16 de junho de 2011

Uma vitória de 0 a 0

(Foto LANCE)
Alguém já ouviu falar de zero a zero com sabor de vitória? Quem acompanha o futebol brasileiro sabe que nos times de Muricy e Felipão, placar em branco pode ser comemorado e 1 a 0 é goleada. Mas ontem realmente o Santos saiu vitorioso do Estádio Centenário. Salvo algumas vezes pela ruindade dos atacantes do Peñarol e amargando a falta de pontaria de Zé Eduardo e os zagueiros que foram à frente, o Santos só tinha que comemorar o empate sem gols. Ainda mais considerando o verdadeiro caldeirão em que se transformou o lendário estádio.
Mas nós santistas estamos satisfeitos e esperançosos.Quarta-feira que vem a decisãó é no velho Pacaembu, onde espera-se a volta do lateral esquerdo Léo (que falta que ele faz!), do Edu Dracena (sem ele a zaga do Santos ficou parecendo queijo suíço) e quem sabe, do Ganso, que mesmo fora de rítimo daria rítmo ao ataque.
Mas Libertadores sempre foi e sempre será complicada. Por isso, melhor é esperar quarta-feira para comemorar. Ou lamentar.

Um comentário:

Antonio Carlos Crispim disse...

Prezado Messias Mendes.
Se prepare para comemorar na quarta feira.
Abraços
Antonio Carlos Crispim
Santista por Natureza