30 de setembro de 2009

Que as urnas tenham piedade de nós

“O empresário Luís Tel (Gráfica Regente) filiou-se ao PSC. Ele é um dos nomes ventilados para a suplência de Gleisi Hoffmann, que deve ser candidata ao Senado pelo PT.
A informação de que Edmar Arruda e Divanir Braz Palma teriam trocado o PSC pelo DEM, pelo jeito, não procede. O PSC, como se percebe, será linha auxiliar do Partido dos Trabalhadores nas eleições de 2010”.
. Do blog do Rigon

PS: Trata-se de um trio re$peitável. Pode não ser bom de voto, mas os três são adeptos fervorosos do deus mercado... o lucro é meu pastor e nada me faltará.

Isto é uma vergonha!



O blog Conversa Afiada está trazendo agora a tarde uma grave denúncia, que ajuda a jogar ainda mais pra baixo a credibilidade dos políticos brasileiros. Vejam só: o deputado Raul Jungmann (PPS-Pernambuco) , que viajou em missão oficial a Honduras para acompanhar a crise diplomática em Tegucigalpa estaria lá a serviço da Rede Globo de Televisão, com o objetivo nada disfraçado de desmoralizar a diplomacia brasileira. Veja:
“Hoje, soltaram fogos na TV Globo de Brasília, para qual Jungmann vai trabalhar, informalmente, em Tegucigalpa, ao passar informações internas da Embaixada do Brasil para desmoralizar a diplomacia brasileira.Ele já avisou que vai obrigar os diplomatas brasileiros a abrirem todas as informações internas, inclusive troca de e-mails, para determinar qual foi a participação brasileira na operação que levou Manuel Zelaya de volta à capital hondurenha.
Um produtor e um repórter do Jornal Nacional ficarão à disposição, com exclusividade, para produzir matérias especificamente com Jungmann em Honduras.
Esse é o estado a que chegamos: a terceirização jornalística por meio de um deputado federal que priva da intimidade da TV Globo na capital do país”.

Revoadas e o balé da trairagem

Dia 3 termina o prazo para mudança de partido para quem pretende disputar as eleiçoes do ano que vem por outra legenda. Isso tem provocado revoada de pretensos candidatos para partidos mais viaveis ao projeto pessoal de cada um. O PMDB decidiu jogar duro com os fujões, a maioria deles, mirando o ninho tucano, por considerar mais aconchegante as asas e o bico do tucano Beto Richa. Até o PDT de Osmar Dias está murchando. É numa hora dessa que se vê que os partidos são tal e qual fruta cítrica: só prestam enquanto dão caldo.

Torre de Babel

A PM e a direção da PEM não estariam falando a mesma língua, em Maringá. A Policia Militar estaria criando dificuldades para fazer escolta de apenados. Ontem por exemplo, um detento passou mal e teve que ser levado ao hospital pela própria carceragem, que não tem competência legal e nem qualificação técnica especifica para isso. Principalmente porque os agentes penitenciários não podem usar armas. Se persistir esta “pinimba”, toda vez que um preso for internado, acabará ficando sem escolta no hospital, o que, convenhamos, é um risco e tanto.
O Sindarspem, Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná está preocupado e estuda uma forma de intervir na questão, obviamente exigindo providências do governo do Estrado.

Sarandienses preocupados

"A justiça autorizou a prefeitura de Maringá a dar continuidade à licitação que dará “cabo” ao lixo maringaense. É mais um episódio da novela; Sarandi será o lixão de Maringá?

Ao que parece, se depender da monarquia e dos suditos que nos governam a resposta da trama será SIM.

A última ponta de esparança para o sarandienses – pobres mas limpinhos – é que o comitê de lutas tenha força para reagir e reverter o quadro".
. Do blog do Rogerio Rodrigues

Requião é Pessuti, mas desanca Pessuti. Isso tira o sono de peemedebistas

Requião é Pessuti, mas desanca Pessuti. Isso tira o sono de peemedebistas
Informa o Hora H News: “ os deputados Nereu Moura e Alexandre Curi estão empenhados numa nova missão: pôr fim aos atritos entre o governador Roberto Requião e seu vice, Orlando Pessuti, candidato do PMDB ao governo do Estado na eleição do ano que vem. Para Nereu, Requião “tem que prestigiar mais o Pessuti, mostrar com atitudes que ele é o candidato”. Segundo o deputado peemedebista, o vice-governador está sendo “um leão para trabalhar e uma conversa de amigos pode consertar algumas questões que não estão sendo bem encaminhadas".

Olho na pilantragem!

"Tem uma tal de Associação Comercial do Brasil está enviando boleto bancários para empresas do Paraná cobrando uma contribuição. É pilantragem. Muitos empresários, por desconhecer a pilantragem, acabam pagando o boleto e nunca mais veem o dinheiro.
Denuncie a sacanagem. Não pague nada sem consultar o seu contador".

. Do blog Paçoca com Cebola

Marketing do dever de casa

“Desde que assumiu a Prefeitura, Silvio Barros deposita o salário dos servidores de preferência no último dia útil do mês”, alardeia a “administração cidadã”, como se estivesse fazendo mais do que a obrigação. Essa gente faz marketing até por pagar salários do funcionalismo em dia, coisa absolutamente normal na historia de Maringa. É mole? Valei-me “macaco Simão” , porque é mole mas sobe.

Para azar de Dantas


em que tentaram tirar o processo da Operação Satiagraha da 6ª. Vara Criminal de São Paulo. Não teve jeito, quem vai julgar Daniel Dantas é mesmo o juiz Fausto De Santis (foto), que mandou o banqueiro duas vezes para a cadeia. Viva o Brasil, pois nem tudo está perdido!

Ira contra a Veja no Ceará


"Aconteceu ontem, em Fortaleza, na sessão ordinária da Assembléia Legislativa do Ceará. Indignado com o indisfarçável tom de zombaria que a revista Veja emprestou a esta reportagem sobre a cidade de Sobral, o deputado Lula Morais, do PCdoB, ocupou a tribuna daquela Casa e rasgou um exemplar da "indispensável" publicação abriliana, transformando-a quase em confetes. Curiosamente, até mesmo deputados do PSDB manifestaram-se solidários à zanga do colega comunista, repudiando o tipo de jornalismo praticado pelo semanário da famiglia Civita. Segundo os parlamentares, a intenção da matéria é atingir Ciro Gomes, provável candidato à presidência da República".
. Do blog Cloaca News

Representação absurda

"Os conselheiros do Tribunal de Contas do Paraná julgaram improcedente a denúncia contra o ex-prefeito de Maringá, João Ivo Caleffi (PMDB), e o ex-presidente do Serviço Autárquico de Obras e Pavimentação, Valdécio de Souza Barbosa, oriunda da 2ª Vara Cível. Eles foram acusados de descontar contribuições dos servidores e não repassar de imediato à Caixa de Assistência, Aposentadoria e Pensão dos Servidores Municipais (Capsema) e o Ministério Público queria a devolução do dinheiro e multa. O TCE entendeu que não houve má-fé ou dolo na conduta da prefeitura e do Saop. Na justiça comum, o ex-prefeito também teve ganho de causa".
. Do blog do Rigon

PS: a representação contra o ex-prefeito e o então presidente do Saop foi feita junto ao Ministerio Publico pela diretoria da Capsema. E sabem por que? Porque em dezembro de 2004, a Prefeitura estava com o caixa vazio e o prefeito precisava pagar o funcionalismo, inclusive o 13º. Aí usou o dinheiro que deveria repassar para a Capsema para complementar a folha. Mas antes do dia 31, houve a reposição. No entanto, João Ivo e Valdécio não se livraram da ação, que deu condenação de primeira instancia . Silvio Barros veio depois e acabou com a assistência médica que a Capsema prestava aos servidores. E não me consta ter a diretoria da caixa de pensao ter feito qualquer queixa a Promotoria de Defesa do Patrimonio Publico. Vá entender isso!

Indio sabe das coisas

"Em 1974 o governo dos Estados Unidos perguntou aos índios se os americanos deveriam sair do Vietnã. Eles responderam que sim... e dos Estados Unidos também".
. Do blogue do Jorge Bourdoukan

29 de setembro de 2009

Não é esta a integração que os moradores de Sarandi e Paiçandu precisam


“A partir do dia 1º de outubro terá início a integração do transporte entre Paiçandu e Sarandi e Sarandi e Paiçandu através da empresa Cidade Verde Transporte Rodoviário. Este é o anúncio que divulgaráa integração com 50% de desconto e que estará nos jornais de amanhã. Clique para ampliar”.

. Blog do Rigon


Meu comentário: Melhor isso do que nada, mas esta integração, convenhamos, é quase nada. E sabe por que? Porque é pequeno o número de passageiros que vai de uma cidade a outra. A integração para ser integração mesmo se daria em Maringá, porque é para cá que se desloca a maioria dos moradores das duas cidades. E é aqui que eles precisam fazer a integração com o passe eletrônico , para não ter que pagar o segundo embarque quando vão para bairros distantes do centro. Esta integração beneficiaria também os maringaenses , pela simples razão que é o empregador quem paga duas passagens a mais (ida e volta). Não se pode ignorar o fato de que a maioria das empregadas domésticas e diaristas que trabalha em casas de famílias de Maringá vem de Sarandi e Paiçandu. A integração verdadeira beneficiaria e muito as patroas.
Esta que considero ideal, é bom que se diga, começou a ser defendida por João Ivo Caleffi assim que ele assumiu a coordenação da Região Metropolitana de Maringá em fevereiro de 2007. Mas não saiu porque esbarrou na resistência da empresa de transporte coletivo, que teve amplo apoio da “administração cidadã”. Não nos iludamos com esta integração meia-boca que entra em vigor dia 1º.

Zelaia pode dar a volta por cima

"A novidade mais importante na crise hondurenha é o racha no Congresso que rejeitou o Estado de Sítio decretado pelo regime. Micheletti perde maioria parlamentar e Exército já defende 'diálogo'. Mídia demotucana minimiza os fatos e insiste na 'ingerência' de Lula e Zelaya na 'normalidade' do golpismo".

. Carta Maior

Um presente

Entrei agopra no blog da professora Marta Belini e me senti presenteado com o video de Taiguara, cantandio Teu Sonho Não Acabou.

Outra notícia desagradável para os suplentes

Está no blog do senador Álvaro Dias:

"O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, protocolou hoje uma ação no Supremo Tribunal Federal contestando o preenchimento imediato das mais de 7 mil vagas criadas pela PEC dos Vereadores. Na ação, o chefe do Ministério Público Federal pede que o STF considere inconstitucional o artigo que prevê o preenchimento imediato dos cargos. Roberto Gurgel pede uma liminar para que a Justiça Eleitoral nos estados fique impedida de dar posse aos suplentes dentro das vagas criadas pela emenda. Alguns vereadores já tomaram posse".

Péssima notícia para os avexados suplentes

“O presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, disse que a PEC do aumento do número de vereadores, aprovada recentemente no Congreso, só deverá valer a partir da próxima eleição municipal. Porém, deixou uma bela de uma brecha para quem quiser questionar. Disse que não tem a intenção de interferir na esfera da autonomia interpretativa dos tribunais regionais. Em outras palavras, o que os TRE’s decidirem, estará decidido’.

. Do blog do Lauro Barbosa

Mas aí vai uma péssima notícia para os suplentes de Maringá que esperam ser empossados: o entendimento do TRE do Paraná, manifestado pelo diretor geral Ivan Gradowski, é o mesmo do ministro Ayres Brito: “ A lei valerá para as eleições de 2012 e não pode ser retroativa”.

Banalização do noticiário político

Fábio Campana destaca em seu blog, um dos mais lidos do Estado:”Tem um time trocando o PMDB do Requião pelo PSC do Ratinho”. E aí fui ver o time. Olha só:
“ Ontem foi a vez do administrador financeiro do Hospital Angelina Caron, de Campina Grande do Sul, Isomar Sadi Kásper. Ele trocou o PMDB pelo PSC com o firme propósito de se candidatar à Câmara Federal. Kásper trouxe com ele mais dois jovens. Um deles, Guenésio Dernis Júnior, seu assessor financeiro, também trocou o PMDB pela nova sigla partidária. O outro é responsável pelo agendamento de consultas do Angelina Caron, o jovem Sérgio Marcos Carvalho”.

OS: Nossa,que timaço! Alguém conhece esses campeões de voto? Isso é que é banalizar o jornalismo politico.

28 de setembro de 2009

Fuga e morte na PEM

Leio agora no blog do Rigon que houve um assassinato na Penitenciária de Maringá agora há pouco. Isso ocorreu dois dias depois que os agentes penitenciários tiveram que fazer as vezes de policiais militares do sistema de segurança e sair correndo atrás de dois detentos que fugiram, no sábado. Pegaram os fugitivos a unha.
Quanto ao crime, sabe-se que o homicida , de nome Washington , é de altíssima periculosidade, com vários crimes nas costas.

Se for verdade, é caso pra CPI. No mínimo

28.09.09

Li agora há pouco no blog do Senador Álvaro Dias a seguinte nota:

"O jornalista Lauro Jardim avisa que a partir de outubro (e até o fim do ano), o Tesouro começa a pingar um total de 2,8 bilhões de reais para tapar o rombo no Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). É a primeira vez na história que o FAT (que banca o seguro-desemprego ao trabalhador) fechará no vermelho. Ou melhor, não fechará, porque o governo vai abrir o cofre. Mas o que é ruim vai ficar pior: em 2010, o buraco previsto é de 7,8 bilhões de reais. E os trabalhadores perguntam, onde estão jogando o nosso dinheiro? Com a palavra o Ministro do Trabalho".

PS: Será que procede? Estou pasmo, porque há cerca de dois anos um representante do Paraná no Codefat, órgão que administra a dinheirama do FAT, disse numa reunião da Coordenação Sindical de Maringá que o Fundo de Assistência ao Trabalhador tinha dinheiro saindo pelo ladrão - passava de R$ 100 bilhões. Mas os sindicalistas estavam insatisfeitos porque a burocracia para conseguir recursos do FAT para cursos de qualificação de mão-de-obra era muito grande. Porém, muito desse dinheiro estava financiando, via BNDES, expansão de grandes empresas, como teria sido o caso da Klabin, que investiu , com dinheiro do trabalhador, cerca de R$ 300 milhões na produção de papel e celulose.
Se com todo aquele caixa o FAT está quebrado, aí é caso para uma CPI.

Um dia ela chega por essas bandas

"A lei que passou a punir com multa e perda de mandato os políticos condenados por compra de votos completa dez anos nesta segunda-feira (28), com um saldo de pelo menos 660 cassações entre 2000 e 2008, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os dados não contabilizam os casos de cassação ocorridos em 2009".
. Do blog do Fabio Campana

Luis Nassif sobre a Veja

"O maior fenômeno de anti-jornalismo dos últimos anos foi o que ocorreu com a revista Veja.Gradativamente, o maior semanário brasileiro foi se transformando em um pasquim sem compromisso com o jornalismo, recorrendo a ataques desqualificadores contra quem atravessasse seu caminho, envolvendo-se em guerras comerciais e aceitando que suas páginas e sites abrigassem matérias e colunas do mais puro esgoto jornalístico".

Se isto não é golpe,o que é então?

"Numa madrugada de junho de 2009, soldados hondurenhos invadiram a casa do então presidente de Honduras, Manuel Zelaya. Foram ao seu quarto e o surpreenderam dormindo ao lado de sua mulher. Sob a mira de armas, levaram-no ao aeroporto de pijamas e o deportaram do próprio país, deixando a família para trás.

Em seguida, a Justiça e o Legislativo de Honduras apresentaram suposta carta de renúncia de Zelaya – carta que, desde o primeiro momento, ele nega ter escrito – e, sem votação popular alguma, “elegeram” presidente um dos opositores políticos do presidente deposto. Ou seja: o grupo que depôs Zelaya escolheu o novo presidente entre seus membros e deu posse a ele sem consultar a população".

. De Eduardo Guimarães, Cidadania.com


PS: Mesmo com tantas evidências, a mídia e a direita brasileira ainda continuam fazendo chacota da presença de Zelaya na embaixada brasileira em Honduras. Patético isso.

Sobre o Contorno Norte e o crime contra Sarandi,Ana Lúcia Rodrigues disse...


"Caro Messias, o fato é muito grave, pois o cidade de Sarandi cresceu transbordando para o outro lado da rodovia. A maior parte da população reside do lado de lá e faz cotidianamente a travessia, pondo em risco suas vidas. Não houve qualquer preocupação com isto na implantação do projeto que deságua todo o trânsito na coluna vertebral do sistema viário de nossa vizinha Sarandi".

. Coordenadora do Observatório das Metrópoles de Maringá, Ana Lucia é uma especialista em planejamento urbano e em políticas públicas de ocupação do solo urbano.Portanto, sabe o que está falando.

27 de setembro de 2009

O terror em Honduras

Numa entrevista à jornalista Lúcia Rodrigues, da revista Caros Amigos, o ativista Ramon Navarro, da Via Campesina em Honduras, faz serias e graves denúncias contra o governo golpista de Micheletti:
“Há uma grande tensão. Reprimem as passeatas contra o golpe de Estado. O Exército e a polícia estão matando nossos companheiros. A polícia reprime, inclusive, nos bairros. Buscam pessoas que estão reunidas. Estamos debaixo de um estado de sítio. As pessoas são levadas para campos de concentração... Em Tegucigalpa há três campos de concentração, além de centros de repressão oficial. As pessoas são torturadas, psicológica e fisicamente... Apagam cigarros no corpo das pessoas, golpeiam com garrotes. Há muitas pessoas com ossos fraturados”.

PS: Pois é, e a mídia tupiniquim ainda dá razão aos golpistas e tenta ridicularizar o apoio que o governo Lula dá a Zelaia, refugiado na embaixada brasileira.

Recordar é viver



O Kaltoé está resgatando a POIS É em seu novo blog. Neste fim de semana ele postou a capa da edição número 6 (janeiro de 1987) , cuja reportagem falava da invasão dos pés vermelhos a Curitiba, liderados pelo governador José Richa, que estava sendo empossado. A reportagem foi do grande jornalista e poeta Nilson Monteiro, um dos pés vermelhos que migrou para a capital. A arte dessa, como de tantas outras capas da revista foi feita pelo próprio Kaltoé, um artista gráfico de inegável talento.
Editor que fui, junto com o Moscardi e o Moreti, falo da POIS É com muita saudade. A revista durou 5 anos e foi um grande sucesso no Estado. A primeira edição mostrou, com arte também do Kal, uma projeção do Novo Centro, com base no projeto original de Oscar Niemayer. E trouxe também uma reportagem que foi notícia nacional. Fizemos, eu e o Moscardi, uma entrevista com uma senhora em Asssis Chateubriand que dizia ser a mãe de Hebe Camargo. Os traços revelavam uma grande semelhança e a história que ela contava, ilustrada com fotos antigas, convencia. Mas a apresentadora ficou enfurecida, detonou a revista em seu programa no SBT. O jornal Notícias Populares, editado pelo grupo da Folha de São Paulo, estampou manchete da reação de Hebe Camargo.
Na edição número 11, publicamos uma capa com o Faustão, fotografado na Avenida Getúlio Vargas com os braços abertos e a catedral ao fundo. Na época ele ainda era o Sr. Baixaria do Perdidos na Noite. Quando foi pra Globo, Faustão ainda falou várias vezes da Revista POIS É.

A dança dos números na sucessão de Lula

Vox Populi, Sensus, Ibope e Datafolha. Serra ainda lidera a corrida presidencial mas perdeu votos nas pesquisas de todos esses institutos. A luz amarela já está piscando no ninho tucano. Adeus, Serra!

O novo cenário da sucessão presidencial

O presidente do Ibobe Carlos Montenegro, suspeito no caso, mas de reconhecido conhecimento técnico e cientifico na área da pesquisa de opinião, sustenta que Dilma Roussefef está em queda livre, pois o presidente Lula não transfere voto e muito menos sua popularidade. Diante de tal quadro, ele vê, respaldado nos números, que Serra balança, Dilma dança, Ciro cresce e Marina incomoda.

Bye , bye, Ricardo!


Osmar Dias não pára, está em campanha e pelo jeito, disposto a ir pro embate com Beto Richa. Mas a julgar pela foto, ele não confia mais em seu principal interlocutor,o deputado Ricardo Barros (PP), que articulava a chapa Osmar-Gleisi para ele, Ricardo, ser o candidato a senador. Segundo Fábio Campana, Osmar Dias agora anda com Abelardo Lupion (DEM) a tira-colo, apresentando-o como o candidato do grupo ao Senado. Bye,bye, Ricardo!

No lugar certo


"O advogado Rogério Calazans é o novo presidente do PCdoB de Maringá. A definição deu-se hoje à tarde, durante encontro na câmara municipal. Ele substitui a Humberto Boaventura e tem na vice Mário Henrique Alberton".
. Do blog do Angelo Rigon

PS: O Humberto colocou uma boa dose de fermento no PC do B de Maringá que cresceu bastante na cidade. Calazans vai, certamente, dar mais consistência a massa, pois trata-se de militante batalhador, de um dinamismo impressionante. Este foi um dos bons quadros que o PT local perdeu . Ao deixar o Partido dos Trabalhadores, se filiou ao Psol, mas acabou no PC do B, caminho natural de um socialista convicto como ele. Como diria o grande Stanislaw Ponte Preta, Rogério Calazans é o típico brasileiro, profissão esperança.

Faz fama e deita-se na cama...




O deputado Ricardo Barros faz fama e deita na cama. Sua fama de político profissional, sempre muito preocupado com o próprio umbigo, ficava restrita aos limites do municio de Maringá. Mas como ele voa o Paraná inteiro, tornou-se um político estadual, muito conhecido dos analistas daqui e d’acolá. A última façanha, que rendeu-lhe o apelido de “porquinho vesgo” , por mamar numa teta e ficar de olho na outra, foi quando esteve no encontro do PSDB, se insinuando a Beto Richa, ao mesmo tempo em que declarava amor eterno a chapa dos seus sonhos Osmar Dias/Gleisi Hofmann. Agora, a fama de costurador de tecidos partidários esgarçados (e podres) chega as revistas nacionais. Veja esta nota da coluna Brasil Confidencial, da Isto É, assinada pelo jornalista Octávio Costa:

“Tudo pelo Senado
O deputado Ricardo Barros (PP-PR) trabalha nos bastidores para garantir em 2010 vagas na aliança proporcional para os ex-deputados José Janene e José Barros (?) envolvidos no mensalão. Pré-candidato a senador, Barros também está apoiando Antônio Belinati, prefeito de Londrina cassado pelo TSE, para a Assembleia Legislativa”.

25 de setembro de 2009

Álvaro continua no jogo

"Álvaro recebe apoio em Santo Antonio da Platina.
Tucanos de todos os cantos do Norte Pioneiro do Paraná estão reunidos em Santo Antonio da Platina para ouvir, ver e tocar em Álvaro Dias. Ele reuniu prefeitos, vereadores e autoridades da região para fazer uma prestação de contas.
Será que ele ficou devendo uma taubaína quente naquele boteco perto da praça Nossa Senhora Aparecida, em frente a prefeitura? Não sei se foi essa a prestação de contas, mas ele levou como fiador o deputado Gustavo Fruet.
Aliás, Gustavo Fruet disse que vai apoiar o senador Alvaro Dias para o governo do Paraná. Segundo Fruet, Álvaro é o melhor senador do Brasil e tem tudo para ser um grande governador.

. Do Blog Paçoca com Cebola

Ciro detona Serra

Saiu hoje na Folha Online:

"O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) fez críticas nesta sexta-feira ao seu desafeto político, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB). Os dois devem disputar a Presidência da República em 2010.
“Ele [Serra] é feio para caramba, mais feio na alma do que no rosto. Ele tem uma truculência ao se relacionar com seus adversários. A conduta pessoal dele em relação aos seus adversários é uma conduta feia, de não enfrentar com linguagem civilizada, uma atitude destrutiva, que inibe o diálogo. Para mim, é horrível. Até minha conta pessoal de salário ele conseguiu que um juiz de São Paulo bloqueasse”, disse Ciro.

O caso Clodimar na telona


Este é o ator Irandhir Santos que fará o papel de Clodimar Pedrosa Lo no filme Novembro Negro, de Eliton Oliveira . O roteirista vai captar recursos em São Paulo para um longa que deve dar o que falar. Para quem não sabe, Clodimar foi um menino de 15 anos brutalmente assassinado por dois policiais, que o prenderam sob acusação de ter roubado dinheiro de um hóspede do Palace Hotel, em Maringá. O ator Leandro Rassum fará o papel de Atílio Farris, o gerente do hotel que chamou a polícia e anos depois foi morto a tiros por Sebastião Pedrosa Lo, pai de Clodimar. Sebastião veio do Ceará determinado a matar Atílio e os dois PMS, que sumiram no mundo.
As investigações provariam depois que Clodimar, que trabalhava como camareiro do hotel era inocente.
O caso teve repercussão nacional. Quando Sebastião matou Farris em frente as Lojas Arapuã, o crime também ganhou manchetes no Paraná e no Brasil. Na época eu estava começando como foca do O Jornal e cheguei no local do crime quando seu Atílio ainda sangrava na calçada.
Seu Sebastião , absolvido em júri popular, já faleceu. Mas uns três anos antes dele morrer a Revista Pois É que eu editava junto com o Moscardi e o Moreti, o trouxe a Maringá para uma reportagem de capa.
O caso é tema para um bom filme. Se a produção for o que se espera, será um grande sucesso.

Câmara trava combate a corrupção

"A Câmara dos Deputados não deixa tramitar projetos que endurecem o combate à corrupção. Setenta projetos estão parados desde 2004, como o do deputado Francisco Praciano (PT-AM), que criminaliza a riqueza injustificada de agente público, ou de Ônix Lorenzoni (DEM-RS), que torna crime a utilização de emendas parlamentares como instrumento de barganha para influir em votações no Congresso".

. Do blog do Claudio Humberto

Apostando no Brasil


A foto que pincei do blog do Hilário Gomes mostra a solenidade de fundação do PC do B de Marialva ontem a noite na Câmara com as presenças do prefeito Deca e do assessor do Ministro Orlando Silva dos Esportes, Ricardo Gomide. Quem aparece discursando é o vereador maringaense Manoel Sobrinho, que nunca perde a oportunidade de fazer profissão de fé no futuro do Brasil."E acredito mesmo, sabe por que? Porque temos um país continental, de grandes riquezas naturais, mas muito mais rico ainda em pessoas. O segredo é este: um povo determinado, batalhador, que sabe onde quer chegar. Me encanta imaginar que o bem maior de qualquer nação é o seu povo. O povo pode tudo, como prova o Japão pós-2ª. Guerra", costuma dizer, sempre com muito entusiasmo.

Mais um crime contra Sarandi

Passei ontem pela rotatória que marca a divisa de Maringá com Sarandi. O trânsito ali está um caos devido as obras do Contorno Norte. Mas tudo bem, está em obra, é benefício a vista. Mas cabe a pergunta: como fica Sarandi nessa história? O vizinho município, que já carrega o fardo de ser cidade-dormitório de Maringá é que vai receber todo o fluxo de veículos da Colombo, do Contorno Sul e do Contorno Norte. O trecho da rodovia que cruza toda a extensão de cidade de Sarandi promete congestionamentos gigantescos. Ora, o Contorno Norte é uma obra gigantesca projetada há mais de 20 anos para passar por fora do perímetro urbano de Maringá. Por que não atualizaram o projeto, jogando-o para a área rural, livrando também Sarandi do tormento anunciado? Mistéeeeerio!!!!

Cada qual, no seu cada qual

"Rubens Bueno, do PPS, negou ontem, no início da noite, em entrevista à rádio Band News, que tenha ouvido, visto ou testemunhado qualquer compromisso do prefeito Beto Richa de apoiar a candidatura do senador Osmar Dias ao governo em 2010.

Para refrescar a memória. Beto Richa apoiou Osmar Dias em 2006, Osmar apoiou Beto em 2008. Empate. Daí pra frente, cada qual segue seu destino".

. Do blog do Fabio Campana

Meu palpite: o destino de Osmar será tentar continuar no Senado

Quanta custa uma benemerência?

Mais um

O ex-vice governador João Elísio Ferraz de Campos é mais um na parada pela disputa das duas cadeiras do Paraná no Senado. Esse pode não ter voto, mas tem muito dinheiro e certamente fará uma campanha milionária.

Como pode?

"Os vereadores aprovaram ontem em regime de urgência o projeto do Executivo autorizando o repasse de R$ 60 mil para a ACIM divulgar a Maringá Liquida, que aconteceu de 11 a 13 deste mês".
. Do blog do Lauro Barbosa

PS: Como, repasse de dinheiro público para o setor privado divulgar uma promoção que já aconteceu? E a Câmara aprova em regime de urgência? Parem o mundo que eu quero descer!

Na cadência da marcha dos iguais


O colunista Celso Nascimento, da Gazeta do Povo,informa que Osmar Dias e Abelardo Lupion estão mais juntos do que nunca. E vão de braços dados para a eleição de 2010, com o compromisso de Osmar apoiar Abelardo para o senado e Abelardo fechar com Osmar para governador. Osmar vê com bons olhos a adesão de Lupion: “Tenho confiança de que o DEM honrará a palavra de apoiar a minha candidatura. Nesse caso, sem dúvida, Lupion contará também com nosso apoio para o Senado”.
Ué, será que a parceria PDT/PP já fez água? Ou Ricardo Barros já desistiu definitivamente de disputar uma das cadeiras do Paraná no Senado Federal? Ideologicamente, não há diferença nenhuma entre Ricardo, Osmar e Lupion, mas no caso dos dois deputados, os interesses pessoais se conflitam. Nesse pelotão está todo mundo marchando certo. Será que os petistas conseguirão manter o passo na hora do "direita, volver!".

PC do B nasce forte em Marialva

O o diretório municipal do PCdoB existe oficialmente em Marialva desde ontem a noite. Em solenidade simples e rápida na Câmara Municipal, o Secretário de Esportes Marco Aurélio Ruiz assumiu a presidência. O prefeito Deca estava na mesa junto com o assessor do Ministro Orlando Silva dos Esportes, Ricardo Gomide. Maringá e Sarandi se feizeram presentes com membros de suas executivas. O vereador maringaense Manoel Sobrinho também foi lá prestigiar. Vai longe o tempo em que se dizia em tom de blague:"Todo o PC do B da região cabe numa kombi".

André De Canini disse...

Sobre a posse de suplentes nas câmara municipais, após aprovação e promulgação da PEC:

"Agora a tarde conversei sobre esse assunto com o presiddente da Câmara de Mandaguari, Alécio Bento da Silva. Ele afirmou que não tomará nenhuma atitude até que a Justiça Eleitoral determine quem deverá ser empossado.
Caso a PEC tenha mesmo efeito retroativo, existem algumas questões para as quais todos os presidentes de Câmaras deveriam se atentar:
1. O aumento no número de vagas alterara o coeficiente eleitoral. Com isso haverá casos de candidatos que inicialmente não foram diplomados porque suas legendas não atingiram o número de votos suficientes, tenham direito de assumir. Porém para que seja dada posse a essas pessoas a Justiça precisa diplomá-los primeiro.

2. A mudança no coeficiente eleitoral também exige novos calculos para definir quais partidos ou coligações terão direito sobre as novas vagas, e esse cálculo cabe somente à Justiça fazer.

3. A mudança no coeficiente também pode provocar uma dança das cadeiras, pois vereadores que se elegeram pelas chamadas sobras de voto do partido podem perder as vagas para os candidatos beneficiados pela PEC. Isso certamente vai gerar embates judiciais e não cabe ao presidente da Câmara determinar a saída de um vereador eleito e diplomado pela Justiça. Se a Justiça o diplomou, cabe a ela decidir ou nao pela cassação desse diploma.

4. Caso a Câmara emposse por sua conta os vereadores para as novas vagas e posteriormente a retroatividade da PEC seja derrubada na Justiça a legalidade das votações das quais os novos vereadores participaram poderá ser questionada, assim como o pagamento dos salários e demais gastos originados por esses vereadores".

André De Canini
Assessor de Imprensa da Câmara Municipal de Mandaguari

24 de setembro de 2009

Hora de cautela e um pouco de caldo de galinha

A mesa diretora da Câmara Municipal de Londrina pensa na posse dos suplentes beneficiados pela PEC dos vereadores, mas teme a possibilidade da justiça mandar voltar atrás. Em Maringá, o presidente do Legislativo Mário Hossokawa também está conduzindo a questão meio que na base da cautela e do caldo de galinha.
Aos mais afoitos, aqui vão dois lembretes: o Supremo quer barrar a posse dos novatos nesta legislatura e a OAB , por meio de várias seccionais, pensa em ingressar com ADINS (Ações Diretas de Inconstitucionalidade) por entender que a lei só deve valer para os eleitos em 2012.

O novo cenário complica Osmar e mostra PMDB piscando para Álvaro

"Um veterano analista político, deputado estadual, com anos de janela na Assembléia, resumiu a difícil situação do senador Osmar Dias para o hora H.

A situação política de Osmar, como candidato ao governo do Estado, que nunca foi muito firme, se tornou gelatinosa nas últimas horas, analisa o político consultado pelo jornal.

Para ele, que conhece bem o senador, seus receios, suas cautelas e inseguranças, Osmar estaria pensando em desistir da disputa pelo governo do Estado e teria começado a analisar com muito cuidado a hipótese de reeleição para o Senado".

PS: O cenário atual é totalmente desfavorável a Osmar Dias, que se decidir pelo confronto com Beto Richa, dança, mesmo com o apoio do PT. Enquanto isso, percebe-se que o governador Requião começa a querer fritar Pessuti, talvez pensando em oferecer o PMDB para cacifar Álvaro Dias e ajudá-lo a abater o prefeito de Curitiba, que já voa perto das nuvens.

PEC dos vereadores. Nao é bem assim....

A PEC dos vereadores foi aprovada e promulgada, portanto é lei. Já tem câmara municipal pelo Brasil afora se apressando e anunciando a posse dos suplentes. Como a de Cuiabá, por exemplo. Mas é preciso muita calma nesta hora. A PEC tem 50 dias para entrar em vigor, mas é possível que nem entre. Acontece que o Supremo já está preparando um “freio” para evitar o aumento de 7.343 vereadores no país já nesta legislatura. A coisa não é tão simples assim, como fez entender o comunicador Pinga Fogo ao entrevistar presidentes de câmaras da região em seu programa de hoje.

A volta do talentoso Kaltoé



O Kaltoé deixou de fazer charges para publicação faz muito tempo, mas convenhamos, está fazendo falta. Ele é contemporâneo do saudoso e grande Struetti, e tenho certeza que Maringá ganharia muito se o Kal voltasse a atuar, ainda mais formando dupla com o Lukas. Tenho esperança, porque ele está com um blog pessoal na praça. Pra matar saudades, reproduzo este cartum que ele fez em maio de 1985, quando o presidente Tancredo Neves, eleito por um colégio eleitoral, faleceu na véspera da posse.

Valeu, grande JC Cecílio!

Recebi do amigo José Carlos Cecílio, do blog Planeta JC, um compacto simples que há muito tempo procuro nos sebos e não encontro. Foi gravado em 1985 pelo primeiro time da música popular brasileira. É o compacto Nordeste Já, com duas músicas fantásticas – Chega de Mágoa e Seca D´água. São duas criações coletivas sobre poema de Patativa do Assaré, que fala da seca e seus dramas. Só pra se ter uma idéia do timaço que gravou as duas músicas, na mesma época em que saiu We Are World, entre os cantores que fazem parte do maravilhoso coro estão: Alceu Valença, Alcione, Belchior, Beth Carvalho, Fafá de Belém, Luiz Gonzaga, Chico Buarque, Roberto Carlos e Martinho da Vila.
Obrigagado, de coração, caro JC Cecílio.

OLha issssooooo!

Deu no blog do Claudio Humberto:

"O Tribunal de Justiça do Pará reduziu de cinco anos para três anos, em regime aberto, a pena do ex-superintendente do Ibama Paulo Castelo Branco. Em 2000, ele foi preso pela Polícia Federal em Brasília com R$ 1,5 milhão numa sacola. O dinheiro era parte das propinas para “aliviar a barra” de empresas infratoras do meio ambiente. Foragido, Paulo Castelo Branco foi preso no Rio de Janeiro havia três meses".

Cultura útil

"Um estudo recente conduzido pela Universidade Federal do Paraná, mostrou que cada brasileiro caminha, em média, 1.440 km por ano.
Outro estudo feito pela Associação Médica Brasileira mostrou que, em média, o brasileiro toma 86 litros de cerveja por ano.
Isso significa que, em média, o brasileiro faz 16,7 km por litro. Não é para explodir de orgulho?".
. Do blog Cheng-Pong, do amigo Kaltoé, um cervejeiro juramentado

Parreiras Rodrigues fala de Mussi

Luis Felipe Haji Mussi, Secretario de Segurança na gestao do governador Jose Richa, faleceu esta semana de infarto, em Curitiba. Sobre ele, escreveu o amigo jornalista Parreiras Rodrigues:.

"Os que encararam a baioneta nos anos do arbítrio, sentem-se um tanto quanto desacompanhados. Mussi participou com altivez, inteligência e companheirismo em todas as frentes das batalhas pelo retorno do estado de direito, das garantias individuais, do movimento da emenda Dante pró Diretas, da anistia para permitir o retono das inteligências banidas pelo poder obscurantista. Deve estar agora num papo bastane inteligente com Horácio Racanello, por exemplo".

23 de setembro de 2009

Um mau dia para o BOM DIA


Foto: Blog Conversa Afiada (Paulo Henrique Amorim)

Quem assistiu O Bom Dia Brasil desta quarta-feira? A Globo detonou a política externa brasileira por causa do asilo dado ao presidente Zelaya na embaixada brasileira em Honduras. O Alexandre Garcia, que um dia foi chamado de Alexandre Gracinha pelo Macaco Simão, fez uns comentários de dar náusea. Também pudera, olha ele aí como porta-voz do governo Figueiredo, aparecendo justamente ao lado
do hoje presidente golpista Micheletti. De maneira preconceituaosa e descabida , Garcia ironizou, sem nenhuma graça:"A Embaixada do Brasil em Tegucigualpa está como se tivesse sido invadida pelo MST".

Transparência pela metade

Não tinha como votar contra o projeto da Transparência na Obtenção dos Recursos Públicos Municipais. E os vereadores votaram unanimemente. Mas a máscara da "administração cidadã" caiu no momento em que o Amém F.C. rejeitou as emendas do oposicionista Humberto Henrique, tornando obrigatória a publicação de dados específicos sobre o destino do dinheiro do munícipe.

Henrique propunha que a Prefeitura publique detalhadamente, por exemplo, quanto gastou em propaganda, que peças publicitárias foram veículadas, em que veículos divulgou e quais os critérios para distribuição do bolo publicitário.
Os aliados do prefeito votaram, mas nenhum deles se levantou para explicar porque estavam derrubando as emendas ao projeto do Executivo.
O vereador Humberto Henrique, que é contabilista dos bons, promete dar divulgação a esses gastos, que de 2006 pra cá já somam quase R$ 12 milhões.
Ressalte-se a propósito, que toda essa dinheirama é jogada na mídia por meio de uma única agência, ganhadora de uma única licitação, realizada no início da primeira gestão Silvio Barros II. Infelizmente, a lei permite a reprodução de aditivos por 5 anos. É em cima desses aditivos , que podem ser legais mas condenáveis do ponto de vista ético,que se sustenta o contrato milionário mantido pelo prefeito com a agência que fez suas campanhas de 2004 e 2008.

Candidatura de Osmar balança e a de RB, dança

"Tombo de Dilma desarranja projeto político de Osmar.
A conjuntura nacional está conspirando de forma perversa contra o projeto político do senador Osmar Dias. Depois que o senador perdeu o bonde da aliança com o PSDB, um novo problema complica os planos de Osmar Dias de fazer uma aliança com o PT para viabilizar sua candidatura ao governo do Paraná.

O novo nó para Osmar desatar se materializou na pesquisa do Ibope que confirma outras sondagens de opinião que mostram que a candidata do presidente Lula, Dilma Rousseff, a mãe do PAC, entrou em queda livre e foi ultrapassada por Ciro Gomes".
. Do jornal Hora H News (on line)

PS: Diante desse quadro, a candidatura de Osmar balança e o sonho do deputado Ricardo Barros, de disputar o Senado em condições eleitorais favoráveis, dança.

Esse é o verdadeiro



Este é o primeiro “Grêmio Maringá”, que em 1964 já era bi-campeão paranaense de futebol.
Confira quem eram os jogadores (o Roderlei está lá):
Em pé: Nilo, Macário, Pinduca, Edson Faria, Roderlei e Maurício;
Agachados: Osmar, Danúbio, Edgar, Walter Prado, Zuring e Luiz Roberto.
. Do blog do Lauro Barbosa

Meu comentário: assisti a muitos jogos desse Grêmio, engraxei sapatos de craques como Macário, Roderlei, Oliveirinha e Zé Garoto na República do seu Teodósio. Confesso: tenho dificuldade de aceitar esta balela de que o Grêmio está voltando. É uma afronta à memória da cidade, vincular a imagem daquele "Galo do Norte" ao Grêmio de Esportes que veio depois e a este Grêmio que está vindo agora. Uma afronta tão grave quanto a da destruição do patrimôpnio histórico de Maringá, como a rodoviária velha, na mira da "administração exterminadora do passado".

Show de baixaria

Olha o nível. O governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, do PMDB, irritado com o veto do governo federal ao cultivo de cana-de-açucar na Bacia do Alto Paraguai, chamou o ministro do Meio Ambiente Carlos Minc. “Ele é um ‘viado’ fumador de maconha que corre o risco de ser estuprado em praça pública.”

O ministro, que é esperado no próximo dia 11 em Campo Grande, respondeu através de nota em que diz que Pucinelli “é um truculento ambiental que quer destruir o Pantanal com a plantação de cana-de-açúcar. Essa declaração revela o seu caráter”.

Mais tarde Puccinelli desculpou-se publicamente pelas ofensas".

. Do blog de Fábio Campana

(

O novo nó da sucessão

Não é mais Marina, o nó agora chama-se Ciro Gomes. Ciro passou Dilma e se conseguir manter o ritmo de crescimento da sua candidatura, pode fazer Serra perder ainda mais cabelo. Ruim para o PT? Nem tanto, porque com excessão de Dilma Roussef ninguém é mais lulista do que o marido de Patrícia Pilar.
Mas há uma pedra no meio desse caminho, que muitos apontam como Plano B do Planalto. É que a alta cúpula do PT não abre mão do seu esforço de atrair o PMDB, inclusive por meio de acordos estaduais.
Átraindo o PMDB, Lula descarta Ciro, mas isto se Ciro estagnar. Senão, Ciro se constituirá numa gingantesca pedra no sapato do presidente, que tentará uma outra cartada: convencê-lo a ser vice de Dilma.
Assim é o xadrez da política nacional, que muda de configuração a cada movimentação das pedras no tabuleiro, cavalo à frente como elemento surpresa. No caso, Ciro Gomes seria o cavalo, que se movimenta em L e pode dar o xeque-mate, mesmo que o rei esteja protegido por peões, bispos ou torres.
Com relação à disputa do governo do Paraná, este quadro nacional coloca a candidatura Orlando Pessuti em alta. Isto pelo simples fato do PMDB estar cacifado para viabilizar uma aliança com o PT e dar massa muscular à candidatura do atual vice-governador. Neste caso, a polarização passa a ser Pessuti x Beto Richa, o que significaria um "até breve, Osmar". Restaria o que para o senador do agronegócio? Restaria a opção de tentar fazer uma boa amarração para renovar seu mandato por mais 8 anos.
Candidatura de Ricardo Barros ao Senado? Esquece.


--------------------------------------------------------------------------------

22 de setembro de 2009

"Político baiacu", etc e tal...


"Ele sabe que que em política, mais vale o temor dos adversários do que os votos mesmo. E, como baiacu (foto), o que vale é parecer maior do que realmente é. Lá na frente, sempre sobra algum caldo".

. De Milton Ravagnani, falando das articulações em que está metido o deputado Ricardo Barros.

Além de "político baiacu" e "porquinho vesgo" , por mamar numa teta e ficar de olho na outra, ele também pode ser definido como uma espécie de homem de três pés, capaz de ocupar sempre uma terceira canoa.Atualmente por exemplo, está com um pé no barco de Osmar Dias, onde até manobra o leme; outro no barco do PT, disposto a ir para onde a onda lhe levar e um terceiro pé, certamente desgarrado do corpo, tentando um lugarzinho na superlotada canoa de Beto Richa.

Serra cai, Ciro sobe


De acordo com pesquisa CNI/Ibope divulgada hoje, José Serra caiu de 38% para 34% , Dilma que tinha 18% caiu para 15% e Ciro Gomes saiu de 12% para 17%. Por falar em Ciro, tenho que reconher: o cara é fera no debate. Domingo no Canal Livre da Band ele colocou no bolso os auto-sificientes inquisitores Fernando Mitri, Joelmir Beting, Boris Casóy e Antônio Telles. Normalmente, o time de jornalistas faz o entrevistado suar frio. Dessa fez foi o contrário.

Mussi levou a certeza da vitória de Beto


Faleceu ontem à noite o ilustre paranaense Luiz Felipe Haj Mussi, presidente do Conselho Nacional de Ética do PPS, ligadíssimo a Beto Richa, que conheceu criança.Mussi foi Secretário de Segurança do governador José Richa e era, reconhecidamente, um dos mais qualificados analistas políticos do Paraná. Ele mantinha contato direto, por email, com o jornalista Antônio Carlos Moretti, com quem conversou por telefone há 15 dias. Hoje de manhã o Moreti não sabia da morte do amigo, e ficou meio sem chão quando eu informei a ele. Mussi morreu de infarto ontem à noite na Capital e foi embora desse mundo com a certeza de que o próximo governador do Estado será Beto Richa.

Ênio diz que vaga de Gleisi é inegociável

Está no blog do Fábio Campana:"O secretário do Planejamento, Ênio Verri, do PT, declarou em entevista à rádio Banda B que o seu partido está disposto a negociar tudo, a começar pela cabeça da chapa, que ofereceram ao senador osmar Dias, do PDT.

Só não negocia a vaga de Gleisi Hoffmann para concorrer ao Senado. “Isso é inegociável”, afirmou. Posição que deve provocar azia e má digestão nas hostes do PP, aliado da base do presidente Lula e que tem candidato próprio ao Senado, o deputado federal Ricardo Barros".

Gírias preocupantes

Recebo do blogueiro Almir Escatambulo o seguinte comentário que, pelo alerta que contém, deve ser reproduzido no meior número de blogs possível:

"Estou achando bastante preocupante a onda nova da juventude hoje. É uma gíria ou girias novas que eles andam reproduzindo nas escolas, cybers, Shopings enfim em todos os locais Públicos trata-se de uma gíria ou girias preconceituosa(s), na qual quando um ¨coleguinha¨comete um erro o outro diz ¨Poxa cara você é deficiente?¨ ou ¨você tem Dawn¨? Não sei quem foi o imbecil que inventou esse tipo de gíria, mais creio que é preocupante. Afinal as pessoas com deficiência sofrem diversos preconceitos em todas as esferas possíveis e ainda me inventam uma destas? Peço por gentileza aos pais que aconselhem seus filhos a não reproduzirem esse tipo de ¨gíria besta¨ e também aos jovens para que sejam inteligentes e façam o mesmo, pois afinal ninguém sabe o dia de amanhã e poderá acontecer de você ter algum filho com deficiência, ai sim você poderá sentir na pele o drama. Peço a todos os blogueiros que me lêem que divulguem este texto, para conscientizar a sociedade Londrinense. Nós Pessoas com deficiência ficamos muito gratos".

. Almir Rogério dos Santos Escatambulo é formado em ciências sociais pela universidade estadual de Londrina. É suplente no Conselho Estadual das Pessoas com Deficiencia do Paraná, primeiro secretário da ADEVILON - Associação dos Deficientes Visuais de Londrina e Região.

21 de setembro de 2009

Castração química e o humor do CQC

Deve ser com muita ironia e uma dose cavalar de humor que o CQC vai tratar da questão no programa de hoje a noite. A matéria, que deve ser do Danilo Gentili, vem a propósito de um projeto de lei que tramita no Senado , prevendo a castração química para pedófilos.

Ricardo chama o PT no tento

Tá no blog do Fábio Campana:
"O deputado Barros deu entrevista há pouco para Denise Melo, da rádio Banda B. Deixou claro que vai levar avante sua candidatura ao Senado. Tem certeza de que o prefeito Beto Richa deixará aberta a vaga do PP na chapa majoritária, que seria a sua para disputar o Senado. Isso inviabilizaria a candidatura do deputado federal Gustavo Fruet.

Quanto ao seu relacionamento com o PT e a disputa do Senado, disse que é possível um entendimento, desde que Gleisi Hoffmann desista da sua candidatura e o PT não lance candidato ao Senado. A sugestão, nos arraiais do PDT, é que Gleisi ocupe a vice de Osmar Dias".

Pinga vai ou Pinga Fica? Fiiiiica!!!

O comunicador campeão de audiência Pinga Fogo de Oliveira anunciou hoje em seu programa de TV que não vai mais para Curitiba. Estaria assim, abrindo mão de um salário de R$ 100 mil. É mole? Mole não é, mas como diria o "macaco Simão", sobe.
Coindicência ou não, a ida do Pinga para ancorar um programa em rede estadual começou a ser cogitada na medida em que foi crescendo a possibilidade do deputado Ricardo Barros se candidatar ao Senado. Da mesma forma que a desistência vem quando, depois de anunciada a candidatura Gustavo Fruet e a determinação de Gleisi Hoffman em concorrer, o dono temporário da Capitania Hereditária Maringá, se vê forçado a jogar a toalha. Claro,nada a ver. Porém, no Reino de Avilan, tudo o que reluz parece ouro e quase tudo o que balança, cai.

Bate em Lula para atingir Serra


Parece coisa de doido. Mas o título aí de cima faz sentido. Ocorre que Aécio Neves resolveu sair das sombras e ir pro ataque. Seu alvo agora é Lula, que deve apanhar um bocado do governador mineiro. Mas podem estar certos: o objetivo de Aécio é crescer e aparecer, ganhar musculatura dentro do ninho tucano para desbancar a candidatura Serra. Na linguagem do tucanês, isso poderia ser chamado de enfrentamento por linhas transversas.

Hildebrando no banco dos réus

É hoje o juri popular de Hildebrando Pascoal, aquele deputado da motosserra, cassado e preso já há alguns anos. A capital do Acre está super vigiada, com mais de cem policiais fortemente armados ao redor do fórum da capital, Rio Branco.

Nem tudo está perdido

Apesar da reforma política que tende a dar mole para os fichas sujas,eis aí uma boa notícia, que li agora de manhã no jornal baiano A TARDE (online) :

"Políticos que enfrentam graves acusações na Justiça deverão ficar impossibilitados de concorrer a cargos eletivos por um prazo de oito anos. Este é o mote de um projeto de iniciativa popular que será entregue ao presidente da Câmara de Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), no próximo dia 29 pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que em todo o país reuniu até agora mais de 1,1 milhão de assinaturas de eleitores, e precisa de pouco menos de 200 mil para completar as 1,3 milhão exigidas pela lei para uma proposta do tipo (1% dos eleitores brasileiros)".

Sonho de verão

Gustavo Fruet candidatíssimo; Gleisi Hoffmann, candidatíssima. Serão duas vagas, uma a própria lógica política garante ao governador Requião. A outra, será disputada por tres candidatos de razoáveis potenciais eleitorais. Os dois citados, tem chances reais de brigarem entre si. O terceiro nome seria Ricardo Barros, que nesse quadro novo passa a ter chances reduzidas de sonhar com a Câmara Alta. Sendo assim, é lícito reconhecer que Barros vai mesmo é pra renovação de seu mandato de deputado. Para ele, o Senado apenas inspirou um sonho de verão. Nada mais do que isso.

A fábula do porquinho vesgo


Vendo o domínio absoluto dos quase 2.500 presentes ao encontro do partido no Madalosso, o senador Álvaro Dias sorriu amarelo, visivelmente constrangido por se sentir um tucano em um ninho de tucanos que não tinham muito a ver com ele. Já o maringaense Ricardo Barros, motivo de chacotas de pé de orelha, nem tava aí. Pode acreditar: Ricardo, que articula a candidatura de Osmar Dias, apareceu no evento do PSDB, como que a dizer:"Ói eu aqui, gente!". A colunista política Ruth Bolognese, comparou RB a um porquinho vesgo, aquele que está mamando numa teta e de olho na outra teta.
Em entrevista ao jornal O Diário de de ontem, o deputado Gustavo Fruet, candidatíssimo a senador, diz que vai mesmo concorrer ao Senado por considerar que "é hora de decretar a extinção daquele tipo de senador que muda o governo e ele continua governo". Claro, pareceu uma referência a Osmar Dias, mas a observação se aplica também à Câmara Federal, onde o que não falta é deputado com este tipo de coerência: está sempre do mesmo lado, do lado do governo, não importa quem seja governo. Haja porquinho vesgo!

Pra não dizer que não falei das flores...

21.09.09

Interessante o debate sobre o contrato de concessão do sistema de água e esgoto de Maringá à Sanepar. A Câmara vem tratando do assunto, levantado pelo jornal O Diário. Pelo menos, a sociedade maringaense começa a se interessar pelos grandes temas que lhe dizem respeito. Aproveito para sugerir, particularmente ao principal jornal da cidade, uma pauta sobre outra concessão de serviços públicos que, apesar de esquisita, não tem suscitado debate. Refiro-me ao contrato de concessão do transporte coletivo urbano a uma única empresa, contrato este datado de 1951 e que se sustenta em um aditivo firmado de maneira não menos secreta, na gestão Jairo Gianoto.
Vale a lembrança de que houve quebra do monopólio na gestão do PT mas a TCCC, como é de seu direito, recorreu e a coisa continua subjudice. Enquanto isso, Maringá vai convivendo com o monopólio e com a relação nada transparente da empresa com o Poder Público Municipal.
A resistência da "administração cidadã" em atender os pedidos de informação sobre planilha de custos , feitos principalmente pela vereadoras Marly Martin, dá o que pensar.
Eis aí, um tema interessante para debate, inclusive para uma possível CPI da Câmara de Vereadores.

20 de setembro de 2009

Que situação mais embaraçosa, sô !!!


“No Paraná o governo Lula busca desesperadamente cooptar o PDT para armar o candidato, já que o PT não possui candidatura eleitoralmente viável. Mas não se conforma em escolher seu candidato. Quer também escalar o adversário! O esforço que empreendem os governistas neste momento, inclusive com a manipulação da informação,é visível , irritante ,descabido, prepotente, desonesto e sem escrúpulo”.
. Do blog do senador Álvaro Dias

Meu comentário: A irritação do senador é compreensível. Afinal, ver seu irmão nos braços do lulismo não é fácil pra ele. Além do mais, Álvaro sonha em disputar o governo do Paraná em 2010 e a consolidação da candidatura de Osmar lhe deixa fora do páreo . Some-se a isso o fato de que Álvaro está na linha de frente da oposição no Senado e, não sendo candidato, ainda fica impedido de apoiar o irmão. Se o fizer, corre o risco de ser enquadrado na lei da infidelidade partidária e de estar colocando azeitona na empata de Dilma Roussef, contra Serra, o presidenciável tucano. Que situação , ehim, senador?

É caso de polícia



Dificilmente vai aparecer um gol tão escandaloso quanto este do Paraná contra o Ceará hoje a tarde no Castelão. O time paranaense venceu por 1 a 0, com a participaçao decisiva do juiz. Não era pra menos: houve briga e até BO.


. Pincei do blog do Ze Beto

19 de setembro de 2009

Feriado em homenagem a Lamarca

A democracia brasileira está mesmo consolidada, com a graça de Deus e graças aos que lutaram pelo ideal libertário que nos impulsiona agora. Olha só isso: a pequena cidade baiana de Brotas de Macaúba, onde Carlos Lamarca se refugiou antes de ser morto pelas tropas do Exército, foi feriado neste sábado, 19. Em ato político na praça da cidade, com a presença do ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Franklin Martins, e outros vários ex-militantes da luta contra a ditadura militar (1964-1985), o prefeito Litercílio Júnior (PT) sancionou lei aprovada dias antes pela Câmara Municipal.
Coincidentemente, Brotas de Macaúbas, a 600 quilômetros de Salvador é a cidade natal de outro grande brasileiro: o respeitado geógrafo Milton Santos.

Recordar é viver

Estou neste momento curtindo Secos e Molhados no Kboing. Sangue Latino, Flores Astrais, Rosa de Hiroshima....pena que as FMs preferem o lixo musical

De irmão para irmão II

" O Osmar é maior de idade, tem barba e sabe o que faz. Eu não concordo com ele nessa escolha do PT como aliado".
. Do senador Alvaro dias, ao chegar agora ha poudo a Santa Felicidade para um encontro do PSDB

Biondi imortalizado


A família de Aloysio Biondi doou o arquivo do jornalista ao Centro de Documentação da Unicamp - Universidade de Campinas . São 44 anos de atividade de um dos mais destacados e combativos profissionais que a imprensa brasileira já teve. Tive a honra de conhecer Biondi pessoalmente. Quando eu era presidente da seccional/Maringá do Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná, trouxe Aloysio Biondi para uma palestra em Maringá, graças a uma parceria que fiz com a OAB, quando presidia a entidade o grande advogado Lélis Vieira. Conseguimos lotar o auditório da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional/Maringá, na Avenida Beckmann. O saudoso Biondi falou de economia, das transnacionais, de imperialismo, das privatizações escabrosas do governo FHC. Enfim, ele deu uma aula de Brasil.

Floris no contra-ataque


A coisa tá pegando no PT do Paraná. O secretário geral do partido foi acusado de manipular dados de um encontro em Londrina e por isso a Juventude Petista de Curitiba pediu a cabeça do Floris. E o Florisvaldo, que não é de matar com a unha, reagiu, ateando fogo no barraco: “ Um grupo minoritário da Juventude do PT–Pr tentou, através de falsas denúncias, obter espaço no PED, eleições internas do partido.

É importante lembrar que a acusação que os membros da Juventude de Curitiba apresentaram contra mim à comissão de ética, por suposta irregularidade em um encontro em Londrina (no qual não estive e não acompanhei, apenas encaminhei os documentos à Executiva Nacional) já foi arquivada pela Executiva Estadual por falta de provas e falta de consistência no discurso apresentado.

O grupo que faz a acusação, e que não conseguiu sequer organizar um encontro municipal, apresenta assinaturas de pessoas de todo o Brasil que não tem nem idéia daquilo que está acontecendo aqui em Curitiba, tamanha a manipulação feita pelos acusadores”.

PS: Isso é o que se pode chamar de lavação de roupa suja em público. Ou seria o prenúncio de uma guerrinha de babuínos?

De irmão para irmão, porque angústia pouca é bobagem

"Uma eleição não passa pelo acordo de dois irmãos. Não tenho mais como retroceder da minha candidatura. E eu sei que o Alvaro vai fazer o que eu sempre fiz, quando ele foi candidato. Vai me apoiar".
. De Osmar Dias ao Paraná Online

PS: Neste caso, o senador Álvaro Dias está literalmente na roça. Só tem uma saída: sumir do mapa e reaparecer somente para votar e em silencio. Sabe por que? Porque se apoiar o irmão, com Beto sendo candidato, colocará seu mandato em risco, devido ao instituto da fidelidade partidária, que funciona em alguns casos e nesse especificamente , pode funcionar. E correria outro risco: o de apoiar indiretamente a candidatura Dilma, renegando Serra e sua postura de oposição ferrenha ao governo Lula. Se ficar o bicho pega e se correr o bicho devora.
Por isso, exatamente por isso, Álvaro ora todos os Dias pela alma de seu Silvino , a quem pede orientação nesta hora difícil.
Pra ele, o melhor quadro, o mais confortável mesmo, é Osmar se decidir pela renovação do mandato de senador. Mesmo que ele, Álvaro, seja vencido dentro do PSDB pelo furacão Beto Richa.

18 de setembro de 2009

PPS fora da campanha de Osmar

O presidente estadual Rubens Bueno deixou claro hoje em entrevista a uma rádio de Curitiba, que se Osmar Dias for mesmo com o PT para a disputa de governador o PPS está fora. Melhor para Beto Richa, que ganha a adesão de um partido de peso eleitoral razoável e com um tempo de televisão nada desprezível.

As voltas que o mundo dá


Foto de Denis Ferreira Neto

"Osmar Dias, na foto ao lado do Dr. Rosinha, já parece bastante cômodo em sua nova turma. Ontem, era a figura mais paparicada pelos petistas nativos durante a solenidade de posse do desembargador Ricardo Tadeu Marques da Fonseca no Tribunal Regional do Trabalho (TRT)".
. Do blog do Fábio Campana

Que papelão esse do Hoje Notícias!

Leio no blog do Rigon que "o jornal Hoje Notícias publicou um comunicado, na página 2 da edição desta sexta, pedindo desculpas aos leitores pela publicação, na edição de ontem, do artigo intitulado "Só não vê quem não quer", de autoria do jornalista Rogério Fischer. "Esclarecemos que na linha editorial deste jornal não cabe (sic) palavras chulas como as que aparecem no referido artigo e que não publicaremos mais qualquer artigo desse jornalista. Esclarecemos ainda que por um descuido da jornalista responsável por esta página [2] é que o artigo foi publicado".

Inacreditável esta postura do Hoje. É de uma mediocridade de doer. O Fischer, que já foi editor-chefe do O Diário, é um baita profissional, um cara competente e muito ético. Lí o artigo em questão. É um texto primoroso, uma crônica deliciosa. Não tem nada de chulo alí. Confesso que me senti envergonhado com tanto provincianismo.

Barrado no baile

"O presidente estadual do PDT, deputado Augustinho Zucchi, foi barrado na porta da sala VIP do Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, onde o presidente Lula (PT) recebeu um seleto grupo de convivas. A informação é do Jornal O Estado do Paraná. O PT manipulou a presença do Presidente na sala VIP do Aeroporto".
. Do blog do senador Álvaro Dias

PS: essa nota leva a uma leitura óbvia: o senador Álvaro Dias que torce pela inviabilização da candidatura do irmão Osmar, para que ele viabilize a sua dentro do ninho tucano, sabe que fatos corriqueiros como este pode injetar salmonela na maioneze da aliança PR/PDT. E se esta maionese já é, de saída, indigesta, imagine com uma contaminação de tal porte. Zuchi é Ormas e era até dia desses anti-PT. Parece que teria mudado sua forma de pensar, mas não a tal ponto de resistir maioneze desandada. Por isso, o episódio do "Afonso Pena" pode render dividendos para o tucanato, que adoraria derrubar o palanque de Dilma Roussef no Paraná.
Em tempo: eu particularmente acho que a aliança Osmar PT dificilmente agregará votos à candidatura Dilma, pela simples razão que o forte do eleitorado de Osmar é antiLula e portanto, Serra desde criancinha. Da mesma forma, o voto ideológico do PT jamais iria para Osmar Dias, mesmo que ele tenha um petista como seu vice.Sinceramente, o presidente Lula está fazendo um péssimo negócio e o senador do agronegócio, marcando um golaço...contra.

Álvaro, atingido no alvo

O que corre nos bastidores da política paranaense é que o senador Álvaro Dias pode tratar de jogar a toalha porque não terá mesmo condições de disputar as eleições de 2010. Motivo: a candidatura do irmão Osmar está quase consolidada, ainda mais com ele descendo do "aerolula" em Curitiba, de braços dado com o presidente. O próprio Álvaro havia dito que se Osmar disputar ele não disputa, exatamente porque seu Silvino, o patriarca da família Dias, falecido há pouco tempo, jamais admitiria um confronto de irmãos, alá Caim e Abel.
Mas aí fica a pergunta: qual será o comportamento de Álvaro na disputa? Ele não poderá subir no palanque do irmão, porque cometerá infidelidade partidária e dificilmente ápoiará abertamente Beto Richa, porque se assim o fizer estará de qualquer forma, batento de frente com o mano.
Então aquela brincadeira do "tiro ao Álvaro" praticada pelos "osmaristas" está dando resultado.
Com relação à disputa para o Senado, outro fato novo: a candidatura de Gustavo Fruet, que pode significar uma pedra de respeitável tamanho nos sapatos de Ricardo Barros e Gleisi Honffman.Em 2010m serão duas vagas, uma dificilmente deixará de ser ocupada pelo atual governador do Paraná Roberto Requião. A outra estará sendo disputada, palmo a palmo, voto a voto, por tres contendores: Ricardo , Gleisi e Gustavo. Será que RB vai encarar esta parada e correr o risco de ficar sem mandato e sem a capa protetora da imunidade? Tenho minhas dúvidas.

Com três anos de atraso

A supervia está praticamente pronta. Falta concluir o trecho que vai da Paraná a 19 de dezembro. A previsão do presidente da Urbamar, Fernando Camargo, é que o projeto de rebaixamento da linha férrea, aí incluída a av, Horácio Racanello, será concluído em 2010. Vale a lembrança de que as obras foram iniciadas em 2004, com término previsto para janeiro de 2008. Se a conclusão for no final de 2010 , o atraso chegará a exatos três anos.
Por que atrasou? Atrasou porque? Esta é uma explicação que só quem pode dar é a "administração cidadã", cuja competência continua sendo cantada em prosa e verso. Ou talvez a empreiteira CR Almeida tenha uma explicação plausível. Tivese terminado nos 40 meses previstos, a obra ficaria em cerca de R$ 43,8 milhões. Com o atraso, passará de R$ 70 milhões. De onde sairá a diferença? Elementar meu caro Watson, do seu, do meu, do nosso bolso.

Requião ignora Lula, que veio com quem lhe comparara à praga...

A manchete do O Diário de hoje é exatamente esta:"Lula ven ao Paraná e Requião ignora". Não deveria, pois afinal Lula é o presidente da república. E onde fica a liturgia do cargo? Porém, convenhamos:Lula desembarcou em Curitiba com o senador Osmar Dias a bordo. Osmar está pra se firmar como o candidato a governador do Estado que o Planalto deseja. Requião é inimigo de Osmar, que um dia chamou Lula de "a nova praga da agricultura". Analisando a questão do ponto de vista político-partidário, Requião teve uma atitude correta. Por que colocaria azeitona na empada do seu principal adversário? E que aliás, sempre desdenhou do líder político que hoje bajula?

Pesquisa nacional vetada

"Foi feita pesquisa sobre a sucessão de 2010 para presidente. Ainda não teve autorização para publicação, por um motivo: Dona Dilma olha no retrovisor e não vê ninguém atrás dela".
. Helio Fernandes (Tribuna da Imprensa)

17 de setembro de 2009

Teremos ou não trogloditas?


O presidente Lula se diz satisfeito porque acha que não teremos trogloditas de direita disputando as próximas eleições. O governador Requião discorda e aproveita pra desabafar:”Se o Lula está satisfeito porque não haverá candidatos trogloditas de direita na próxima eleição presidencial, é bom perguntar: o que o levou a escolher como seu candidato a governador do Paraná o Osmar Dias, o representante do agronegócio, da multinacional dos transgênicos, da Monsanto, o homem que perseguiu e demitiu os companheiros de esquerda do Lula no PT quando era secretário de Agricultura?”

PF tem que avisar o investigado que está investigando

Olha só o absurdo que vem a tona, denunciado pela policial Rose Abreu, via blog do Carlos Azenha:
“Olá, sou agente de Polícia Federal e resolvi postar no seu blog para chamar a atenção sobre uma aberração que está acontecendo no sistema penal brasileiro da qual só vejo silêncio da grande mídia. Recentemente o STF editou uma Súmula Vinculante que dá direito a qualquer pessoa que saiba estar sendo investigada pela polícia ter acesso ao inquérito policial correspondente. Diz o texto: “É direito do defensor, no interesse do representado, ter acesso amplo aos elementos de prova que, já documentados em procedimento investigatório realizado por órgão com competência de polícia judiciária, digam respeito ao exercício do direito de defesa”.
Mesmo se tratando de casos de sigilo, deve ser assegurado o acesso às provas constituídas no procedimento. O Ministério Público Federal no Ceará com base nessa súmula recomendou nesta terça-feira, 15, que a Polícia Federal no estado envie comunicação escrita às pessoas contra as quais tenha sido instaurado procedimento ou inquérito policial”.

Isso é que é acender uma vela pra Deus e outra pro diabo!




“O PP, aqui no Paraná, sempre esteve ao lado do PSDB. Sinceramente, não acredito que na próxima eleição ocorra o contrário”, do presidente do diretório do PP em Curitiba, deputado Ney Leprevost, que confirmou sua presença no encontro do PSDB do próximo sábado, quando serão discutidas as eleições 2010, as alianças políticas e a construção de um projeto de governo para o Paraná.
. Do portal Bem Paraná

PS: Ué, o PP é ou não é da base aliada do presidente Lula? O deputado Ricardo Barros, presidente estadual do Partido Progressista não é vice-líder do homem na Câmara Federal? Para o público externo ele é Dilma e trabalha a candidatura Osmar ao governo do Paraná . Mas como pode o partido que preside ter tucanado se Ricardo anda esPTado na estrela? Ou será que ele é presidente do PP só de fachada e quem manda lá é o Leprevost?
Uma vela pra Deus, outra pro diabo. Cruzis!

Viva a longevidade baiana!Viva Salminha!


Dona Canô completa 102 anos hoje. Santo Amaro da Purificação está que é só festa. Não se trata apenas do aniversário de uma mãe famosa. A Bahia toda está festejando porque a mãe de Caetano Veloso e Maria Betânia é um símbolo da longevidade na boa terra.
Por falar na Bahia, estou feliz da vida porque consegui adicionar no MSN a minha afilhada Salma, que se forma em Psicologia este ano na Universidade de Feira de Santana. Conversei com ela ontem e me deu boas notícias de Pintadas. A principal e mais importante é a do asfalto chegando. Os 38 quilômetros que separam Pintadas de Ipirá estão em obras, por obra do governador Jacques Vagner, amigo pessoal de tio Daniel, líder do PT na minha cidade natal. Viva o progresso de Pintadas! Viva Salminha! Viva dona Canô!

Sobre a reforma eleitoral

Segundo a Folha de Sao Paulo:" A lei eleitoral em vigor estabelece 12 restrições para doações diretas aos candidatos, o que acabou instituindo a doação oculta. Para burlar as regras, entidades como concessionárias, sindicatos, entidades beneficentes e religiosas, ONGs, por exemplo, que recebam recursos públicos e empresas esportivas que recebam financiamento público acabam fazendo doações para partidos, que passam os recursos para os candidatos.

Como fica: Os parlamentares oficializaram a chamada doação oculta permitindo que pessoas físicas e jurídicas, como igreja, agremiações esportivas e ONGs façam repasses de forma ilimitada a partidos políticos para que as siglas encaminhem os recursos para os candidatos".

Meu comentário:
Isto significara, na prática, que recursos públicos irrigarão candidaturas. Claro, candidaturas de caciques partidários, porque nem a velhinha de Taubaté acredita que os partidos farão uma distribuição justa entre seus candidatos. Aqueles que são das cúpulas e mandam nas siglas a que pertencem, fatalmente ficarão com a maior fatia do bolo, se não ficarem com todo o bolo. Um bolo imoral, convenhamos, porque esse tipo de doação só servirá para alimentar o tráfico de influência e a prática nefasta do “pedágio” no carreamento verbas para entidades . Mas isso não é tudo. Há coisas piores, como por exemplo, o prêmio dado aos fichas sujas. Ou seja: não haverá restrições para o registro de candidatos que respondem a processos na Justiça . A Câmara rejeitou emenda da exigência de 'reputação ilibada e idoneidade moral' na disputa dos cargos.
Quer dizer, os deputados legislaram em causa própria, procurando proteger o próprio umbigo.
Nada é melhor do que a democracia, apesar de todas essas barbaridades. Mas é o caso de nos perguntarmos: que democracia é essa , gente?
A esperança de mudança não pode residir no parlamento, cujos membros procuram sempre votar de acordo com os próprios interesses. É preciso que a sociedade se organize e que no ano que vem, ela possa criar mecanismos de inibição do voto em candidatos que estão em débito com a Justiça. Quem sabe não seria de bom alvitre pesquisadores criarem em laboratório um tipo de cupim resistente ao óleo de peroba?

16 de setembro de 2009

As razões de cada um

No jornal (online) Hora H News, uma explicação plausível para a determinação do ministro Paulo Bernardo em costurar a aliança Osmar Dias/PT:
“O PT do Paraná não consegue afinar seu discurso. Por um lado tenta cabalar o apoio do PMDB para dar sustentação à periclitante candidatura de Dilma Rousseff. Por outro, o ministro Paulo Bernardo agride o mesmo PMDB tentando garantir que o senador Osmar Dias não tente a reeleição para dar mais chances para que sua mulher, Gleisi Hoffmann, conquiste uma vaga no Senado”.

PS: Pelas mesmas razões Ricardo Barros quer Osmar candidato a governador e Gleisi como vice de Osmar.

Com o pé em que canoa?

“Cresceu no ninho tucano a idéia de fazer de Ricardo Barros, do PP, um dos candidatos ao Senado com o apoio de Beto Richa, candidato ao governo pelo PSDB.
Barros tem mostrado a viabilidade de sua candidatura nas pesquisas eleitorais que circulam na praça e que servem de referência para as análises dos tucanos nativos”.

. Do blog do Fábio Campana

PS: deixa eu ver se entendo: Riocardo é Osmar desde criancinha e quer ser candidato ao Senado na chapa encabeçada por Osmar com um vice do PT, de preferencia Gleisi Offmann.
Esta nota do Campana embaralha mais o jogo e pode queimar o presidente do PP com o PDT e chamuscar a sua vice-liderança do governo na Cãmara Federal.
Gleisi vem afirmando que não abre mão de disputar o senado. Sendo assim, Ricardo terá uma parada indigesta na luta por uma das duas vagas na Cãmara Alta. Uma vaga deverá ser de Requião e a outra ele terá que disputar com Gleisi e provavelmente Gustavo Fruet, que torceu o nariz para a nota do Campana.
Em Maringá, tem gente rogando a Deus que Ricardo vá mesmo para o Senado. A chance dele ficar sem mandato é muito grande.

O caso das ações da Sanepar

“Na sessão da Câmara de Maringá, de ontem, o vereador John levantou dúvidas sobre os motivos que estariam por trás das recentes notícias envolvendo o venda das ações da Sanepar, pelo município. Disse mais ou menos: ou a cortaram algum negócio (entendi que seria uma verba, pagamentos), ou (...)
A verdade é que ele sabe do que está falando. Conhece bem como as coisas funcionam”.
. Akino Maringá , blog do Rigon

PS: O que realmente estaria por trás dessa questão das ações da Sanepar? Em junho o jornal O Diário já havia partido pra cima do ex-prefeito com a manchete sobre a prorrogação do contrato de concessão, por meio de um aditivo que não existiu. Agora, o assunto é a venda de ações supostamente subfaturadas que segundo o jornal teria gerado um prejuízo gigantesco ao município. Em resposta ao jornal, o ex-prefeito Said Ferreira desmente a manobra , argumentando que na época vendeu as ações pelo preço captado no mercado, por meio de pregões. Na visão de Said, se for verdade que a venda das ações da Sanepar pelo município geraram algum prejuízo, isso foi compensado pelos investimentos feitos com o dinheiro da venda nas obras do Novo Centro.
A Sanepar se exime de culpa na polêmica , negando que tenha partido dela os cálculos que o jornal publicou. Tanto quanto o ex-prefeito, o presidente da Sanepar Stenio Jacob, se mostra irritado com a notícia do subfaturamento das ações, embora se abstenha de dar a versão oficial da empresa, ainda que por meio de nota oficial.
Este assunto ainda vai render. E sobretudo, feder...

Em tempo: Os boatos que correm nos bastidores dão conta de que por trás de tudo isso estaria o interesse pela retomada do sistema em 2010, não para o município administrar, mas para entregá-lo a iniciativa privada.

15 de setembro de 2009

Teremos fumódromos?


Fumódromo ou não fumódromo? Eis a questão. Os deputados estaduais vão decidir a favor ou contra em sessão esta tarde na Assembléia Legislativa do Paraná.
. Foto pinçada do blog do Fábio Campana

E agora Paulo?

O ministro Paulo Bernardo e sua esposa Gleisi já dão como certa a aliança PT-PDT de Osmar Dias. Mas o deputado federal André Vargas, que tem ainda muita influencia na cúpula petista não concorda. E diz com todas as letras que Bernardo não fala em nome do Partido dos Trabalhadores. “ A declaração de Bernardo de que o PT vai entrar de cabeça na campanha de Osmar Dias, do PDT, é manifestação isolada e pessoal”, disse Vargas diretamente ao governador Requião durante encontro na Granja Canguiri.
E olha a confusão armada: Vargas acha que ou o PT lança candidato próprio ao governo do Paraná ou se junta com o PMDB.

Poder imperial II

O constitucionalista Pedro Estevam fala do direito de resposta:” Na verdade, o espaço dedicado à notícia tem que ter o espaço físico destinado ao outro lado. A produção do conteúdo do contraditório não pode ficar a cargo do jornal, se o investigado quiser, ele tem o direito de ter sua própria assessoria para produzir aquela notícia. Se ele tiver problemas, abre mão e concede a entrevista para o jornalista do Jornal, mas ele tem que ter essa possibilidade. O jornal que não cumprir isso está sujeito a sanções repressivas e a pagar indenização”.

Poder imperial da midia

“A mídia constrói símbolos, ergue e destrói personagens e interfere diretamente nas decisões. Hoje, é mais relevante o que pensa o dono de um jornal do que qualquer parlamentar”. Quem diz isso é o advogado constitucionalista Pedro Estevam Serrano, professor de direito forense da PUC-SP. A análise sobre o poder imperial da mídia está no blog do Zé Dirceu.

Sempre na mira da justiça

É hoje a licitação do lixo de Maringá. Mas pelo jeito o processo licitatório já traz alguns vícios, característica da “administração ciadadã”. Tanto que uma ação popular que deu entrada ontem no fórum local, pode cancelar o pregão, caso saia liminar até ás duas e meia da tarde.

Desafinados


Aécio queria prévias porque achava que Serra tentava empurrar a candidatura dele goela abaixo. Como goela de tucano é estreitinha, o neto de Tancredo tinha receio de que não conseguiria engolir. Mas fez um teste e viu que a sua garganta é pequena mas elástica. Então fica assim: o PSDB não fará mais prévia para escolher o candidato a presidente, leva quem tiver mais café no bule. Serra parece que tem bule cheio, apesar de Minas estar com sua cafeicultura bem mais forte que São Paulo, que fez opção preferencial pela cana de açúcar. Estaria o “minerim” jogando a toalha? Pode ser uma tática, que daria certo se o governador de São Paulo não estivesse careca de saber qual é a de Aécio Neves.
O fato é que os tucanos ensaiam o “Amigos para sempre”, mas sem conseguir disfarçar a desafinação.
Lula ri desse dueto.

14 de setembro de 2009

O tempo é o senhor da razão



- Não lhe disse que nos daríamos bem ainda nesta encarnação?

Nada de presunção de inocência

“O princípio da presunção de inocência só se aplica a legislação penal. Em caso eleitoral, prevalece o princípio da precaução”. É isso o que diz o renomado jurista Aristides Junqueira no vídeo institucional do Movimento de Combate á Corrupção Eleitoral, que o site do MCCE disponibiliza para quem quiser assistir ou postar. Portanto, político condenado em primeira instancia é considerado ficha suja e fim de papo. Tivesse o TSE o mesmo entendimento , as urnas teriam apresentado resultados diferentes nas eleições de 2008 em muitos municípios, inclusive do norte – noroeste do Paraná.
A pressão contra os condenados em 2010 será muito grande. Tem gente por aqui já com a pulga atrás da orelha. Até porque, não há sabão que de jeito na sujeira de certas fichas.

13 de setembro de 2009

Pelas barbas do profeta! Ou seria pelo bigode de Dali?


O ministro Paulo Bernardo bateu o martelo: o seu PT deve mesmo ir de Osmar. E ele não esconde que está empenhado em jogar o PMDB de Requião no colo do senador do agronegócio . Isso está deixando alguns peemedebistas de orelha em pé. Tanto que o diretório estadual deverá fazer uma reunião de emergência neste início de semana, para colocar um fim nas especulações, que são, antes de mais nada, desrespeitosas com o vice-governador Orlando Pessuti, pré-candidato a governador. Segundo Fábio Campana, o ministro insinua que Requião é que tem uma dívida eleitoral com o PT, embora os peemedebistas digam o contrário.
O PT participa do governo Requião (possui uma das mais importantes secretarias, a do planejamento) porém se movimenta em favor da candidatura Osmar Dias, justamente o maior adversário político de Requião na atualidade.
É lícito reconhecer que o senador Osmar Dias terá que se virar nos 30 para explicar essa aliança com o PT ao seu eleitorado tradicional, ligado principalmente ao latifúndio e ao agronegócio. Para a cúpula petista não será menos difícil se explicar perante as bases do partido, que ainda sonham com o socialismo . Na verdade, Osmar nunca gostou do PT e o PT nunca engoliu Osmar. Da mesma forma que Ricardo Barros sempre odiou o PT e os petistas sempre tiveram urticária quando pensavam em Ricardo.
As costuras que hoje se faz visando candidaturas a presidente e a governadores é coisa nunca antes imaginada, por mais que os políticos brasileiros sejam desprovidos de senso ético.

É surrealismo puro. Coisa de fazer tremer o bigode de Salvador Dalí.

Saiu na Gazeta do Povo

“A contratação de pesquisas de opinião pública é um dos “serviços técnicos profissionais” preferidos pelos deputados estaduais. Nessa categoria de despesa po¬¬dem ser pagos profissionais para prestar consultoria em qualquer área. A novidade é o uso do dinheiro para “ouvir” a população.
A deputada Cida Borghetti (PP) foi a que mais gastou. Foram R$ 8 mil para a Data Vox Brasil Assessoria em Pesquisas de Maringá, de propriedade de Ma¬¬noel Luiz Garcia. A reportagem fez várias ligações para a empresa, mas ninguém atendeu o telefone.
O pagamento da pesquisa foi feito no mesmo período em que o deputado federal Ricardo Barros (PP), pré-candidato ao Se¬¬nado e marido de Cida Bor¬¬ghetti, divulgou números de intenção de voto para a eleição de 2010”.

PS: Faltou a Gazeta do Povo informar que Garcia é assessor parlamentar de Barros e que em Maringá a DataVox é conhecida como DataBarros.

Culpa da natureza



Quando chove, São Paulo é a imagem do caos urbano. Mas a culpa é de São Pedro, segundo o presidenciável José Serra, ex-prefeito da capital e atual governador do Estado. Mas Serra não é o único a culpar a natureza pela incompetência de quem governa. Mais do que incompetência, o problema maior reside na falta de compromisso público, social e ético da maioria dos políticos brasileiros. A Maringá que cresce com cidadania não me deixa mentir.

Grande Silvio!




A propósito de “Chão de Estrelas”, tive o privilégio de entrevistar para a Revista POIS É o caboclinho Silvio Caldas, que veio a Maringá na década de 80 fazer um show na wisqueria do amigo Nestor. Eu e o Edivaldo Magro conversamos com o grande cantor-compositor durante duas horas. Foi um papo legal, inesquecível. Já se aproximando dos 90 anos, Silvio Caldas (+) se queixava do lixo musical que tomava conta das programações das rádios e redes de televisão. Falou com lágrima nos olhos do parceiro Orestes Barbosa, autor da letra que ele Silvio, musicou . “Olha só que poesia maravilhosa: tu pisavas nos astros distraída...”, cantarolava.

Comecei bem o domingo

Logo cedinho fui ao site Kboing, fiz o sinal da cruz para começar bem o domingo e agradeci a Deus por ter bons ouvidos para curtir Chão de Estrelas, na voz de Nelson Gonçalves.

Estamos na Llibertadores!


Calma, o peixe ainda nao deu nem sinal de que pode ficar no G-4, mas de qualquer forma vamos diputar a Taça Libertadores da America, a feminina, bem entendido, com Marta e companhia.
Marta virou a grande estrela da Vila. O rei Pelé não foi na apresentação da rainha. Azar o dele, segundo Juca Kfoury

Contra a ditadura midiática

O jornalista Altamiro Borges (Blog do Miro) abriu guerra contra o que ele chama de ditadura midiática. E sai de pau em cima da Editora Abril, que na sua opinião mantém um relacionamento promíscuo com o governo tucano de Jospé Serra:
“A Editora Abril é hoje o principal quartel-general da oposição golpista no país e a revista Veja é o mais atuante e corrosivo partido da direita brasileira. Não é de se estranhar suas relações promíscuas com o presidenciável José Serra e outros expoentes do PSDB-DEM. Recentemente, o Ministério Público Estadual acolheu representação do deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) e abriu o inquérito civil número 249 para apurar irregularidades no contrato firmado entre o governo paulista e a Editora Abril na compra de 220 mil assinaturas da revista Nova Escola.

A compra de 220 mil assinaturas representa quase 25% da tiragem total da revista Nova Escola e injetou R$ 3,7 milhões aos cofres do “barão da mídia” Victor Civita. Mas este não é o único caso de privilégio ao grupo direitista. José Serra também apresentou proposta curricular que obriga a inclusão no ensino médio de aulas baseadas nas edições encalhadas do “Guia do Estudante”, outra publicação da Abril. Como observa o deputado Ivan Valente, “cada vez mais, a editora ocupa espaço nas escolas de São Paulo. Isso totaliza, hoje, cerca de R$ 10 milhões de recursos públicos destinados a esta instituição privada, considerando apenas o segundo semestre de 2008”.

12 de setembro de 2009

O jogo da sedução

"O PT joga pesado para conseguir a aliança com o PDT de Osmar Dias. Cada dia, a oferta aumenta.

Os petistas acreditam que até o fim de setembro terão “seduzido” Osmar. Querem palanque para a campanha presidencial do PT, mas também acertar uma aliança duradoura para as eleições municipais de 2012".
. Do blog de Fabio Campana

Já não era sem tempo

"A partir de hoje o Tribunal Superior Eleitoral vai realizar testes públicos abertos a hackers e cidadãos interessados em investigar se existe alguma falha na segurança das urnas eletrônicas que serão usadas nas eleições de 2010. De acordo com o TSE, os testes serão acompanhados pelo Ministério Público Federal, pela Ordem dos Advogados do Brasil, pela Polícia Federal e pelo Tribunal de Contas da União, e os resultados serão gravados e incorporados à metodologia para corrigir eventuais falhas a tempo".
. Do blog do senador Alvaro Dias

A frase da semana



"O prefeito Silvio Barros II manda na Câmara de vereadores". Palavra do comunicador Benedito Pinga Fogo de Oliveira, chegado do homem.
Ele disse isso com todas as letras no seu programa da TV Maringá. Fiquei pensando, então:
"Ara! Se SBII manda na Câmara e o irmão RB manda em SBII, já imaginou o tamanho do poder de RB?".

11 de setembro de 2009

A frase da semana

"O prefeito Silvio Barros II manda na Câmara de vereadores". Palavra do comunicador Benedito Pinga Fogo de Oliveira, chegado do homem.
Ele disse isso com todas as letras no seu programa da TV Maringá. Fiquei pensando, então:
"Ara! Se SBII manda na Câmara e o irmão RB manda em SBII, já imaginou o tamanho do poder de RB?".

Há algo em comum...

"Político, em qualquer nível, inclusive presidente da republica, é igual a frauda de bebê. Tem que ser trocado a cada periodo e ambos pelo mesmo motivo".
. Do blog do sinval

Sem efeito retroativo

Apesar da insistência de alguns analistas de que a PEC dos vereadores não terá validade já, o que não falta por aí é suplente entusiasmado com a possibilidade de assumirem agora. Em Maringá, por exemplo o "Negrão Sorriso" anda metendo o pé na lata, comemorando sua posse no legislativo local. Aos menos avisados, vai aquí a observação do ministro do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto:"Uma emenda não pode substituir a voz das urnas. Portanto, o TSE entende que "se pode aumentar o número de vereadores, mas só vale para a legislatura subsequente".