, minha quase vizinha, de minha rua, foi assaltada duas vezes. Na última vez perto do Natal quando entrou em casa, o assaltante ainda estava lá, debaixo de uma cama. TODOS estão aterrorizados. Na Vila Esperança além dos assaltos, há um problema a mais: três jovens mortos em seis meses. Um morreu faz dois dias. Outros dois em 2007, perto do muro da universidade. Muita briga nas madrugadas. As pessoas têm medo de passar pela Vila e pelo Bairro Cidade jardim a noite."
. Do blog da Marta Bellini, que se vale da aterradora alegoria da morte, de Botero, para fazer ecoar o seu grito de alerta.

12 de janeiro de 2008

Com os pés em Miami

Da Marta Bellini sobre a polêmica da rodoviária velha: "A elite política que administra Maringá tem seus laços no ramo imobiliário e não na história. A história são eles. É claro que a noção de velho para eles não está vinculada à noção de "progresso", arranhas-céu, caras ciclovias, shoppings, essas coisas importadas dos EUA. Mas mesmo nos EUA se respeita os monumentos antigos. A elite de Maringá chega até Miami. Gosta daquelas coisas feias de Miami. Gosta de prédios "novos" feitos por velhos amigos.".

Eis aí , Marta, uma contundente expressão da verdade. Que povinho, ehim!

Zé pedra-sabão


Acabo de ler a matéria da jornalista Daniela Pinheiro na revista Piauí sobre o Zé Dirceu. Do ponto de vista jornalístico, imperdível. Um belo texto e um retrato de ponto grande do homem mais xingado atualmente no Brasil. Impressiona a frieza do cara. Ele não move um único músculo da face quando alguém se aproxima e o chama de safado, quadrilheiro, etc e tal. Já tinha ouvido falar nesse seu estilo impenetrável à pedra-sabão. Mas não imaginava que chegasse a tanto. Mas a minha grande surpresa mesmo foi a ênfase meio moleque marôto que deu ao negar que é instalinista. Nesta ele se excedeu.

11 de janeiro de 2008

Razões mais do que culturais



A matéria do Andye Iore em seu Blog Toscorama expõe a crueldade do prefeito e sua equipe que loteiam o lugar tradicional e histórico de Maringá. Maringá nas mãos dos espigões e sua lógica de "progresso" mostra a cara: a bolsa empresário! A foto de cima é de Valter Dubiela. A outra é do Blog do Andye.
. Do Blog da Marta Bellini
Meu comentário: Falar da rodoviária velha é preciso. Sempre. Ainda mais agora que os exterminadores do passado querem acabar com ela. Além da questão cultural, da necessidade de lutarmos pela preservação da memória de Maringá, tenho razões pessoais e sentimentais, para bater sempre nessa tecla. Já escrevi aqui e repito novamente que, na década de 60, eu e vários cinquentões que escolheram Maringá para viver e aqui, lutar pela realização dos nossos sonhos, tivemos muitas madrugadas divertidas alí. Neste vão livre maravilhoso aí da voto, eu gritava às 5 horas da manhã :"Olha a folha do Norte do Paraná!". Me considerava um dos melhores gazeteiros daquele espaço, pois era um dos campeões de venda do jornal. Vendia no vão livre, nas plataformas dos ônibus, nos boxis. Ainda menino, me encantava a beleza do prédio, o vão livre com aquele mezanino ao fundo. Uma beleza!
Pensar que tudo aquilo poderá ir para o chão, me dá uma dor no coração danada. Acabar com a rodoviária velha, como acabaram com a ferroviária, em nome da especulação imobiliária, é inaceitável. Eis aí uma espécie de anatomia de um verdadeiro crime de lesa pátria.

Não seria febre amarela

Dos óbitos ocorridos nos últimos dias devido à febre amarela, informa o jornal O Globo que só um foi confirmado. O empresário falecido em um hospital de Maringá também não teria sido vítima da febre amarela e sim de leptospirose. O laudo conclusive ainda não saiu e deverá ser divulgado logo pela Secretaria de Saúde do Estado de Goiás.

Entre o slow e o carrossel

"Não há como comparar jogadores de épocas diferentes, pois as mudanças na preparação física, no material esportivo e até mesmo na interpretação das regras do jogo fazem o futebol atual parecer outro esporte em relação ao de cinco décadas atrás.
Mas, se fosse possível um confronto direto,acredito que o vencedor seria a equipe com mais craques.
A de 58 daria banho." ( Paulo Roberto Falcão)

Pincei este comentário do Falcão no blog do Juca Kfouri porque ontem eu estava discutindo futebol com um amigo bem mais novo do que eu, que me fez a seguinte pergunta:"Será que o Pelé e o Garrincha fariam sucesso hoje em dia, nesse futebol de muita marcação, que nao deixa espaço pra nada?". Ele tinha visto um teipe da Copa de 70 e ficou impressionado com a lentidão das jogadas, ficando com a impresão , na decisão Brasil x Itália, que por se tratar de teipe, a reprodução estava em câmera semi-lenta.
Quando vejo algum teipe daquela época fico com a mesma impressão, daí porque achei muito interessante esta análise do Falcão (que jogou as copas de 82 e 86, já sob influência do carrossel Holandês de 74). Acho que Falcão acaba de tirar a dúvida de um monte de gente. Inclusive a minha.

Recado de Brasília

"Se você perguntar 'vai doer?', vai doer".

Ministro Paulo Bernardo (Planejamento) sobre os cortes no Orçamento

Caso de polícia


"O lucro dos postos de combustíveis de Cambé com a venda de álcool
está em torno de R$ 17 centavos por litro.

Aqui em Maringá já beira a casa dos R$ 0,50 centavos.

É ou não é um caso de polícia?".
. Do log do Lauro Barbosa

Meu comentário: não é de hoje que o cartel dos revendedores de combustíveis em Maringá é caso de polícia. O último enfrentamento pra valer que houve por aqui, foi na administração passada, quando o Procon, dirigido pelo competente advogado Rogério Calazans, foi pra briga e deu muitas dores de cabeça a esse pessoal. Se mesmo sob pressão o cartel faz e desfaz, imagine quando a coisa corre solta? Eu não consegui engolir até hoje aquela armação do escândalo da gasolina na campanha de 2004.
..

As cataratas não são aqui...

11.01.08
"A humanidade está agradecendo ao prefeito Silvio II por ele não governar Foz do Iguaçu. Imaginem, se em Maringá que a rodoviária velha com pouco mais de 40 anos foi desconsiderada como patrimônio histórico, ponto turístico e está indo pro chão, se estivesse em Foz na certa aterraria aquelas erosões, canalizaria o riozinho e criaria um grande condomínio comercial para os árabes e "brimos" da fronteira como fez no Parque do Japão, acabando de vez com um parque de 69 anos".
. Do blog A Abiose Maringaense

10 de janeiro de 2008

Reinado dos infiéis

O Paraná bate recorde de pedidos de cassação de mandatos de políticos que trocaram de partido a partir da decisão do Tribunal Superior Eleitoral. Diz o TSE que o mandato não é do parlamentar ou daqueles que exercem cargos eletivos no Poder Executivo. Dos 6.279 pedidos de cassação que deram entrada na Justiça Eleitoral, 1.080 são do Paraná. O segundo Estado a denunciar os “infiéis” foi São Paulo, com 743 pedidos.

Vai dar caca. Ou seria cocô?

O forno da Promotoria de Defesa do Patromônio Público já está sendo aquecido para receber novas denúncias contra a administração municipal de Maringá. Uma delas é a da "Ciclovia de Ouro" , conforme a definiu o colunista Cláudio Humberto, que escreve diariamente para dezenas de jornais brasileiros.A outra tem tudo para feder, literalmente. Estaria relacionada à compra de papel higiênico. É esperar pra ver. Ou sentir.

Agressão ao Parque

A leitora Sandra Regina diz, em texto publicado hoje na sessão de cartas do O Diário:"Permitiram a construção de uma pssarela totalmente desconforme e imprópria às condições do ambiente (de ferro). Que tipo de preservação vão promover? E que educação ambiental se pode esperar?".

Pois é, aquela passarela de ferro foi uma das promessas de campanha feita em 2004 e cumprida à risca. Mas quem circula por alí, sabe que a passarela , além de se constituir num corpo estranho ao Parque do Ingá, não tem utilidade prática quase nenhuma. É de se contar nos dedos o número de pessoas que se utilizam dela para entrar no parque.

Cresce a resistência

10.01.08


Os exterminadores do passado continuam doidos de vontade de implodir a rodoviária velha, um patromônio histórico de Maringá que precisa ser preservado. Felizmente está crescendo a resistência à demolição, como mostra esta matéria da jornal Gazeta do Povo e o comentário abaixo, feito por uma professora de História no blog Toscorama, do Andye Iori:

"O entendimento que a municipalidade faz de que a melhor solução é derrubar a rodoviária é um direito. Divulgar esta proposta também o é. Mas concordo, a imprensa maringaense dá pouco espaço para opiniões contrárias e não cobre todos os fatos desta questão. As notícias são muito imparciais, por exemplo, por qual motivo até agora a mídia escrita nada falou sobre a ação que os condominos movem requerendo direito de retorno ao imóvel com base em laudo feito pelo engenheiro da UEm Sr. Francisco Peralta? Laudo este em que o mesmo atesta que o prédio não corre riscos estruturais e conclui "pode ser recuperado". Penso que todas as versões de um fato deveriam ser igualmente divulgadas. A população tem o direito de saber as várias faces desta questão. Até para ter opiniões mais fundamentadas, sejam elas favoráveis ou contra a permanência do imóvel. Isto é respeito pelo consumidor do jornal."
. Veroni Friedrich, professora de História

9 de janeiro de 2008

Lá e cá

"O desembargador federal Edgard Lippmann Júnior, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, determinou que o governador do Paraná, Roberto Requião, se abstenha de praticar atos que impliquem em promoção pessoal, ofensas à imprensa, a adversários políticos e a instituições, com a utilização indevida de qualquer programa (especialmente o “Escola de Governo”), propaganda ou comercial veiculado pela Rádio e TV Educativa do Paraná. Foi fixada multa de R$ 50 mil para cada promoção pessoal ou agressão proferida pelo governador e, em caso de reincidência, o valor da multa será elevado para R$ 200 mil".
. do Blog do Rigon

"O presidente da Federação Nacional
dos Jornalistas (Fenaj), Sérgio Murillo de
Andrade, classificou de “absolutamente condenável” a decisão judicial que estabelece censura prévia na Rádio e Televisão Paraná Educativa.“A decisão do desembargador
Edgar Lippmann Júnior é absolutamente condenável. Este é um caso de censura prévia, algo que a Fenaj condena totalmente”, disse, nesta quarta-feira (9), em Florianópolis (SC)".
. Do site Hora H News

Diniz informa

" Messias, informo a você que uma agente ambiental e o supervisor da Vigilância Ambiental estiveram agora à tarde no prédio da rodoviária velha e fizeram uma vistoria completa, nos tambores que isolam a área e nas dependências internas.
Não há nenhum foco de dengue no local.
Eles também vistoriaram a área do Willie Davids, Chico Netto e obras da Vila Olímpica, onde também não há qualquer risco ou foco.
A empresa que realiza as obras, inclusive, tem equipe e coordenador responsável por verificar, diariamente, possíveis pontos de água parada".

Meu comentário: a nota que dei sobre o assunto foi clara: os tambores mostrados na foto estão secos, pois foram fotografados em período de estiagem. Como quase não tem chovido, é natural que hoje também não haja água acumulada. Mas é bom que os agentes ambientais façam este trabalho logo após cada chuva. Principalmente neste período, em que as previsões sobre dengue em Maringá são meio pessimistas.

Janeiro 10, 2008 6:46 AM

Saramago internado



O escritor e poeta português José Saramago foi internado em um hospital da ilha de Lanzarote, Ilhas Canárias, arquipélago espanhol onde ele mora desde 1993 com a esposa, a jornalista esspanhola Pilar del Río, tendo oficializado a união na última segunda-feira. Com 85 anos, ele sofre de insuficiência respiratória. As agências de notícias informam que, felizmente, Saramago está fora de perigo.

Entre a merda e o risco de morte


"Eu fico "puto" com a imbecilidade (sem contar a futilidade) das pseudo-madames de Maringá, que passeiam pelas ruas e avenidas da cidade com seus cachorrinhos, deixando cocô pra todo lado. Pra mim, devia haver um tipo penal para isso... que tal ? Olha só:
prestação de serviços à comunidade, consistente em efetuar a limpeza de vias públicas pelo período de 01 (um) a 03 (três) meses, ou, prestação pecuniária no valor de 05 (cinco) a 20 (vinte) salários mínimos vigentes à época do fato."
. Do blog True Friends (Eduardo, Alessandro e Marlon)

Meu comentário:as madames levam seus cachorrinhos de estimação para cagar nas calçadas e os almofadinhas e mauricinhos, idiotas perfeitos, levam seus cães de raça, pitbull em sua maioria, para passear nas ruas da cidade. Fazem isso sem o cuidado de colocar fucinheiras e estranguladores nas feras, que representam ameaças concretas às pessoas. Tem sido frequentes os casos de ataques de cães ferozes, inclusive com mortes. Belo Horizonte é a capital nacional da mordida fatal. Mas em Maringá, são vários casos de ataques com ferimentos. Qual a pena para essa irresponsabilidade? Acho que deveria ser mesmo cadeia, cana dura para irresponsáveis-criminosos.

Faça o que eu digo....


Passei por acaso na Banca do Tazima ontem à tarde e vi dois senhores falando da infestação de mosquito da dengue em Maringá. Um deles criticava a Prefeitura, que culpa a população pela proliferação do aedes aegepty, mas sempre que chove não toma o cuidado de mandar virar esses tambores que ficam em frente a rodoviária velha. A foto é de um período sem chuva, mas um dos aposentados que discutia o assunto chegou a dizer que viu dia desses as tampas dos tambores cobertas por água de chuva . Aí ele reclamou, com ar de indignação:"Fui falar com uma moça que estava vistoriando a Tamandaré e pedi que ela fosse verificar se tem mosquito da dengue na rodoviária velha, principalmente nos tambores. Ela me respondeu:"O sr. tá louco, quer que eu perca meu emprego?".

Pra bom entendedor...

Informa o blog 1001 Teorias da Conspiração que o deputado RB esteve no programa do PF e deixou um recado cifrado, segundo o qual a sua esposa, deputada Cida, poderia ser uma espécie de plano B do clã para a campanha de 2008. Silvio tem sofrido muitos questionamentos éticos e isso aumenta o desgaste e a rejeição. Como para o bom entenderdor uma palavra basta, o fato do deputado RB ter dito no ar que Cida está a disposição de Maringá , chegando a passar o telefone dela, deixa claro o que o blogueiro entendeu como plano B. Faz sentido, porque uma nota na coluna de hoje do Verdelírio Barbosa (Jornal do Povo)informa que o casal Ricardo e Cida chegou de surpresa para almoçar na casa do apresentador Pinga Fogo no último domingo. Não é preciso detalhar o que o apresentador significa no projeto político da família Barros

. Postado pelo Narrador das Teorias

PF, de ôlho!

"A Polícia Federal deverá estrear uma nova ferramenta de combate à corrupção a partir de março deste ano. O sistema, baseado em um software da empresa americana Choice Point, foi desenvolvido pela Scotland Yard e ajudará a combater as fraudes em licitações".

. Do blog A Abiose Maringaense

Por porcedimento

9.01.08
Um funcionário público que esteve no Santa Rita para começar a utilizar o novo plano de saúde dos servidores, ficou meio preocupado porque lhe disseram lá que cada vez que for ao hospital terá que pagar R$ 1,50. "Não falaram nada disso", reclamou. O problema, segundo ele, não é tanto o valor, mas a falta de transparência no discurso de convencimento à privatização da assistência médica do servidor. Alguns já desconfiam da "esmola demais".

Motocicleta

Quem gosta de motocicleta
Precisa ser muito esperto.
A vida é mesmo uma bosta,
Mas pra quê perigo por perto?
. Roberto Balestra

8 de janeiro de 2008

Bye bye, Brasil




Recebi email do grande jornalista e amigo Montezuma Cruz que, enquanto descansa, carrega pedra lá pras bandas do Acre. Viajou de férias ao extremo Norte mas acabou não resistindo à incumbência de fazer uma série de reportagens para a Agência Amazônia de Notícias sobre problemas na fronteira Brasil-Bolívia. Numa das fotos que me enviou ,ele aparece com uma família de seringueiros. Na outra, mostra caboclos navegando em rio do Vale do Guaporé.Diz que apesar de estar trabalhando muito, encara o trampo como um passeio, principalmente pelo contato com indios, seringueiros e caboclos contadores de causos. Grande Monte!

O trem tá feio!

Houve algum problema na passagem de nível da avenida 19 de Dezembro, onde o trem está parado há um bom tempo.As filas de carros e motos , nos dois sentidos, estão enormes. Aproveito para lembrar que se o cronograma das obras de rebaixamento da linha tivesse em dia, o viaduto da 19 já estaria pronto. O contrato assinado em 2004 com a CR Almeida estabelecia prazo de 40 meses para o término total das obras, que incluiam a supervia e 7 viadutos.Até agora só um está parcialmente concluído, aquele que fica ao lado da finada canafístula.

Lula canta Rtchie para Dirceu


. Pincei a charge do blog da Marta Bellini

Fora da mídia

As primárias norte-americanas são destaque na mídia Sul-America, principalmente na brasileira. Mas as eleições no vizinho paraguaio inexistem nas páginas dos jornalões brasileiros. Nos telejornais, então, nem se fala. Curioso é que até os jornais paraguaios. fazem uma cobertura pífia de um dos grandes eventos políticos do ano no continente. Mattinos como o La Nacion e o ABC Collor se limitam a pequenas notícias, geralmente centradas nas agendas dos candidatos. O ABC Digital, por exemplo, noticiou hoje que o ex-bispo Fernando Lugo esteve visitando " el Hospital de Clínicas, conocido como el hospital de los pobres".
Chama a atenção também o fato da mídia latino-americana se desdobrar em coberturas jornalísticas das ações políticas de Hugo Chaves. Chaves é destaque sempre que se coloca em posições que facilitam sua satanização ou ridicularização. Aí, nosso jornalismo americanizado deita e rola.

"Febre" Obama


"Não há outra palavra para descrever o que está acontecendo nos Estados Unidos a não ser que é uma "febre" em torno de Barack Obama. A votação em New Hampshire está em andamento. A apuração começa às 7 da noite, horário local, 10 da noite no horário de Brasília. As pesquisas das últimas horas indicam, entre os democratas, vitória de Barack Obama com ampla vantagem sobre a senadora Clinton. Entre os republicanos, os números indicam que o senador John McCain será o vencedor".
. Informou agora há pouco em seu blog , Luiz Carlos Azenha, que encontra-se nos Estados Unidos

Pensamento

"Construir uma cidade leva-se gerações. Para destruí-la, basta uma má administração".
. Do blog A Abiose Maringaense

Recado da Marta

A professora Marta Bellini diz ter sido ameaçada por causa das críticas que faz em seu blog. E com boa dose de ironia, mandou o seguinte recado para o anônimo que a tentou intimidar:


"A partir de hoje, aliás, agora, 21h39, meu computador pode ler os ip - identidade digital - de anônimos que entram aqui. Como recebi uma ameaça de uma pessoa (da qual já tenho o ip), vou manter o controle dessa máquina e de meu espaço. Aliás, do meu direito democrático de ter um BLOG. E brigar por ele. "