1 de junho de 2011

Médico tenta beijar paciente a força


A notícia está na página Bondnews (Folha de Londrina online):

"Um médico ortopedista foi detido na tarde desta terça-feira (31), em Londrina, por atentado violento ao pudor. Ele teria tentado beijar uma paciente de 29 anos.

A vítima havia sofrido uma fratura na mão e era atendida no Hospital Ortopédico. De acordo com a Polícia Militar, no meio do procedimento o ortopedista se aproximou da paciente que gritou por ajuda. "Ela afastou o médico com as mãos e saiu correndo de dentro do consultório. A equipe policial foi ao local e constatou o crime. Os dois foram encaminhados à 10ª (Subdivisão Policial)", explicou o relações públicas do 5º Batalhão, capitão Ricardo Eguedis.

Paulo Marcel assinou um termo circunstanciado por importunação ofensiva ao pudor e foi liberado".

Danilo Marconi-Equipe Bonde

Um comentário:

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

- É o amooor... - diria cantando goianamente Zezé de Pirenópolis, a mesma que antes se chamara elastecidamente de Minas de Nossa Senhora do Rosário Meia Ponte.

É. Tudo muito puético, mas quand' dá puliça aí a coisa d'spuetiza, cumprica. Cumpricô antão, e agora é cum o ôme da capa preta.

Valei-m' meu São Serapião, beijar mulher d' mão quebrada não.