2 de julho de 2011

A fé cega de Marina x faca amolada do PV


O PV não resistiu a religiosidade da Marina ou foi a Marina que abominou as posições libertárias do PV? Pinço do blog do amigo Lukas (Casa do Noca) o seguinte informe sobre a saída de Marina Silva do Partido Verde:

"Questões como aborto, legalização da maconha e casamento gay foram algumas das divergências determinantes para que Marina Silva deixe o PV. Houve desgaste ocasionado por suas convicções religiosas que contrariam pensamentos do Partido Verde. Adepta à prática religiosa do jejum, Marina gerou desconforto em membros da legenda que não concordavam com a abstinência alimentar, alegando irresponsabilidade, já que ela apresentava saúde instável.
Ela deve fundar um partido próprio e articula vir novamente candidata à Presidência da República em 2014".

Nenhum comentário: