30 de dezembro de 2009

Pode dar Franklin

Petistas paranaenses alimentam a esperança de ver o atual ministro do Planejamento ocupando o lugar de Dilma Roussef na Casa Civil. Mas segundo o bem informado Cláudio Humberto, o cargo passa bem mais perto de Franklin Martins do que de paulo Bernardo.

Retrato da classe média

A classe média, apertada,
Vê negado o seu desejo:
Já cortou o iogurte,
A sobremesa e o queijo,
O aluguel atrasado
E o moral arrasado
Na intimação do despejo.

. Miguezim da Princesa

Ana Lúcia Rodrigues disse...

"Caro Messias, sua análise é lúcida e pertinete como sempre. Gostaria de fazer uma ressalva em relação ao papel que a imprensa cumpriu quanto à cobertura da Conferência. Comparando com outros momentos, eu diria que houve avanços e que, hoje, muitos maringaenses já sabem que existe Plano Diretor, vazio urbano, especulação, também devido ao papel que a imprensa vem cumprindo, tanto a tradicional quanto, principalmente, esta moderna protagonizada pelos blogs. Quanto ao que diz o Sr. Boeira neste momento, é preciso relativizar, pois tudo deve estar impregnado de arrogância aprofundada pela pseudo-vitória do Executivo. Quero ver o secretário continuar justificando as alterações em função da queda dos preços imobiliários que não aocntecerá. No dia seguinte à aprovação da alteração pelos vereadores, o prefeito afirmou em entrevista que tal redução não é garantida. Ou seja, Gepeto teria muito trabalho com os atuais gestores públicos maringaenses. Um 2010 cheio venturoso a você a todos os seus leitores".

. A professora-doutora Ana Lúcia Rodrigues é Coordenadora do Observatório Social da UEM

Mamma mia!

Aurélio Almeida e Elnio Silveira Pholmann, o Aucarana, brigam pela paternidade da sigla GEM. A que nível chegou o debate futebolístico de Maringá!

E Gepeto nem para dar o ar da graça!

Vi hoje cedo num programa de entrevista da RIC o super-secretário Guatassara Boeira falar sobre políticas de ocupação do solo urbano de Maringá. Uma aula de arrogância e absoluta falta de modéstia. Criticou o Plano Diretor, elaborado após mais de uma centena de assembléias populares, realizadas ao longo de um ano pela administração do PT (Zé Cláudio/João Ivo). Disse que o PD impede o crescimento horizontal da cidade, como se responsabilizasse os ex-gestores pela supervalorização dos imóveis na cidade. Falta terreno para loteamentos no perímetro urbano, sustenta Boeira, que fez a mágica de reduzir para 4.6% os espaços vazios que de acordo com levantamento técnico do Observatório das Mettrópoles passam dos 40%. É inegavel o conhecimento técnico de Boeira sobre planejamento urbano, mas é inquestionável sua capacidade de dissimulação, quando mente sobre os mecanismos de controle da especulação imobiliária. Segundo ele, dentro de um ano a Prefeitura começa a tascar o imposto progressivo sobre as grandes faixas de terrenos vazios , para forçar seus proprietários a disponmibilizá-las para ocupação. Mas o instrumento será utilizado sobre 4.6% e não sobre 42%. Significa dizer que muitas áreas continuarão intocáveis, a espera de valorização. Enfim , a especulação imobiliária dá uma surra de chibata no bom senso.E por conta dessa irresponsabilidade, o mercado vai avançar sobre as áreas de contanção, chácaras de lazer que dificilmente teriam mais de 15 habitantes por hectare, significando na prática, barreiras contra a destruição dos fundos de vale e de mananciais importantes para o meio-ambiente. Some-se a isso, o fato de que, sendo Maringá um dos menores municípios do Estado em extensão territorial, logo não teremos áreas rurais. A Leste e a Oeste estamos conurbados com Sarandi e Paiçandu. Ao Sul, a expansão do perímetro urbano é barrada por irregularidades topográficas, segundo admite o próprio Boeira. Mas ao Norte, o céu é o limite, logo encostaremos em Iguaraçu e Ângulo. O projeto de expansão urbana aprovado de maneira irresponsável pela Câmara no apagar das luzes de 2009 permite isso, mesmo havendo espaços vazios dentro da cidade a perder de vista. Espaços que já são vendidos a peso de prata e que, esperando mais um pouco, sem pressão social ou legal (vide Estatuto da Cidade),terão peso de ouro 18 quilates, e quem sabe, 21.
Apesar de tudo isso, Guatassara surfa absoluto em cima da passividade de uma Câmara cordata; de uma mídia descompromissada com o futuro da cidade e de uma sociedade organizada pouco afeita a embates.
Ao assistir com muita atenção a entrevista de Guatassara, que navega no conhecimento técnico que inegavelmente ele possui, e na passividade do entrevistador, que mais levanta bola do que questiona, fiquei pensando no genial Gepeto. O que pensei? Pensei que talvez o seu espírito pudesse sobrevoar os estúdios, para fazer crescer diante das câmeras da RIC, o nariz do auto-suficiente Jurandir, como fez com o simpático boneco de madeira que criou.

29 de dezembro de 2009

A bola está com a Câmara Municipal

Informa o Lauro Barbosa que "continua tenso o clima entre o prefeito de Sarandi, Milton Martin e seu vice Carlos de Paula. Embora o prefeito tenha tentado contemporizar a relação entre os dois, dias desses, em entrevista à Ràdio Banda Um de Sarandi, Carlos de Paula hoje na mesma emissora, desceu o sarrafo no titular. Disse que continuam acontecendo coisas cabeludas na administração, como por exemplo a aquisição de cestas básicas que teriam sido sem licitação. Informou que o vereador Bianco, protocolou ontem, mais nove acusações contra Martini, e cada uma mais pesada que a outra. Do arco da velha".

PS: Sarandi não merece isso. A cidade, que cresceu sob o signo da irresponsabilidade de seus primeiros gestores (Milton na primeira gestão, inclusive) merecia melhor sorte. Merecia uma administração comprometida com a cidade, com os problemas crônicos que remontam administração após administração. Pelo que conversei com o ex-vereador Cleito, do PT, as denúncias contra Martini são tão graves que se a Câmara tiver mesmo um pingo de juízo, cassa o homem.

Acredite se quiser


"O senador Álvaro Dias, de acordo com Jeitoso, será o próximo governador do Paraná. E o Brasil terá José Serra (PSDB) como presidente".
. Pincei do blog do Edson Lima, que ao postar esta previsão do "Jeitoso", pergunta:"Começaram a aparecer os videntes. Quem acredita?".

PS: Tem muita gente que acredita, meu caro Edson. Tem até quem acredite que o Ricardo Barros será senador!

Cena patética



Do blog do Rigon:

"A foto de Roberto Furlan registra o momento em que o ex-prefeito de São Jorge do Ivaí e atual secretário de Fazenda de Maringá, José Luiz Bovo (PP), recebe o cheque de R$ 3 ,5 milhões do presidente da câmara municipal, Mário Hossokawa (PMDB).
A foto de Roberto Furlan registra o momento em que o ex-prefeito de São Jorge do Ivaí e atual secretário de Fazenda de Maringá, José Luiz Bovo (PP), recebe o cheque de R$ 3 ,5 milhões do presidente da câmara municipal, Mário Hossokawa (PMDB)".

PS: Esta cena vai ficar registrada para a história e deverá servir de exemplo para os vereadores repensarem sua atuação. Além de aprovarem tudo o que a "administração cidadã" lhe mandou, os componentes do Amém.F.C ainda presentearam o Executivo com R$ 3,5 milhões, algo inédito na história da cidade. Quem sabe agora o Observatório Social passa a aplaudir a Câmara ao invés de fiscalizá-la. E mantém-se calado com relação à postura do Poder Legislativo, sempre muito dócil e cordato com relação aos projetos danosos para a cidade, enfiados goela abaixo dos nobres e dis, e por extensão, da sociedade maringaense como um todo.Devolver dinheiro é um gesto nobre, sem dúvida, mas a Câmara se aniquilar ante o outro poder de força equivalente, aí é pra acabar mesmo. Vendo a coisa pelo ângulo do comportamento de total subserviência do Legislativo, a entrega desse cheque torna-se uma cena patética.

Que tal o mandato?

"A Câmara Municipal de Maringá devolverá hoje à tarde à Prefeitura Municipal de Maringá um cheque da Caixa Econômica Federal no valor de R$ 3 milhões 545 mil, referentes ao orçamento não executado durante o ano. São resultado de economia na máquina administrativa do Legislativo, não nos gabinetes - apesar de o presidente Mário Hossokawa (PMDB) creditar a economia também aos demais vereadores.
Ao mesmo tempo em que refletem os novos ares da casa, mostram que muito daria para ter sido economizado nas gestões anteriores. Se considerarmos que o vereador João Alves Correa (PMDB) poderia ter economizado o mesmo tanto que seu colega de partido, Mário Hossokawa, teríamos ao longo de seus mandatos (e foram quatro!), a preços de hoje, nada menos que R$ 31,5 milhões economizados no erário e empregados em setores carentes como saúde e assistência social".

Meu comentário: Claro que a economia é importante, a preocupação do presidente Mário Hossokawa com o erário é importante, mas o superavit não absolve a Câmara dos pecados que tem cometido. A Câmara está em débito com a população, está em débito com a cidade. E o débito não é pequeno. Só para lembrar um deslize grave dos vereadores, gravíssimo aliás: a aprovação , no afogadilho e de forma irresponsável, da mutilação do Plano Diretor. Isso terá um custo social enorme para a cidade, que um dia será cobrado dos nobres pares, embora a cobrança virá tarde demais, infelizmente. Prefiro ficar com a avaliação daquele leitor do Rigon: talvez melhor do que devolver essa dinheirama para a Prefeitura, os integrantes do Amém F.C. deveriam mesmo era devolver o mandato.

27 de dezembro de 2009

Ué, não era verba carimbada?

"2010 vem aí e quem tem fé deve se unir numa corrente de pensamento positivo para que o prefeito de Maringá, Silvio Barros II (PP), cumpra ano que vem o que prometeu fazer este ano e não fez - e devolva os R$ 600 mil federais originalmente destinados à reforma da praça Catedral, nossa cartão de visita. Ele aplicou o dinheiro no Parque do Japão, para a vinda do príncipe, ano passado, e ficou de fazer a reforma este ano na praça - o que, infelizmente, não cumpriu. Os recursos eram de emenda do deputado Odílio Balbinotti (PMDB) e tiveram a finalidade alterada a pedido do prefeito".
. Blog do Rigon

Até onde se sabe verbas de emendas parlamentares são carimbadas e não podem ter outra destinação a não ser aquela para a qual foi aprovada (e liberada). Será que o deputado Odílio Balbinotti vai tomar alguma providência? Não creio. E a Controladoria Geral da União? Também não creio. Pelo menos uma coisa me deixa otimista: a impunidade não é eterna, por mais que a imunidade tenha longa duração.

Uma verdadeira mensagem de Natal

"Feliz Natal a quem se embebeda de chocolate na esbórnia pascal da lucidez crítica e não receia pronunciar palavras onde a mentira costura bocas e enjaula consciências. E a todos que, com o rosto lavado das maquiagens de Narciso, dobram os joelhos à dignidade dos carvoeiros.

"Feliz Natal a todos que sabem voar sem exibir as asas e abrem caminhos com os próprios passos, inebriados pelos ecos de profundas nostalgias. E aos que decifram enigmas sem revelar inconfidências e, nus, abraçam epifanias sob cachoeiras de magnólias.

Feliz Natal aos que saboreiam alvíssaras nos bosques onde vicejam anjos barrocos e nadam suas gorduras deixando os cabelos brancos flutuarem sobre a
saciedade de anos bem vividos. E a todos que dão ouvidos à sinfonia cósmica e, nos salões da Via Láctea, bailam com os astros ao ritmo de siderais
incertezas.

Feliz Natal também aos infelizes, aos tíbios e aos pusilânimes, aos que deixam a vida escorrer pelo ralo da mesquinhez e, no calor de seus apegos, vêem seus dias evaporar como o orvalho aquecido pelo alvorecer do verão. Queira Deus que renasçam com o Menino que se aconchega em corações desenhados na forma de presépios".

Eis aí um pequeno trecho da maravilhosa mensagem de Natal escrita por Frei Beto e publicada por JC Cecílio em seu blog.

Premonição de uma loira, a da piada

"IH!!! tem uma casca de banana lá na frente... acho que vou cair".

. Pincei do blog Paçoca com Cebola

Segundo a revista Veja...



A foto é de 2005 e saiu na Veja, que fez uma avaliação de seis governadores de primeiro mandato que segundo a revista eram exemplo de austeridade é ética na política. Sobre isso observa Luiz Nassif em seu blog que a revista alçava ao panteão dos grandes governadores da atualidade esses seis homens, entre eles o probo Arruda, de Brasília. Alfineta Nassif:

"É um exemplo claro de como funciona o modelo de criação de reputação pela velha mídia. Basta o governador recorrer a alguns expedientes de impacto – embora irrelevantes para o resultado final da administração. Os jornais não têm metodologia para avaliação de gestão, não analisam indicadores (apenas factóides). Criou-se a lógica de que governador bom é o que coloca a fria lógica administrativa contra os mais fracos. É sinal de firmeza. Por outro lado, evita-se analisar os negócios tenebrosos – porque as publicações também têm interesses em vender publicidade, assinatura e material para as Secretarias de Educação".

Miguezim de Princesa e o caso Uniban

Quando Geisy apareceu
Balançando o mucumbu
Na Faculdade Uniban,
Foi o maior sururu:
Teve reza e ladainha;
Não sabia que uma calcinha
Causava tanto rebu.

II
Trajava um mini-vestido,
Arrochado e cor de rosa;
Perfumada de extrato,
Toda ancha e toda prosa,
Pensou que estava abafando
E ia ter rapaz gritando:
"Arrocha a tampa, gostosa!"

III
Mas Geisy se enganou,
O paulista é acanhado:
Quando vê lance de perna,
Fica logo indignado.
Os motivos eu não sei,
Mas pra passeata gay
Vai todo mundo animado!

. Do blog do Cláudio Humberto

Beneficiários do recall

Há uma tese de que os políticos mais conhecidos levam vantagem sobre os demais e os que tiveram bom desempenho no pleito anterior, tornam-se beneficiários do recall. O problema, por tanto, não é estar na dianteira um ano antes da disputa eleitoral, mas manter a dianteira quando se aparece liderando pesquisas com tanta antecedência. Esste raciocínio anima Pessuti e Álvaro Dias no Paraná e deixa Beto Richa com a pulga atrás da orelha. No plano nacional, é Serra que anda cada vez mais com olheiras.

26 de dezembro de 2009

Nova pesquisa anima Álvaro

"A Gazeta do Povo publica hoje Pesquisa realizada no Paraná e destaca que candidatos do PSDB apresentam vantagem de 5% contra o candidato do PDT em cenários diferentes. A sondagem realizada pelo Insituto Paraná Pesquisas entrevistou 1.830 pessoas.

CENARIO 1- COM BETO RICHA
Beto Richa(PSDB), 43,1% - Osmar Dias(PDT), 38,1% – Orlando Pessuti(PMDB), 5,6% – Nedson Micheleti(PT)1,3% – Lineu 0,4- Viana,0,3% -Não sabe ,6,1% – Nenhum, 5%

CENÁRIO 2- COM ALVARO DIAS
Alvaro Dias,(PSDB) 40,1% – Osmar Dias(PDT) 35,0% – Orlando Pessuti(PMDB),7,9% – Nedson Micheleti(PT), 1,4% -Viana ,0,7% – Lineu,0,5% – Não sabe 7,5% – Nenhum 7,1%".

. Blog do senador Álvaro Dias

Evangelização milionária


O padre Fábio de Melo está em Natal (Rio Grande do Norte) para um show, pelo qual receberá o modesto cachê de R$ 221 mil. O rei Roberto Carlos fez show na capital do Rio Grande do Norte meses atrás e cobrou R$ 150 pela apresentação.
Fonte: blog do Fábio Campana
"O facão pegou no nó da cana
Por mais afiado que esteja o facão, dizem que ele refuga quando ele pega no nó da cana. Este malacabado projeto de Lei, de autoria de vereador - Wellington Andrade, que defende o bolso dos cartorários, equiparando suas contribuições de ISS a pedreiros, por exemplo, não tem chance de prosperar, por mais que Evandro Júnior queira.
Vereador não pode ser autor de projeto de ordem tributária. Se pudesse, viraria uma festa, como prova esta iniciativa tresloucada",
. Do blog do willy Taguchi

FHC acaba de ver o LeMonde



"É a primeira vez que o jornal homenageia uma personalidade, foi “o cara”.
FHC corta os pulsos hoje.
Serra vai inventar uma homengem no gazeta de Honduras, na Veja, ou no Vale Paraíbano do Piauí com Arthur Virgílio entregando flores".(Paulo Henrique Amorim)

Efeito estufa, o peido e Copenhague

As nações endinheiradas
E governadas por rotos,
Querendo passar pitu
No Protocolo Kyoto,
Dizem que o efeito estufa
É resultado de bufa,
De peido azedo e arroto.


Não querem diminuir
A poluição do ar;
A ganância do dinheiro
Pode o mundo detonar,
Mas, para salvar o mundo,
Diz o rico: “Feche o fundo,
Segure o metano lá”.



As chaminés do progresso,
Que levam a fumaça além,
Quebrando blocos de gelo,
Argumentam com desdém:
Não significam nada
Numa tese comparada
Com o valor que o peido tem.

. Por Miguezim de Princeza (Blog do Cláudio Humberto)

25 de dezembro de 2009

Ameaça de golpe de estado no Paraguai


Está em andamento um golpe para derrubar o presidente eleito em eleições livres, Fernando Lugo (foto). Entrevista de um senador da ultra-direita paraguaia a uma rádio argentina, deixa isso muito claro. Diz o senador liberal Alfredo Luís Jaeggli, que "Lugo está atrapalhando as reformas modernizantes no país". Fã do modelo Pinochet e defensor do recente golpe de estado em Honduras, o senador defende abertamente a deposição de Fernando Lugo, o ex-bispo que acabou com mais de 60 anos de hegemonia do Partido Colorado.Pelo jeito, a articulação não se restringe à direita paraguaia, mas à direita da América Latina como um todo, aí incluída a fina flor do reacionarismo brasileiro.
Cruz credo mangalô três vezes!

DINGOMBEL É O CARAMBA

. De Pedro Amorim

Eu, deste ano em diante
Quero um Natal diferente
Mais parecido com a gente
Tropical e delirante.

Em vez de Papai Noel
Eu quero que me apareça
Uma Mula-sem-cabeça
Um Saci e uma Curupira

Todos tomando tiquira,
Cauim ou então cachaça
Fazendo grande arruaça
Pelas ruas da cidade.

Na mesa vai ter a vontade
Feijão, arroz e farinha
Peixada, bobó, canjiquinha
Maniçoba, moqueca e cozido

E também será servido
Churrasco e, de sobremesa,
Veja você que beleza:
Quindim, pudim, casadinho,
Bombocado e cajuzinho,
Olho-de-sogra e cocada
Da branca e também da queimada;
Chega a dar água na boca.

A garganta vai estar rouca
Pois em vez dessa cantiga
Que todo ano enche o saco
Vou puxar do cavaco
E cantar sambas da antiga.

Em vez de trenó e neve
Eu
quero, na madrugada,
Ter a cabeça molhada
Por um sereno de leve

Quero que a minha gente
Se encontre e se reconheça
Olhando o outro de frente
Sabendo ser diferente
Fazendo o Natal que mereça.

. Pincei do blog Vi o Mundo (Carlos Azenha)

Só podia ser coisa do Bulga


"Que surpresa nesse dia de Natal! Fui atender o telefone e era Ele! O Messias! Nem o Lula - que acaba de ser eleito a personalidade do ano pelo jornal francês Le Monde - teria esse privilégio!
Tá certo que é o Messias Mendes, mas é um Messias... Feliz Natal para todos!".

Quem conhece o Marcelo Bulgarelli sabe quão bem humorado ele é. E sempre aquele humor 3 S - sarcástico, sábio porém sadio. Mas tudo bem que ele brincou com a figura Dele, fundindo minha imagem à Dele. Mas por ser você um botafoguense tão sofrido, Ele há de perdoá-lo pela heresia, caro Bulga. Feliz Natal! Rô,rô,rô.rô!!!!!

O destino de um "perna de pau"

Por ROBERTO VIEIRA, sobre o craque brasileiro que melhor dominou os fundamentos do futebol nos últimos anos

"O treinador Betinho olhou pro menino raquítico e gritou:

"Vai-te embora, moleque! Tu é muito perna-de-pau!"

O pequeno Rivaldo pegou sua chuteira velha.

Seu meião rasgado nos dedos.

E foi assim sem jeito de volta pra casa no Jardim Paulista.

Dona Marluce vê o filho chorando e fala pro pai.

O pai encontra o filho num canto da casa.

"Pai, eu não sei jogar futebol!"

O pai enxuga os olhos do filho e pergunta:

"Quem te disse isso? O tal de Betinho?"

Rivaldo observa os olhos do pai úmidos.

"Não ouça o que eles falam, meu filho! Teu destino é fazer gol!"

E voltam pra sala humilde onde brilha uma árvore de Natal.

É hora de comer o frango com farofa de Dona Marluce.

Dias depois Rivaldo segue com as chuteiras e o meião.

Nos braços do pai chega ao Paulistano.

O primeiro jogo dos meninos do Paulistano é contra o Santa Cruz.

Rivaldo está escalado.

Ante o olhar incrédulo de Betinho.

Rivaldo marca uma, duas, três vezes.

Suas pernas tortas equilibrando-se nas chuteiras velhas.

As bolas balançando as redes tricolores.

O olheiro Zé Custódio se vira pra Betinho:

"Tu endoidou? Mandar esse moleque embora?"

Rivaldo volta para o Santa Cruz.

O pai morre num desastre de trânsito.

Rivaldo chora novamente.

Uma dor infinita.

Muito maior que a dor de não saber jogar.

O Santa Cruz manda Rivaldo pro Mogi-Mirim.

Porque a torcida e a diretoria têm certeza que Rivaldo não sabe jogar.

Dona Marluce vê o filho chorando.

"Ta com medo, Rivaldo?"

Rivaldo olha o tempo e sussura no ouvido da mãe:

"Estava sonhando com o pai..."

Rivaldo sai fazendo gol pela vida.

Gols tortos, gauches, estranhos, metafísicos.

Gols de bicicleta.

Gols do meio campo.

Gols de pernas tortas e sorriso tímido.

Gols aprendidos no velho campo dos Eucaliptos.

Gols de Maria Farinha.

Gols do tamanho do Camp Nou.

Do tamanho de uma Copa do Mundo.

Todos os gols.

Dedicados aos olhos úmidos de um pai.

"Não ouça o que eles falam, meu filho! Teu destino é fazer gol!"

. Do Blog do Juca Kfouri

Pincei este exemplo de vida do blog do Juca Kfouri, porque é Natal. E Natal é tempo de renovação de sonhos e esperanças. O que o belo exemplo de Rivaldo nos ensina é que nunca devemos desistir dos nossos sonhos. Mesmo que apareça um babaca para subestimar nossa inteligência e desdenhar das nossas habilidades.

Sua bênção, Adoniran!

De tanto levar frechada do seu oiá...tauba, de tiro ao álvaro, não há mais onde furar

O cara


Capa do principal jornal francês e um dos maiores da Europa, Le Monde , que coloca o presidente brasileiro como “homem do ano 2009″ . Dias trás foi o El País, da Espanha que, reproduzindo uma frase do primeirto ministro José Luis Rodríguez Zapatero, destacou em manchete :" Lula asombra al mundo".

Para refletir na cama


Vivemos num mundo onde o Ter não tem limite e o Ser é ignorado;
Onde a sociedade agoniza vítima do parasita que produz o emergente;
Onde a educação é obstáculo à inteligência e à liberdade;
Onde a lógica imbecilizante torna a humanidade descartável;
Onde não se busca felicidade ou virtude, mas sucesso.
Onde medo e ódio não permitem pensar no amanhã.
Onde ser e divindade são apenas uma questão de semântica;
Onde Impossível e nunca se anulam;
Onde a natureza humana não suporta limites.
Vivemos num mundo onde a morte é apenas uma ruptura;
Onde nenhuma coisa pode ser vista se você não souber como vê-la;
Onde a verdade está no relâmpago;
Onde você pode atingir o eterno e superar o tempo;
Vivemos num mundo onde a humanidade jamais terá fim, pois Deus precisa do homem para existir; mas o hábito anula a vida.
Onde o além a todos observa impassível.
Somos meros registros que se extinguem quando nossa missão termina.

. Do blog do Jorge Bourdoukan

Acredite se quiser

Saiu no blog do Fábio Campana:

"Pré-candidato ao Senado, o deputado federal Ricardo Barros (PP) pediu licença do seu mandato na Câmara dos Deputados, até o dia 21 de abril do próximo ano. O segundo suplente da coligação PR-PDT-PP, Iris Simões (PR), assumiu a cadeira de Barros na Câmara ontem à tarde.

A justificativa é que 2010 é um ano eleitoral e Barros, nos próximos meses, não terá condições de conciliar o trabalho como deputado e a presidência estadual do PP, além de cuidar da sua indicação como candidato ao Senado.

Barros informou que vai percorrer os 399 municípios do Paraná organizando o partido para as eleições de 2010 e fazendo a pré-campanha da candidatura ao Senado.

Barros disse que realizou este roteiro de reuniões nas eleições municipais do ano passado e que, agora, voltará aos municípios, para conversar com os filiados e lideranças locais sobre as alianças eleitorais de 2010 e formular o plano de governo do partido. Embora não tenha candidato ao governo, o PP irá oferecer a sua proposta para o candidato a governador que apoiar, disse Barros".

. Será que a licença deixa o deputado sem a imunidade Parlamentar?

A propósito do monopólio da TCCC, leitor escreve:

"O que aconteceu na realidade é que do governo do PT ao assumir em 2001 deparou-se com um contrato que havia sido renovado e prolongado pelo prefeito cassado JAIRO GIANOTO e através do prefeito JOSÉ CLAUDIO, através de um decreto acabou com o monopólio da TCCC e iniciou o processo de licitação para contratação de empresa ou empresas para explorar o transporte coletivo de Maringá, a empresa TCCC de imediato buscou a justiça sentindo—se prejudicada no processo e na busca de uma liminar e esta liminar foi negada em Maringá.
A câmara de Maringá liderada pela então vereadora Edith Dias, vereadores John, Zebrão, Dorival Dias e outros cassaram o decreto do prefeito JOSÉ CLAUDIO (PT) e mantiveram as coisas como estão até hoje, diante, desse processo o Ministério Público entrou com uma ação para garantir o processo licitatório e é que está ocorrendo agora onde esse processo está exigindo a licitação do transporte coletivo de Maringá.
Diante do que ocorreu ou o prefeito está mal informado, pois não morava em Maringá no período dos fatos e é justificado, ou sua assessoria lhe informou de forma errada ou do prefeito BARROS II está mal intencionado em divulgar estas informações fora da realidade".
JOSÉ EUDES
PT – MARINGÁ

24 de dezembro de 2009

Em defesa do direito à cidade

"A atual legislação urbanística brasileira está entre as mais modernas do mundo, e foi sistematizada no Estatuto da Cidade (EC). Fruto de uma intensa luta pela democratização das políticas urbanas, as diretrizes do EC permitem barrar práticas de especulação imobiliária, cujas conseqüências são o aprofundamento da desigualdade social e severos impactos ambientais.
Infelizmente o EC não é auto-aplicável, devendo ser implantado através dos Planos Diretores Municipais (PD). Em Maringá, o PD é em sua totalidade uma Lei municipal que possibilita a aplicação dos instrumentos do EC e o cumprimento da função social da propriedade urbana.
É importante ressaltar que também o Plano Diretor não é auto-aplicável, carecendo de regulamentação. O PD maringaense, aprovado há mais de três anos, o foi somente em alguns poucos tópicos de interesse de loteadores e donos de construtoras, justamente os artífices da histórica especulação imobiliária.
Em contrapartida, os instrumentos que assegurariam o acesso à terra urbana não foram implantados, impedindo o enfrentamento do gravíssimo problema de falta de moradia para moradores de baixa renda, fruto de inaceitáveis desigualdades no acesso ao solo urbano. Esclarecemos que a democratização do uso do solo poderia ter ocorrido, pois o plano diretor oferece ao prefeito amplos poderes para coibir a especulação imobiliária e punir especuladores por meio de parcelamento ou edificação compulsória, taxações progressivas do IPTU e até a desapropriação pelo não cumprimento da função social".

. Trecho de um ótimo artigo da professora-doutora Ana Lúcia Rodrigues, publicado no site do Observatório das Metrópoles dias antes da farsa chamada de audiência pública.
O resultado daquele espetáculo circense, comandado pelo super-secretário municipal Guatassara Boeira, foi a mutilação do Plano Diretor de Maringá, concretizada pela cordata Câmara Municipal, cuja mesa diretora vai devolver dinheirto ao Executivo,para mostrar que em 2009 foi um exemplo de austeridade.
O que fizeram foi uma violência contra os pobres, que assim poderão ser enxotados pra bem longe da área central. Isso ao mesmo tempo em que tira a pressão (legal e social) sobre os latifúndios urbanos, que vão continuar vazios à espera de uma valorização cada vez maior. Como consequência, no médio e no longo prazo, o crescimento desordenado do perímetro urbano. Por muito menos, o Ministério Público leva avante investigações pesadas em Brasília e em São Paulo. Na capital da república, deputados distritais estão na mira da cassação ( Bom Dia Brasil, edição de anteontem) e na capital paulista, 12 vereadores correm o risco de perder seus mandatos (Revista Isto é de outubro).

Respeito aos pobres, a gente vê por aqui

Eis um dos absurdos da alteração do Plano Diretor, legitimado por uma farsa chamada de audiência pública e aprovada pelo Amém F.C em tres sessões extraordinárias da Câmara de Maringá:

"Art. 3°. O Artigo 44 da Lei Complementar n°. 632/2006, fica acrescido do seguinte parágrafo único.

“Parágrafo Único. Considera-se permissível o uso residencial para Habitação de interesse Social na Macrozona Urbana Industrial, desde que mediante parecer favorável do Poder Público Municipal.”

A coordenadora do Observatório das Metrópoles da UEM , professora Ana Lúcia Rodrigues , questiona:

"Moradia de Interesse Social será construída em meio às indústrias.
Ou seja, pobre morrerá por problemas respiratórios com a poluição industrial ou com os agrotóxicos".

Mano a mano


O Data Folha infla Richa e murcha o balão do senador Álvaro Dias, que no confronto direto perte para o irmão Osmar. Richa tem hoje 40% dos votos dos paranaenses, vencendo o senador Osmar Dias, que chegaria aos 38%.Quando a disputa fica entre os irmãos, Osmar fica 14 pontos na frente de Álvaro para o governo do Paraná.Resta saber que posição terá Álvaro Dias, se Beto é de seu partido e Osmar, provavelmente estará como candidato da base aliada de Lula.Haja saia justa!

A Guarda Municipal é pra isso?

" Enquanto aguardava o início da Conferência (Audiência) Pública do Plano Diretor de Maringá, observava o comportamento dos servidores municipais concursados, conhecidos como guarda municipal de Maringá e percebi que se comportavam como policiais. Deveriam receber o título de "polícia municipal de Maringá". Olhavam a população presente no Hélio Moreira com ar de repulsa, raiva, deboche e desdém. Nas gravações que correm o youtube durante a Conferência, na Câmara de Vereadores, fica claro que agiam como se fossem policiais.
Algumas interrogações precisam ser provocadas: são guardas patrimoniais ou policiais? O que prescreve a Lei Municipal? Que segurança prestava quando empurravam as pessoas? Que bens públicos defendiam? A quem protegiam? Um dos guardas – ainda jovem – usava óculos pretos o tempo todo como forma de intimidação.
Sabemos perfeitamente que nem todos os guardas agem agressivamente ou pensam-se policiais, mas alguns deles se acham por debaixo do uniforme, parecem incorporarem-se em policiais com as fardas da guarda".

. Do blog do Elias Brandão

Marly fez coro ao coro dos contentes

"Foi preciso a presença de quase todos os líderes religiosos de Maringá ontem à noite na Câmara Municipal, para que fosse aprovada a Emenda de autoria da vereadora Marly ao Projeto de Lei do Plano Diretor de Maringá - de autoria do Executivo - que dava um chapéu nas igrejas mudando de 400 metros quadrados de nave para 400 metros quadrados a área das mesmas para efeito de cobrança do RIV, contrariando lei de autoria da própria vereadora aprovada no começo do ano com apoio de todas as igrejas e dos vereadores. A alteração que estava sendo imposta agora pelo Executivo, praticamente inviabilizaria a existência de templos religiosos na cidade. Graças a Deus baixou uma luz sobre cabeça dos vereadores - menos o líder - e a Emenda foi aprovada".

. Do blog do Lauro Barbosa

PS: Será que foi por ficar grata ao Amém F.C. pela aprovação dessa emenda que a vereadora Marly finalmente capitulou e votou a favor de aberrações, como a investida do mercado imobiliário sobre as áreas de contenção?

Laranja? Êpa, alguém falou em laranja?

De um vereador do Amém F.C. sobre o prefeito Silvio Barros II:"Às vezes penso que ele nasceu com o rei na barriga". Disse isso e logo em seguida elogiou o irmão mais novo:"O Ricardo sim, este é gente fina. Inteligente e esperto, sabe como tratar o companheiro". Ouvindo a conversa alí bem ao lado, outro edil do condomínio palpitou:"Concordo, mas o RB é bom enquanto tem interesse em você. Quando você deixa de interessar, ele te joga fora, como se você fosse um bagaço de laranja".

23 de dezembro de 2009

Aécio quer fritar Serra

O diretor do Instituto Cultiva, Rudá Ricci, que já trabalhou em Maringá, concedeu entrevista ao Valor Econômico, que o Azenha reproduziu em seu blog Vi o mundo, onde afirma que a candidatura de José Serra à Presidência sofrerá um abalo com a desistência de Aécio Neves:"Sem dúvida, em razão da forma como Aécio preparou sua saída. Ele a fez causando um profundo desgaste na imagem de Serra, ao menos em Minas Gerais. Procurou-se transmitir a sensação de que Serra é um homem que empurrou Aécio para fora da disputa de forma maquiavélica, sem tomar uma decisão. O Aécio poderia esperar até janeiro, conforme as lideranças tucanas pediram, mas preferiu fazer na semana passada, na sequência das definições locais e do fortalecimento da candidatura de Ciro Gomes no PSB".

Luizinho vai assumir

O vereador John Alvez vai tirar tres meses de licença e dar vez ao primeiro suplente do PMDB , Luizinho Gari. Depois de cumprir o curto mandato de 90 dias, Luizinho deve ficar lá mesmo na Câmara, trabalhando como assessor parlamentar sabe se lá de quem, talvez do próprio John. Dificilmente ele voltará a correr atrás de um caminhão coletor de lixo, como sempre fez.

Quem não te conhece que te compre, secretário!

Acabei de ver no blog do Emar um vídeo em que o "educado" Secretário do Planejamento do Município Guatassara Boeira manda a professora-doutora da UEM Carla Almeida,à merda.
Por falar em Guatassara, ele apareceu nos telejornais locais nos últimos dias falando em democracia, considerando normal aquele tumulto de sexta-feira por ocasião da farsa que chamaram de audiência pública. Em frente as câmeras, disse docemente que tudo fazia parte do jogo democrático. O debate e eventualmente até o clima quente de uma reunião são saudáveis. Porém, a fala de Boeira é de um cinismo de doer. Principalmente para quem presenciou seus acessos de arrogância e autoreitarismo, impedindo que os contrários falassem, que os que desafinavam o coro dos contetentes se manifestassem. Isso sem contar a forma absurda como ele manipulou a reunião, os critérios de proporcionalidade, etc.

Do Akino

Eu andava meio fora do ar esses dias porque um deescarga elétrica queimou a
placa- mãe do meu PC, mas logo agora que estou de volta leio esta nota do Akino Maringá no blog do Rigon:
"Volto ao assunto da fala do prefeito ao Tribuna da Massa insinuando que a prorrogação do contrato de concessão para a TCCC, que foi considerada ilegal pelo STF, teria sido assinada pelo PT, ou seja na administração José Cláudio/ João Ivo. Isto não é verdade e qualquer pessoa que acompanha os acontecimentos políticos da cidade sabe disso. Talvez pelo fato de na época morar em Manaus ele desconheça o assunto, o que também não se justifica, pois como prefeito tem obrigação de saber.
Ficou a impressão de ‘traquinagem’, típica de crianças que jogam a culpa nos outros, por isso, a bem da verdade, e até em respeito à memória de José Cláudio Sílvio deve uma retratação. Não basta pedir perdão a Deus, como certamente , provavelmente no próximo sábado, quando hhabitualmente os adventista fazem reflexões sobre os pecados cometidos durante a semana".

PS: Bem, se o prefeito insinuou isso mesmo, das duas uma: ou ele enlouqueceu ou sofreu um lápso momentâneo de caráter. Afirmar isso é, no mínimo, uma inginidade com o João Ivo e com a memória do Zé Claudio, que tiveram a coragem de peitar a TCCC e declarar nulo o contrato de concessão assinado em 1951. O monopólio da empresa foi quebrado na administração do PT e só não foi feita nova concorrência pública porque houve recurso e e desde então a questão está subjudici.
Em tempo: o que você acha dessa posição do seu chefe, Terezinha? Aliás, não é a primeira vez que ele ofende a memória do seu irmão, sra. secretária!

Milton volta, mas pode ser cassado

Informa Angelo Rigon em seu blog que o prefeito Milton Martini (PP) deve reassumir hoje o cargo de prefeito de Sarandi, do qual foi afastado na última quinta-feira, pelo juiz daquela comarca, Loril Leocádio Bueno. "A decisão é do juiz substituto Eduardo Sarrão, do Tribunal de Justiça, em despacho tornado público agora há pouco. Martini está retornando de Curitiba e não atende o telefone celular. O cargo vem sendo ocupado pelo vice, Carlos de Paula (PDT)", informa Rigon.

PS: As oposições se mobilizam em Sarandi para pressionar a Câmara Municipal a cassar o mandato do prefeito. O clima na cidade é de total decepção com a justiça e como reflexo da popularidade quase zero do prefeito, a maioria dos vereadores estariam propenso a levar avante o processo de cassação.

22 de dezembro de 2009

Notícias do Brasil

Vejo numa edição de outubro da revista Isto É, que 12 vereadores de São Paulo estão na mira da cassação , acusados de receber dinheiro de empreiteiras para aprovar alterações do Plano Diretor da capital paulista. Vejo agora de manhã no Bom Dia Brasil,. que deputados distritais teriam recebido mais de R$ 400 mil cada um de loteadoras, para autorizar expansão do perímetro urbano de Brasília.

Agora é confiar na justiça

Duas ações judiciais pousam agora de manhã no gabinete do promotor Dr. Kalache. Uma , visa a anulação daquela farsa de ontem no auditório Helio Moreira e depois no plenário da Câmara Municipal. A outra tem o objetivo de suspender preventivamente as sessões extraordinárias do Poder Legislativo Municipal, convocadas as vésperas do Natal para aprovar a mutilação do Plano Diretor de Maringá.

De uma leitora

Que não identifico por razões óbvias

"SOU FUNCIONARIA PUBLICA E HOJE PELA MANHÃ,ASSIM QUE CHEGUEI PARA TRABALHAR O TELEFONE TOCOU...ERA A TELEFONISTA DA SECRETARIA QUERENDO SABER DA DIRETORA DO POSTO DE SAUDE,POR QUE ELA ESTAVA ENTIMADA A IR NA CONFERENCIA E O SEU JOSE ORLANDO NÃO ESTAVA CONSEGUINDO FALAR COM A MESMA,POIS SEU TELEFONE ESTAVA FORA DE AREA,O MESMO FICOU UMA FERA QDO SOUBE QUE A MESMA TINHA IDO VIAJAR!!!"

21 de dezembro de 2009

Show de porepotência

Foi o que se viu hoje na farsa que a "administração cidadã" chamou de audiência pública. Dificultaram ao máximo o credenciamento dos representantes da sociedade, barrando qualquer possibilidade de questionamento à proposta absurda de mutilação do Plano Diretor de Maringá. Guatassara Boeira comandou o espetáculo circense, que deixou o Auditório Hélio Moreira pela manhã e foi para o plenário da Câmara Municipal. Nunca vi nada tão desorganizado ,mas uma desorganização orquestrada. Tinha gente segurando credenciais que davam direito a voz e voto, cuja maioria foi parar no peito dos CCs, que compareceram em massa por livre e expontânea pressão, para votar de confortmidade com os interesses do prefeito SBII, imobiliaristas e quenjandos.
Senhor absoluto da razão, Boeira tentava impedir que qualquer um que desafinesse o coro dos contentes fizesse uso da palavra. A disputa pelo microfone acabou em tumulto e princípio de pancadaria. Usando uma expressão do Rigon: era o maior número de CCs por metro quadrado do planeta.
O resultado final da palhaçada foi a aprovação da proposta do jeito que a "administração cidadã" queria. Uma vez validado pela audiência pública o projeto que estica o perímetro urbano, avançando sobre as zonas de contenção, vai para a Câmara. E amanhã mesmo, começa o período de sessões extraordinárias para votar o projeto, na base do afogadilho. Serão tres sessões, a último dia 24, véspera do Natal. Uma vergonha!

Em tempo: ontem mesmo já tinha gente, inclusive os vereadores do PT Humberto Henrique e Mário Verri, preparando mandados de segurança para anular a audiência pública mandrake.

18 de dezembro de 2009

Marcado para perder? Eu, ehim!

“Aécio chegou mesmo a relatar a um amigo diálogo que, segundo disse, manteve com Serra. Perguntou ao então rival se ele seria candidato em qualquer circunstância.

Segundo a versão de Aécio, a resposta de Serra foi negativa. Só iria à sucessão presidencial se as chances de vitória fossem “muito concretas”.

Aécio farejou na movimentação de Serra um cheiro de queimado. Nas suas palavras: “Em março, ele diria: 'O cenário tá bom, vou eu. Tá ruim, vai você”.

. Por Josias de Souza

PS: Na verdade Aécio não quis dar uma de Alkmim, usado por Serra nas eleições de 2006. Quando viu que não tinha chance, Serra preferiu o governo de São Paulo e jogou Geraldo Alkmin na fogueira. Lembro, a propósito, que numa palestra que proferiu no Colégio Marista, em Maringá, no início daquele ano, o jornalista e hoje ministro Franklin Martins disse: “Alkmin é o cabra marcado para perder”. E era mesmo. Aécio não quer passar pela mesma situação e por isso chtou o pau da barraca. Mas sabe que se lá pra fevereiro ou março as pesquisas indicarem a impossibilidade de Serra vencer Dilma , Serra tira o time , como fez da outra vez. Mas não se enganem, Aécio vai continuar atuando nos bastidores, não para ir de estepe , mas para derrotar Serra na convenção tucana.

Pesquisa pode incendiar a sucessão no Paraná


Sai na próxima segunda-feira a nova pesquisa Data /Folha para governador do Paraná. Se Álvaro Dias aparecer nos calcanhares de Beto, em condições de derrotar Osmar, podem acreditar que o prefeito de Curitiba ficará com a pulga atrás da orelha. O tucanato pode se assanhar, porque Álvaro candidato , Osmar não sai. Muito menos o Beto Richa.

Fortes emoçoes

Sai na próxima segunda-feira a nova pesquisa Data /Folha para governador do Paraná. Se Álvaro Dias aparecer nos calcanhares de Beto, em condições de derrotar Osmar, podem acreditar que o prefeito de Curitiba ficará com a pulga atrás da orelha. O tucanato pode se assanhar, porque Álvaro candidato , Osmar não sai. Muito menos o Beto Richa.Sao aguardadas fortes emoçoes na sucessao estadual a partir dessa sondagem.

Lá o vice balançou a roseira. E aqui?

“Recentemente o prefeito Silvo II disse que só em Maringá o MP pediu a retirada dos quebra-molas, a devolução de funcionários de atuam em entidades, impediu de prender flanelinhas e outras coisinhas da lei que segundo ele acontecem em todo o Brasil.
Agora com a notícia do afastamento do prefeito Milton Martini de Sarandi seria de se perguntar: por que só em Sarandi? Se fossem afastados todos os prefeitos onde há suspeitas (confirmadas) de corrupção, quantos sobrariam? Ah se todos os vices pudessem denunciar o que sabem como fez o De Paula... Gostaria de saber o que pensa o Pupin”.

Akino Maringá, colaborador(Blog do Rigon)

PS: Por falar em Pupin, um amigo meu, que é muito chegado ao vice-prefeito de Maringá observou hoje de manhã, enquanto tomávamos um cafezinho no centro da cidade: “O Roberto Pupim perdeu em 2006 uma grande chance de se tornar deputado federal. Mas sua candidatura prejudicava a de Ricardo Barros, que manobrou para impedir a candidatura do vice do irmão dele. Volta a ter chance agora, mas continuará sem possibilidade de ascensão enquanto estiver na sombra dos Barros.

Proposta de Osmar é um tiro no pé

O senador Osmar Dias (PDT-PR) resolveu jogar para torcida.

Para a torcida do Coritiba.

E propôs que o STJD se mude do Rio de Janeiro para Brasília.

Como se a Capital Federal fosse garantia de bons modos, e não exatamente o contrário como se vê no Senado presidido por Sarney.

Ou na Câmara de Temer e no governo de Arruda, para não falar da casa da Dinda, ou dos mensalões dos tucanos, dos petistas, dos demo e por aí afora.

A solução para a Justiça Esportiva é de outra ordem".

. Do blog do Juca Kfouri

O DNA da verba federal

Parece que está no DNA da família Barros. O Dr. Adriano Valente pegou a prefeitura de Maringá em janeiro de 1969 com um orçamento de R$ 10 milhões e entregou com R$ 27 milhões. Fez obras importantes com recursos do tesouro municipal, sem verbas federais e sem recorrer a empréstimos bancários. Veio Silvio Barros I e choveu dinheiro do BNH e do Planasa em Maringá. Muita grana, inclusive a fundo perdido. Era o período do milagre e Silvio, amigo do Ministro do Interior, Mário Andreazza, deitou e rolou. Veio João Paulino e a mina estava pra secar, mas havia facilidade de empréstimos bancários, inclusive para obras de infra-estrutura, caso do Projeto Cura que possibilitou o asfaltamento de grande parte do Jardim Alvorada.
Aí veio Said Ferreira e as verbas federais continuaram escassas, mas os empréstimos bancários eram fartos. Said acabou fazendo muita obra com recursos do tesouro municipal. Veio Ricardo e a era Collor . Mais dinheiro da União sendo despejado por aqui. Veio Said de novo e a fonte foi minguando. Veio Jairo, vieram muitas verbas oriundas de emendas parlamentares. Foi uma festa, que todo mundo sabe no que deu. Veio José Cláudio, que faleceu no exercício do mandato e o vice João Ivo que assumiu com a morte do Zé. Neste período Maringá recebeu muito dinheiro federal também, mas a administração petista tirou da prancheta centenas de projetos com recursos do tesouro municipal. Veio Silvio II e lá está Maringá novamente surfando na onda dos recursos federais, viabilizados principalmente pela ação “caça verba” do deputado federal Ricardo Barros. Silvio se reelejeu e aí foi mamão com açúcar: muito dinheiro e sonhos megalomaníacos. A cidade está mal cuidada, com ruas tomadas pelo lixo, galerias de águas pluviais entupidas, agenda social mais defasada do que salário de aposentado e senões éticos a perder de vista, mas isso sao apenas detalhes, detalhes tao pequenos.

Silogismo mineiro


Informa Cláudio Humberto que Aécio continua no páreo:
“A desistência de Aécio Neves coincide com seu rápido crescimento nas pesquisas para presidente, daí a surpresa. Mas em política as coisas nunca são o que parecem. Esse movimento de peça, no xadrez, deve provocar o contrário: fortalecimento da candidatura do tucano mineiro”.

PS: dizem lá em Minas que Aécio cedeu a pressão da cúpula tucana, predominantemente paulista, para mostrar ao Brasil qual é a lógica do “minerim come quieto”.

O futuro do pomar

"A lista de candidatos a deputado estadual a serem apoiados pela família Barros em 2010 já está pronta. São eles: Walter Guerlles (PR), Carlos Roberto Pupin (PDT), Evandro Junior (PSDB), Marco Rocha Loures (PP), José Luiz Bovo (PP) e dr. Batista (PMN)".

. Do blog do Rigon

PS: Se for essa mesmo a lista dos candidatos do condominio barrento, vai dar cancro citrico no pomar em 2012.

Coerência e respeito a palavra dada, a gente vê por aqui

“6 de novembro de 2006 - O secretário Jurandir Guatassara Boeira diz que a administração pretende reurbanizar a área central da cidade e que a proposta é manter intacto o prédio da antiga rodoviária "para preservar um patrimônio histórico do município".
16 de janeiro de 2008 - O mesmo secretário apresenta aos condôminos da antiga rodoviária o edital que prevê a demolição do prédio e a construção de um arranha-céu em seu lugar”.

. Do blog do Rigon

OS: Isso é o que se chama na minha terra de não cumprir de pé o que promete deitado.

17 de dezembro de 2009

Crônica da farsa anunciada

"A Prefeitura do Município de Maringá, convoca Conferência para propor Alterações na Lei 632/06, Plano Diretor, para o dia 21/12/2009, às 8h30, no Auditório Hélio Moreira, localizado no pavimento térreo do Paço Municipal".

O texto, que convoca para a farsa, está no site da Prefeitura.

Boi pode voar. E porque não?


Em política tudo é possível, até boi voar, o que já acontece aliás, na capital argentina (boi nos aires). Pois não que o prefeito de Curitiba vai a escolinha do Requião terça-feira próxima? Informa Fábio Campana em seu blog : “ Requião convidou Richa para participar da sanção do projeto de lei que concede anistia a oito cidades paranaenses, a principal delas Curitiba, no valor total de R$ 960 milhões. A proposta de anistia foi aprovada pela Assembléia Legislativa no final de novembro e, sancionada, permite que esses municípios retomem a capacidade de endividamento”.
Há quem diga que este encontro, que é de interesse de Beto, pois receberá um baita presente de Natal, pode ter desdobramentos políticos, em vista das sucessão presidencial.Um amigo ligado a cúpula estadual do PMDB aposta que a candidatura do governador do Paraná a presidência faz parte de uma estratégia da oposição a Lula, de esvaziar Dilma e inflar Serra. O risco que o tucanato corre é de Requião se viabilizar como terceira via e aí o acordo do cacique Quércia com Serra vem a lume.

Ih, este voo razante vai dar zebra!

Curiosidade histórica


O jornalista jorge Bourdoukan, um dos maiores especialistas em questoes do Oriente Medio, acaba de revelarem seu blog que Napoleão Bonaparte teria sido muçulmano, fato que está registrado em Extratos da Correspondência de Napoleão:“Eu sou muçulmano unitário e glorifico o Profeta.Espero num futuro próximo reunir sábios e pessoas cultas de todo o mundo para estabelecer um governo que dirigirei com base nos textos do Alcorão”.

16 de dezembro de 2009

Por favor, chamem o Lee Falk!!!


Caros.
Gostaria que este fosse apenas um email com bela mensagem de final de ano. Mas, infelizmente a prefeitura municipal marcou uma Conferência Pública para o dia 21\DEZ - segunda-feira - às 8:30 hs da manhã - semana de Natal no Auditório Hélio Moreira.
Assim, os convido a participar da famigerada conferência, pois ela deliberará sobre o Projeto de Lei que altera substancialmente o Plano Diretor. O dia e horário impossibilitam que os segmentos da sociedade civil, especialmente os dos trabalhadores, participem.
Mas, por outro lado, favorece a participação dos empresários. Os loteadores estarão todos lá para votar, à medida que aguardam ansiosamente que o PD seja alterado para atender às suas demandas. Tem loteador que liga várias vezes por dia para o Presidente da Câmara a fim de cobrar o andamento do processo.
Aproveito também para desejar a todos um maravilhoso Natal e um 2010 repleto de energia para muita luta que virá.
. Da professora da UEM Ana Lúcia Rodrigues, coordenadora do Observatório das Metrópoles-Núcleo Região Metropolitana de Maringá;


PS: Pois é Ana, a coisa ta feia em Maringá mesmo. Esta audiência pública e as sessões extraordinárias da Câmara, para aprovar a mutilação do PD é de dar inveja a Lee Falk, o cara que criou em 1934 o ilusionista Mandrake. Será que nesta audiência a arma do extermínio do futuro de Maringá vai se transformar em um buquê de rosas ou numa pomba?

Esporte

Um amigo jornalista de Curitiba brinca, perguntando-me: "Você sabe qual é o esporte predileto do Beto Richa? Tiro ao Álvaro”.
Aproveito o mote para brincar com um blogueiro daqui, a proposito tambem de um comentario sobre a bancada do PMDB no Senado, feito por Josias de Souza:" Voce sabe qual e o esporte preferido do Amem F.C? Tiro ao cargo".

Posse em fevereiro


Eleito em novembro, Enio Verri será empossado novo presidente do PT estadual em fevereiro. Mário, o irmão mais novo, assume em Maringá. A foto é do blog do Floris (sentado), que deixa a secretaria geral do partido.

Qualquer semelhança é mera coincidência

"Prefeito Silvio Barros, eu te conheço, não é do seu feitio uma atitude dessas, você é um servo de Deus, eu tenho certeza que vai pensar melhor, no caso das casas geminadas, tenha certeza muitas famílias sofrerão, por não possuir condições de comprar um terreno inteiro p/ fazer sua moradia, que Deus quebrante seu coração, as pessoas não merecem sofrer, a vida pode ser fácil para alguns, mas a maioria das famílias estão passando apertado e algumas até com dificuldades financeira, pense melhor, pense com a razão, mas principalmente com o coração".

. Do blog do sargento Tavares

PS: E quem disse que o prefeito não pensa com o coração, meu caro Tavares? Ele pensa sim, mas com um coração de leão, do rei Ricardo.

Curiosidade historica, sobre Ricardo Coração de Leão, rei da Inglaterra ((8/9/1157-6/4/1199)
“ Dos dez anos de seu reinado, fica apenas seis meses na Inglaterra. Vende parte do tesouro real para comprar armas, deixa no governo um conselho e parte com o rei da França, Felipe Augusto, filho de Luís VII, para libertar Jerusalém do domínio dos infiéis, dando início à 3ª Cruzada. Em 1191 casa-se com Berengária, de Navarra, com quem não tem filhos. Derrotado na Cruzada, é feito prisioneiro pelo duque Leopoldo da Áustria, que pede uma soma colossal como resgate, já que a Inglaterra é a maior potência econômica da época.
Parte do valor é pago e Ricardo é solto em 1194. Em sua ausência, o irmão João, que reina mais tarde como João Sem Terra, manobra com Felipe Augusto para usurpar o trono. O golpe é sufocado, e Ricardo se faz coroar pela segunda vez. Reconcilia-se depois com o irmão e o reconhece como herdeiro do trono. Morre em batalha na região de Châlus, na França”.

15 de dezembro de 2009

Os insaciáveis




“PMDB é insaciável, faz exigências absurdas”, diz deputado do PT.
"Mais do que os aliados que permitem a governança, são fundamentais os correligionários que se opõem aos abusos dos adesistas, acredita o deputado federal Domingos Dutra, do PT maranhense.

Ao bradar contra o que considera um apoio nocivo, Dutra sente-se contribuindo para preservar a administração nacional petista, mesmo que provoque rachas e mantenha conflitos regionais.

- No fundo, o presidente Lula sabe que a gente está ajudando. Porque, se a gente não estiver pressionando, denunciando, eles matam o governo, é muita pressão desse pessoal quando se junta: Sarney, Collor, Jader Barbalho, Renan Calheiros… – declarou a Terra Magazine".

. Do blog do Fabio Campana

Alvaro nao desiste

“Em Goio-Erê, o senador Alvaro Dias elevou em uma oitava o debate político dentro do ninho tucano nativo.
Disse que prefeitos de Curitiba nunca deram bons governadores, o que vale para Requião, para Jaime Lerner e certamente para as pretensões de Beto Richa.
Aliás, sobre Beto Richa, Alvaro continua a recomendar que ele permaneça na prefeitura de Curitiba e desista de vez da candidatura ao governo”.
. do blog do Fabio Campana

PS:Álvaro insiste na sua candidatura porque sabe que em sendo candidato encontrará pela frente céu de brigadeiro

14 de dezembro de 2009

Pra não dizer que não falei das flores...

A propósito da nota anterior sobre Michel Temer, existem alguns políticos aqui na província, que as urnas fariam um bem danado pra sociedade se os aposentassem.

Hélio Fernandes sobre Michel Temer

"O presidente da Câmara, que não rouba mas não é muito brilhante, está convencido que será “o vice de Dona Dilma”. Não será, pelo fato muito simples de que ela também corre o risco de não ser. A vantagem de Michel Temer vice, é o fim de carreira de um inútil para a coletividade".

Bumerangue que Quércia atirou pode voltar e atingir seu nariz adunco

Quércia foi reeleito presidente do PMDB de São Paulo e , para os holofotes declarou apoio a candidatura Requião para a presidência da república. Segundo Josias de Souza (Folha de São Paulo) Quércia, que domina o partido em São Paulo, tem um pacto com Serra, por meio do qual quer retornar ao Senado em 2010. Ele mesmo estimulou a candidatura Requião a presidente, na certeza de estar bombardeando Dilma. Mas a cúpula peemedebista acha que Requião acabará alçando vôo e o bumerangue que Quércia arremessou voltará com tudo e baterá na ponta do seu nariz adunco.
O jogo é intrigante: o PMDB que Orestes Quércia domina joga a favor de José Serra e contra o PT, mas sem e dar conta de que a candidatura Requião pode se viabilizar e o acordo paulista ir pras cucuias. Requião, claro, sabe disso, e há quem diga que ele entrou no jogo conscientemente, mas com a esperança de surgir no cenário da sucessão presidencial como uma espécie de terceira via. E a coisa pode acmainhar exatamente por aí.

13 de dezembro de 2009

Candidatura de Requião avança



Depois do PMDB de Santa Catarina decidir em convenção pela candidatura de Requião a presidência da república, agora foi a vez de São Paulo. Até Michel Temmer, que namorava a vice de Dilma, seguiu os conselhos de Quércia. Segundo Fábio Campana em seu blog, “o nome de Requião teve apoio das principais lideranças do PMDB paulista: do ex-governador Orestes Quércia ao deputado Michel Temer (presidente nacional do partido) e até da vice-prefeita da capital do Estado, Alda Marco Antônio”.

Deputado se recusa a acompanhar o presidente em seu estado

A recusa, aplaudida pelas bases petista, foi expressa em carta ao “companheiro Presidente Luis Inácio da Silva – Lula” , pelo deputado federal Domingos Dutra, uma espécie de menestrel que sabe, como sabia Shakespeare, que há diferença entre dar a mão e acorrentar a alma. O texto é longo, mas reproduzo aqui dois trechos significativos - o que abre e o que fecha a missiva:
“Declino, com tristeza e pesar, o convite para integrar a comitiva presidencial que estará neste dia 10 em São Luís do Maranhão.
Assim como milhares de petistas, lutei e sonhei com o momento em que o teria entre nós como o Presidente do Brasil para anunciar boas novas que diminuirão a pobreza e a escravidão do nosso povo.
Tenho consciência de suas enormes responsabilidades ao governar um país complexo e ainda dominado por tanto picaretas, muitos deles arranchados nas estruturas de poder e, em especial, no Congresso Nacional.

Sei que tens que engolir sapo para poder governar. Compreendo que V. Exª, por dever de oficio, tem de manter relações e até amizades com os inimigos de ontem, os aproveitadores de hoje e adversários de amanhã, em prejuízo de seus companheiros de ontem, de hoje e de sempre.

Porém a vida não pára. O mundo muitas voltas dá. Amanhã será outro dia, e com certeza nos encontremos no Maranhão ou em outros cantos do Brasil, em companhia de gente menos catingosa.

Boa sorte em seu esperado retorno a São Luís.

Justiça se faz na luta”.


PS: Lendo esta carta pensei num petista amigo, de igual coerência, caráter e coragem cívica , declinando do convite para integrar a comitiva presidencial em uma visita do presidente Lula a Maringá.

Triste fim, fim merecido

"Jose Roberto Arruda, que costumava inaugurar até creche de boneca, não tem mais coragem de colocar o pé para fora de casa.
Vai para o Palácio do Buritinga, sede do governo de Brasilia, escondido pelos vidros fumê de carros oficiais, mais ou menos como Collor atravessava a rua para mergulhar no mundo encantado da biblioteca do avô.

Entrou, definitivamente, na fase do autismo. E com ele, o DEM. O Ex-PFL, ao que parece, acredita mesmo que, ao se livrar de Arruda, irá também se livrar da pecha de partido atrasado, reacionário e corrupto".
. Por Leandro Fortes (revista Carta Capital)

Lula assombra al mundo


. Por JOSÉ LUIS RODRÍGUEZ ZAPATERO
"El presidente del Gobierno traza el perfil de Lula, el personaje de 2009 de EL PAÍS SEMANAL.- Hoy 91 firmas retratan a los 100 protagonistas del año"

Eis a chamada de capa do jornal espanhol , em sua edição de hoje.

12 de dezembro de 2009

15 babacas e um destino

O destino desses 15 "valentões" que aprontaram no Estaio Couto Pereira quando o Coritiba foi rebaixado, é a cadeia.

Faça o teste

De aorcdo com uma peqsiusa
de uma uinrvesriddae ignlsea,
não ipomtra em qaul odrem as
Lteras de uma plravaa etãso,
a úncia csioa iprotmatne é que
a piremria e útmlia Lteras etejasm
no lgaur crteo. O rseto pdoe ser
uma bçguana ttaol, que vcoê
anida pdoe ler sem pobrlmea.
Itso é poqrue nós não lmeos
cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa
cmoo um tdoo.

Sohw de bloa.

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

. Pincei do blog do Bourdoukan. Muito interessante

Catarinenses fecham com Requião

“Desta vez será impossível para a direção nacional do PMDB dizer não a proposta de uma candidatura própria do partido.Nunca tivemos condições tão propícias como agora para lançar um candidato a presidente. Caso a direção nacional do partido não aceite nossa proposição vamos batalhar para ter candidato próprio. E tenho a certeza de que vamos vencer”.
. Do senador Pedro Simon hoje de manhã na pré-convenção do PMDB de Santa Catarina, que definiu o apoio daquele Estado a candidatura do governador do Paraná, Roberto Requião.

E precisa tudo isso?


foto: blog do Rigon

O sistema binário é bem vindo, mas não a custa de destruição de praça e de muita confusão no trânsito da cidade em sua fase de implantação.

El País confirma: ele é o cara!


“O homem que fascina o mundo”. Este é o título de uma longa matéria que o jornal espanhol El País publica com destaque na sua edição de amanhã. O principal jornal espanhol acaba de concluir a apuração dos votos de uma eleição sobre as 100 personalidades ibero-americanas que mais se destacaram em 2009. Lula venceu disparado.

Não vira, mesmo!

"O PT está de maus bofes com Osmar Dias. Basta abrir o blog do secretário-geral do partido, Florisvaldo Souza, o Floris, para perceber que azedou de vez aquela paixão dos petistas pelo monsenhor do agronegócio".

. Blog do Fábio Campana

Meu comentário:
Desde o início dessa conversa venho dizendo que a aliança PT/PDT no Paraná nasceu morta. Não que haja incompatibilidade de uma sigla com a outra, pelo contrário. Afinal, Brizola (fundador do PDT) e Lula (fundador e referência eterna do PT), estiveram juntos em várias ocasiões , inclusive formando chapa a presidente da república com o velho Briza na vice. O problema do PT é Osmar e o problema de Osmar é o PT. Quando o senador assinou o requerimento pra criação da CPI do MST, aí a maionese desandou de vez. Pode até ser que o namoro venha a ser reatado, mas do ponto de vista da lógica partidária, será como acasalamento entre espécies animais diferentes. Portanto, não há nenhuma surpresa nos maus bofes exibido pelo Floris.

Pense na sua biografia, Mário !

“Mário Hossokawa retorna à presidência da Câmara dia 18. Nos dias 22 e 23 e provavelmente também no dia 24, irá comandar as sessões de discussão e votação do Projeto de ampliação do Plano Diretor, uma “batata quente” logo de cara”.
. Do blog do Lauro Barbosa


PS: Será que o Hossokawa aproveitou o período de convalescência para refletir sobre o papel vergonhoso que a Câmara tem feito, de total subserviência ao clã dos Barros? Espero que ele volte renovado e disposto a salvar sua biografia.

Visita cordial ou invasão de privacidade?

"Há pouco, enquanto almoçava e assistia o Jornal Hoje o telefone toca. Atendo e digo “pronto!” e sem ter tempo de respirar escuto uma voz que não para de falar. Era uma ligação – gravação – com a voz de Beto Richa – prefeito de Curitiba – entrando em nossa casa pelo telefone. Apresentou-se e desejou tudo de bom e feliz natal, ou seja, fazendo campanha. Por educação assisti até o final, com uma diferença consubstancial, não houve reciprocidade. Fiquei a pensar: foi uma visita cordial ou invasão de privacidade?".

. Blog do Elias Brandão

Lorotas tucanas

Morreu esta semana aos 83 anos, o ex-ministro Jamil Haddad, verdadeiro pai dos genéricos. O governador de São Paulo, José Serra, diz que ele criou o genérico, assim como Fernando Henrique Cardoso se arvora pai do Plano Real, implantado, na verdade, pelo presidente Itamar Franco.Mentir faz crescer o nariz, mas agiganta tambem o bico do tucano.

São Pedro é quem paga o pato



“Nos governos petistas de Erundina e Marta, a culpa das enchentes em S. Paulo era das duas.
Será que os paulistas não gostam de mulheres, do PT, da esquerda ou das três coisas - ainda mais reunidas?

Será que pensam que Serra, Kassab e São Pedro são todos santos e por isso acham natural que a culpa recaia sobre o último, digamos assim, por longevidade...?”.

. Blog do Mello

PS: As ruas de Maringá também vivem alagadas. Qualquer chuvinha e acontece isso aí que aconteceu hoje no Conjunto Itatiaia, Zona Norte da cidade (foto do blog do Rigon).O problema é decorrente da falta de manutenção da cidade. As galerias de águas pluviais vivem entupidas, mas a desobstrução permanente, que deveria ser obrigação, não aparece na mídia, não dá votos.

Sinal de alerta

"Gravem bem isso, não tem dia e não tem hora para acontecer acidentes, principalmente seguido de incêndio. E se houver um incêndio dentro do túnel, que corta o novo centro de Maringá, só para se ter uma idéia, por ali chega passar, 50 vagões com combustível diários, cada vagão leva 100.000 mil litros x 50 = 5.000.000 milhões de litros de combustíveis. Vamos ter uma tragédia de nível internacional, além dos bombeiros que ficarão expostos a fumaça e gases tóxicos, (muitos dos bombeiros que atenderam os atentados do World Trade Center, estão com câncer), a temperatura dentro do túnel vai passar tranquilamente dos 1000 graus celsius, se houverem explosões sequenciais, muitas fundações de prédios no entorno do epicentro da tragédia, poderão ficar abaladas. Essa ALL está brincando com a segurança pública da cidade de Maringá, cadê os nossos vereadores, a Lei vale para eles também senhores..."
. Do blog do sargento Tavares

PS: Alerta semelhante fiz neste blog no início de 2007, após conversa que tive com o engenheiro aposentado Milton e o próprio sargento Tavares. Na época, chamei a atenção para a existência de um relatório da ATT, que detalhava os riscos iminentes do túnel, falando inclusive dos dormentes apodrecidos, que nem sei se depois disso foram trocados

HU superlotado, deputados e prefeitos deliberadamente acomodados

Leio agora no blog Tempos modernos que o Hospital Universitário de Maringá inicia mais um final de semana com superlotação. Tem gente pelos corredores, pacientes demais para leitos de menos.
Este é um problema recorrente, que não terá solução enquanto os prefeitos da região não começarem a investir em saúde pública, viabilizando mini-hospitais ao invés de conseguir ambulâncias e microônibus para transportar doentes para o HU . O pior de tudo, é que os veículos são geralmente repassados por deputados (estaduais ou federais), que usam o poder do mandato para seduzir o eleitorado dos pequenos municípios com esses verdadeiros “presentes de grego”. Repassar ambulâncias e microônibus é mais cômodo do que lutar pela construção e manutenção de mini-hospitais , que também renderiam votos, porém daria mais trabalho e os dividendos seriam mais demorados.

Maringá, na mira de exterminadores do futuro

“Não apenas a ampliação do Plano Diretor será votado nas sessões extraordinárias convocadas para os dias 22 e 23 deste mês. Uma fonte “bateu” que também deverá ser votado a autorização para a transferência do Paço Municipal, Câmara, Fórum e Receita Federal para o antigo aeroporto, onde já funciona o Fórum da Justiça do Trabalho. Recentemente aconteceu na prefeitura uma reunião para tratar do assunto”.

. Do blog do Lauro Barbosa

Meu comentário:
Então tá, vão fazer uma audiência pública no dia 21, votar os projetos em sessões extraordinárias da Câmara Municipal nos dias 22 e 23. E tudo no afogadilho, que é pra não haver questionamentos. Enfim, vão enfiar goela a baixo da população a expansão do perímetro urbano, com avanço sobre as áreas de contenção; vão mutilar o Plano Diretor, aprovado na gestão do PT após um ano de debate com a sociedade local. A intenção é clara: atender interesses do mercado imobiliário, sem se importar com as conseqüências que as alterações pretendidas terão no futuro. Imagine só: a cidade tem cerca de 42% de vazios urbanos e mesmo assim poderá ser esticada, com avanços criminosos sobre fundos de vales, encarecendo de maneira absurda para o erário a infra-estrutura urbana. É rede de água e esgotos a ser esticada; é energia elétrica, é asfalto, é novas escolas, creches, etc e tal. Ou será que vão permitir loteamentos lá na cochinchina sem os devidos equipamentos públicos e a infra-estrutura mínima necessária?
Essa expansão certamente surgirá como uma válvula de escape, para aliviar a pressão social sobre a necessidade de ocupação dos enormes terrenos baldios que existem no perímetro urbano de Maringá e que pelo que tudo indica, vão ser tragados pela febre de lucro do mercado imobiliário. E vão votar essas anomalias todas justamente sob as barbas de Papai Noel, pois sabem que o espírito natalino embaça a consciência crítica do povo e mesmo das pessoas mais predispostas ao questionamento. Quando a cidade acordar para tais aberrações, talvez já seja tarde. Temos exemplos dramáticos de estados de letargia que tomou conta de Maringá no passado. Rememoremos o caso do campus da UEM, que teria 80 alqueires, desapropriados pelo prefeito Adriano Valente e que por capricho, ou sabe-se lá porque, o sucessor dele decidiu criar a Vila Esperança e ceder uma vasta área a um conjunto de apartamentos do BNH. Resultado: a população fechou os olhos para esse desatino e o campus ficou só com 40 alqueires, que parecia espaço suficiente na época mas que hoje sufoca o crescimento da nossa Universidade Estadual.

11 de dezembro de 2009

Injustificável


O mapa da Setran, distribuído na Zona 2 e imediações, não prevê o corte da praça Malaquias de Abreu, defronte o Instituto Estadual de Educação, com o surgimento de uma nova rua. Vendo o mapa, não dá para entender
o motivo do corte, já que os sentidos são todos iguais.
Houve uma época, e os mais velhos vão lembrar disso, que prefeito compromissado com a cidade não deixava isso acontecer. Foi com João Paulino, que assumiu a prefeitura no segundo mandato e impediu que se construisse o prédio da câmara numa praça, como queria o ex-prefeito - Silvio Barros (pai).
. Do blog do Rigon

PS: Passei hoje a tarde em frente ao Instituto de Educação , parei o carro e fui observar a nova rua que, sinceramente, parece ligar o nada com coisa nenhuma. É possível que para justificar o injustificável, a Setran venha fechar a entrada da Rua Martin Afonso para obrigar o motorista que pretende pegar aquela via na direção da Av. JK a entrar pela ruazinha da praça cortada .

Enfim, a mudança

Depois de um longo reinado do Dorival Dias, a Associaçao dos Funcionparios Municipais de Maringa tem novo presidente. Informa Angelo Rigon em seu blog:
"A apuração da eleição para a Associação dos Funcionários Públicos Municipais de Maringá apontou vitória do servidor Marcelo Mazarão (Secretaria de Fazenda). Ele encabeça a chapa "26 de Setembro - O associado decide", que obteve 426 votos. Os votos brancos somaram 163; houve 12 votos nulos. A posse da nova diretoria será em janeiro de 2010.
A chapa de situação, que havia ingressado com recurso para suspender a impugnação que recebeu do juízo da 4ª Vara Cível, e perdeu, fez campanha pelo voto em branco; se atingisse mais de 50%, a eleição seria anulada. O mérito do recurso ainda será julgado pelo TJ".

PS: Reforço a sugestao que fiz aqui antes do pleito: " Mazarão, procure saber o que realmente aconteceu com a colônia de férias que o funcionalismo público municipal de Maringá tinha em Matinhos e há mais de 20 anos um prefeito ordenou que a diretoria da AFMM vendesse. Quem sabe voce acabe descobrindo também, em que foi aplicado o dinheiro".

Melô (quase surrealista) do Zebrão





Vai dar merda. E deu

A palavra vale menos pelo seu significado do que pelo contexto em que está inserida. E vale mais ainda pela boca que a pronuncia. Um cidadão comum dizer MERDA tem um significado. Um ator de teatro dizer MERDA, o significado é outro, deixa de ser pejorativo para ser chic no urtimo. Mas o presidente da república dizer MERDA? Lula disse, mas mano Caetano, que já disse MERDA várias vezes na coxia, para desejar boa sorte a colegas cantores e atores, não se manifestou dessa vez. Mas , para que não pensem merda sobre a MERDA dita com ênfase pelo presidente, vamos as definições dadas pelos dicionaristas a esta singela expressão tão na moda esta semana:
"Merda (do latim merda [1]) é uma expressão geralmente pejorativa, polissêmica e usada principalmente na linguagem coloquial. Em sentido estrito, é resultado do processo digestivo e refere-se às fezes expelidas por um organismo vivo, usualmente expulsas do corpo pelo ânus. Antigamente, merda, era utilizada na linguagem entre artistas de teatro para desejar boa-sorte".

Como o Lukas viu o palavrão de Lula

10 de dezembro de 2009

É com você, Eudes!

Ouvi hoje no Balanço Geral, do Léo Junior, um telespectador reclamar que sumiu uma peça importante da locomotiva Maria Fumaça, estacionada no Parque do Ingá. O próprio telespectador, que pelo jeito é alguém que tem apreço pela história da cidade, tentou saber na Prefeitura porque isso aconteceu. Lá foi informado que na gestão anterior ao de Silvio Barros II, ou seja, a gestão do PT, a peça foi emprestada para um colecionador mandar fazer uma cópia e nunca mais voltou. Se o Eudes Januário viu a o programa ou ler esta nota, espero que venha a público confirmar ou desmentir a versão da “administração cidadã”. O Eudes, para quem não se lembra, foi Secretário do Meio Ambiente e, portanto, responsável direto pela administração do Parque do Ingá.

Verde? O que importa o verde?


“Por conta da mudança no sistema viário, Maringá está perdendo mais um pedaço de espaço público. A administração cidadã está tirando o espaço do cidadão (não bastasse tirar as árvores, caso da avenida Morangueira) e dando para o automóvel. Uma nova via está sendo aberta para os carros defronte o Instituto Estadual de Educação, local onde, lembra leitora, as pessoas jogavam um futebolzinho. A recreação foi suspensa, sob alegação de que seriam instalados postes e, depois, bancos. Agora, nem poste, nem banco nem área de pelada. Na maioria das outras cidades, a prioridade, felizmente, continua sendo o ser humano e não os automóveis”.

. Do blog do Rigon

Meu comentário: a cena da máquina rasgando a praça para dar lugar a uma rua é de uma violência tão absurda quanto aquela que Maringá viu, perplexa, na destruição daquela praça – triangulo atrás da Catedral, onde começa a Rua Tomé de Souza. O então prefeito Silvio Barros I decidiu construir ali o prédio da Câmara Municipal. Quando João Paulino voltou para sua segunda gestão, ele demoliu a obra inacabada e restaurou a pracinha.

Olho no lance, caro Mazarão!

“A Justiça de Maringá manteve a impugnação da chapa “Associação Certeza de Realização”, encabeçada por Dorival Dias, candidato” à reeleição para a presidência da Associação dos Funcionários Municipais de Maringá (AFMM). Com a eleição marcada para amanhã, Dias corre contra o relógio para que o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), em Curitiba, julgue seu recurso a tempo. A Comissão Eleitoral diz que vai cumprir a ordem judicial.

A ação judicial foi proposta pela chapa de oposição, liderada por Marcelo Mazarão. Ele acusa Dorival Dias de exercer simultaneamente a presidência da AFMM e do Instituto de Atendimento aos Funcionários Municipais (IAFM), o que seria irregular a afronta o estatuto da associação. O artigo 67 proíbe o exercício cumulativo de cargo na sua diretoria e em órgãos diretos de “instituições de caráter associativo” da mesma categoria profissional”.

. O Diário do Norte do Paraná

PS: Enfim, a oposição deu as caras nas eleições da AFMM, depois de tantos anos de predomínio total, abosuluto e absurdo do Dorival Dias. Aproveito a ocasião para dar uma dica ao Marcelo Mazarão: se eleito for, tente descobrir o que aconteceu com a colônia de férias dos servidores municipais de Maringá, em Matinhos. Poucos souberam da sua existência e muito menos do fim que ela levou. Será que o Dorival sabe desse segredo que nao era segredo de polichinelo?

Coisa de passarinho

Um passarinho que pousou ainda há pouco na copa de uma árvore perto de casa me contou: já foi parar sobre as mesas de dois promotores públicos denúncia de superfaturamento em uma obra gigantesca de Maringá, que estava em construção desde 2004. A obra, que já era para estar pronta há pelo menos um ano, terá mais 12 meses pela frente e, devido a aditivos injustificáveis custará o dobro do valor licitado. “É coisa feia”, disse o passarinho bisbilhoteiro que, meio indignado, abriu o peito, num cantar indignado: “ CRUZ credo!”.

A UEM nasceu no capô do carro do prefeito

Aproveitando o mote das comemorações dos 40 anos da UEM, lembro como surgiu a nossa universidade estadual, que não teria sido criada na época não fosse a obstinação do prefeito Adriano Valente. Foi assim: o governador Paulo Pimentel anunciava a criação das universidades de Londrina e Ponta Grossa. Adriano mobilizou as chamadas forças vivas de Maringá e foi ao governador exigir a criação da UEM. Pimentel tentou resistir, mas a pressão foi tão grande que ele decidiu incluir a terceira universidade estadual no pacote. Porém, quando assinou os decretos, “esqueceu” da Universidade de Maringá, cuja criação chegara a confirmar. Um dia , Dr. Adriano pegou o carro do gabinete e tocou para Curitiba. Amanheceu na frente da casa de Pimentel. Preocupado com a possibilidade de não ser atendido, colocou o veículo atravessado em frente ao portão. Ali pelas 7 horas quando saia para ir ao Palácio, o governador se surpreendeu com o carro atravessado e o prefeito de Maringá em pé, aguardando-o. “O que é isso prefeito, o que o Sr. está fazendo aí desse jeito?”. Adriano Valente respondeu: “Estou aqui , governador, para o Sr. assinar o decreto de criação da Universidade de Maringá”. O prefeito tinha em mãos uma cópia do decreto elaborado pela Casa Civil , mas que Pimentel , dando uma de “João sem braço” não assinara. Resultado, assinou na hora, usando como ponto de apoio o capô do automovel do prefeito.
Uma vez criada a UEM, o prefeito tratou de iniciar o processo de desapropriações para a implantação do campus. Desapropriou 80 alqueires. E você, caro leitor , perguntaria: então por que o campus só tem 40 alqueires? E eu direi,tendo o dr. Adriano, ainda gozando de plena lucidez apesar dos seus quase 90 anos, como testemunha: o seu sucessor, Silvio Magalhães Barros I, simplesmente decidiu suprimir metade da área, usando boa parte para a implantação da vila Esperança e outro bom pedaço para a construção do Conjunto Habitacional Mauricio Schulmann.
Então, quem mais merece homenagens nesses 40 anos da UEM é justamente o dr. Adriano José Valente, muito mais do que o governador da época, Paulo Cruz Pimentel. Os dois receberão título de Doutor Hnoris Causa. No caso do ex-prefeito, é justo, justíssimo.

9 de dezembro de 2009

Este é o cara...do apito


Num ano em que a arbitragem no futebol brasileiro esteve abaixo da crítica, o destaque foi um londrinense. Heber Roberto Lopes (foto) levou o troféu de melhor árbitro do país . Não sei se ele está indicado para a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul, mas se não estiver a CBF cometerá uma grande injustiça. Principalmente porque já está garantido na Copa o gaúcho Carlos Eugênio Simon , um bom árbitro mas que este ano foi um verdadeiro fiasco.

A antevisão do cartunista


Esta charge aí é do talentoso Kaltoé e foi publicada no jornal Correio da Cidade, do saudoso Carlos Alberto de Paula, em 1985. Kal retratava um transito problemático já naquela época, mas projetaria o estado de caos que atingiria 24 anos depois, principalmente durante ensaios para alteração do sistema viário de Maringá, feitos meio que na base da improvisação e movido a muita confusão.

Fim da esquisitice

“Acabou a lua-de-mel entre a Câmara e o transporte coletivo local.
Ontem durante a sessão, a vereadora Marly comunicou que o STF “rejeitou” o recurso do Poder Legislativo local, o que confirma a sentença do Tribunal de Justiça do Paraná de inconstitucionalidade do transporte coletivo de Maringá. Com isso, não tem mais jeitinho. O monopólio tem que ser quebrado, porque a decisão é definitiva”.
. Blog do Lauro Barbosa

Meu comentário: nunca consegui entender essa da Câmara recorrer contra decisão judicial em favor da TCCC. Porque o Legislativo Maringaense, por meio de seu presidente anterior, se empenhava tanto para preservar o monopólio? Mistéeerio!!!!

Chile rende homenagem a Victor Jara



Segundo a revista Caros Amigos, “finalmente o cantor e compositor chileno Victor Jara teve uma despedida oficial. Há 36 anos, o ícone latino foi torturado e assassinado durante os primeiros dias da ditadura militar de Augusto Pinochet, em 1973, e enterrado clandestinamente no Cemitério Geral. Somente agora sua família, admiradores e autoridades como a própria presidente Michelle Bachelet puderam lhe render homenagem no velório que durou três dias (de 3 a 5 de dezembro) na Fundação Victor Jara, na Praça Brasil, centro de Santiago”.

8 de dezembro de 2009

A esquerda cresce, a direita murcha na AL

"Evo Morales acaba de dar uma surra na oposição, na Bolívia. Isso nem chega a surpreender. O que surpreende é o fato de as siglas tradicionais da centro-direita boliviana estarem à beira do colapso: o Movimento Nacionalista Revolucionário (MNR), de Víctor Paz Estensoro, e a Ação Democrática Nacionalista (ADN), de Hugo Bánzer, e o MIR (que deu apoio ao governo liberal de Sanchez de Lozada) já tinham entrado em decadência antes de Evo Morales chegar ao poder.
Na Venezuela, a AD e o COPEI (que dominaram a politica nacional durante a segunda metade do século XX) viraram partidos nanicos.
Na Argentina, a UCR (que não é de direita, mas de centro; um partido liberal, com fortes raizes na classe média portenha, e que sob o governo de Alfonsin teve papel fundamental na redemocratização do país pós ditadura) chegou à beira do colapso, depois do governo de De la Rúa (que fugiu do palácio de helicópetero) e quebrou a Argentina.
No Uruguai, o último pleito mostrou a decadência do velho Partido Colorado. Rival histórico do Partido Nacional, aceitou apoiar Lacalle (candidato do Partido Nacional) no segundo turno, para evitar a vitória da esquerda. Os dois apanharam juntos, e terão que se reinventar para fazer frente aogoverno de Pepe Mujica, da Frente Ampla.
No país andino, o centro (desde o fim da ditadura de Pinochet) mantém uma aliança firme com a centro-esquerda do Partido Socialista. A direita, isolada, perdeu todas as eleições, mas não perdeu a direção. Até porque, no Chile, a direita não renega a ditadura de Pinochet. Defende Pinochet, defende o programa liberal (na economia) que ele implantou.
E o Brasil?
Aqui, o quadro é mais confuso, mais matizado...
O colapso da economia, nos anos 80, não provocou o enterro das duas velhas legendas: PMDB e PFL. Eles perderam o centro do poder, mas sobreviveram nas beiradas, costurando alianças com tucanos e petistas.
O PMDB mantém-se no poder com Lula. Cada vez mais fragmentado.
Já o velho PFL passa por um processo semelhante ao da direita na Venezuela e na Bolívia. Mudou de nome (DEM) em 2007. Adotou um tom "liberal" no discurso, e preparou-se para ser o partido das classes médias conservadoras e liberais: contra os impostos, contra a corrupção.
Mas a danada da realidade atrapalhou tudo.
O DEM é uma caricatura.
Falta identidade à direita brasileira. Falta programa.
No quadro partidário, ninguém cumpre o papel de encampar o discurso da direita. O DEM havia levantado velas, e preparava-se para ocupar essa raia. Mas parece que naufragou antes de chegar a mar aberto.
Não acho isso bom. A direita é uma força política, real, na sociedade brasileira. Se não se sentir representada politicamente, pode aderir a aventuras extra-institucionais (gostaram do eufemismo para golpe?).
O desespero que vemos nos colunistas e comentaristas da mídia corporativa indica o grau de desespero dessa turma. No Brasil, a direita sobrevive na mídia!
A desagregação política da direita na América Latina é um fato. No Brasil, esse fato ganhou uma imagem simbólica a representá-lo: as propinas do DEM.
Uma nova direita deve surgir. Espero que surja como opção política. Não como gangue, nem como aventura fora dos marcos da democracia”.

PS : a análise do jornalista Rodrigo Viana ( blog Escrevinhador) tem precisão cirúrgica , apesar de esquecer do Paraguai, onde o Partido Colorado murchou com a vitória do bispo Fernando Lugo..

Narciso acha feio?



“Com dinheiro sobrando, a prefeitura de Maringá paga propaganda para oferecer votos de Feliz Natal, contrariando a Constituição, que estabelece no artigo 37: " A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos".

. Do blog do Rigon

Meu comentário: isso é pouco perto da dimensão do culto a personalidade que o “prefeito cidadão” e cristão fervoroso faz desde que assumiu seu primeiro mandato. Vale a lembrança de que o retrato de sua excelência com aquela mensagem de auto-ajuda , que leva o título de “Maringá Missão” continua exposto nas repartições públicas.
Caetano, meu rei, será que Narciso acha feio?